ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Segunda-feira: Mato Grosso registra 1.594 casos e 42 óbitos por Covid-19

Segunda-feira: Mato Grosso registra 1.594 casos e 42 óbitos por Covid-19

access_time25/05/2020 18:55

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (25.05), 1.594 ca

Acidente em Nova Mutum envolve três carretas, dois carros e uma ambulância da prefeitura de Matupá ; um ferido

Acidente em Nova Mutum envolve três carretas, dois carros e uma ambulância da prefeitura de Matupá ; um ferido

access_time13/05/2022 08:13

O acidente foi ontem, no final da tarde, envolvendo uma ambulância, três carretas e dois veículos, n

IBGE: inflação oficial desacelera para 0,25% em janeiro

IBGE: inflação oficial desacelera para 0,25% em janeiro

access_time09/02/2021 12:10

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do país, registr

Padrasto investigado por estupro de vulnerável tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Padrasto investigado por estupro de vulnerável tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Assessoria | Polícia Civil-MT

access_time04/12/2021 14:42

Um padrasto acusado de estupro de vulnerável no município de Peixoto de Azevedo, foi preso pela Polícia Civil, na sexta-feira (03), em rápida ação para cumprimento de mandado de prisão.

O suspeito de 44 anos teve a ordem de prisão temporária decretada pelo juízo da 2º Vara da Comarca local, após investigação da Delegacia de Peixoto de Azevedo para apurar o crime.

A ocorrência foi registrada na quinta-feira (02), quando a genitora da vítima de 12 anos procurou a Polícia Civil. Conforme narrativa, a menina que possui autismo contou com detalhes para sua mãe, os abusos que vinha sofrendo por parte do padrasto.  

Diante da gravidade dos fatos, imediatamente a Polícia Civil representou pela prisão do investigado que foi deferida pelo Poder Judiciário. Com o mandado judicial, os policiais civis efetuaram a prisão do padrasto.

O suspeito foi conduzido à Delegacia de Peixoto de Azevedo, interrogado e em seguida apresentado e colocado à disposição da Justiça.





Por: Assessoria | Polícia Civil-MT

Outras notícias

Comentários