Camara Peixoto
Notícias recentes
Reforma da Previdência será enviada ao Congresso na quarta

Reforma da Previdência será enviada ao Congresso na quarta

access_time18/02/2019 07:50

A partir desta quarta-feira (20), o governo enfrentará o primeiro grande desafio na área econômica.

Acidente entre caminhonete e carreta na 163 em Sinop deixa 6 feridos

Acidente entre caminhonete e carreta na 163 em Sinop deixa 6 feridos

access_time22/04/2022 14:20

O acidente foi na BR-163, no Camping Clube, no trevo de acesso à rodovia estadual MT-220 (acesso a  

Após explosão de casos, MT tem ocupação 'crítica' de leitos de UTIs para Covi-19

Após explosão de casos, MT tem ocupação 'crítica' de leitos de UTIs para Covi-19

access_time11/02/2022 14:21

A ocupação de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) exclusivas para pacientes com ccvid-19 continua e

PF prende cacique que liberou garimpo em troca de 20% do ouro; servidor da Funai também é preso
Operação Onipresente

PF prende cacique que liberou garimpo em troca de 20% do ouro; servidor da Funai também é preso

access_time29/03/2022 08:04

Servidor da Fundação Nacional do Índio e uma liderança indígena, que não tiveram a identidade divulgada, foram presos nesta segunda-feira (28), pela Polícia Federal, durante a Operação Onipresente, deflagrada para combater crimes ambientais em terras indígenas de Mato Grosso. Cacíque recebia 20% do ouro extraído no local em troca de 'liberar' as atividades na área. 

De acordo com as informações da assessoria da PF, o objetivo também era reprimir a extração ilegal de madeira e a atividade de garimpos clandestinos. Por isso, as equipes junto com o Ibama passaram duas semanas na operação, que contou com 12 policiais, 4 fiscais e 2 helicópteros.

Os 21 pontos escolhidos para a atuação das forças foram monitorados por satélite, por meio do sistema Planet, que é capaz de detectar situações de desmatamento em áreas tão pequenas quanto o quintal de uma casa.

Sendo assim, os locais foram: Terra Indígena Aripuanã localizada entre os municípios de Juína/MT e Aripuanã/MT (etnia Cinta Larga); Terra Indígena Menkü no município de Brasnorte (etnia Menķü) e no Parque Nacional  do Xingu em Feliz Natal/MT (etnia Ikpeng).

Diligências
Durante a investigação, foi descoberto a atuação de um servidor da Funai, que passava as informações sobre operações policiais aos garimpeiros. Em paralelo, toda a atividade ilegal era realizada com autorização da liderança indígena, que recebia dinheiro dos madeireiros e garimpeiros.

A ‘dica’, ajudava os criminosos escaparem das repressões. Ele foi preso logo no começo da investigação, junto com uma liderança indígena, que recebia 20% do outro extraído da área protegida. Foi encontrada ainda uma tabela de preço pago aos índios.





Por: Yuri Ramires yuri@gazetadigital.com.br

Outras notícias

Comentários