Spigreen
Notícias recentes
Procura por congelamento de óvulos no Brasil triplica em 5 anos, apontam clínicas

Procura por congelamento de óvulos no Brasil triplica em 5 anos, apontam clínicas

access_time21/09/2018 07:31

Desde criança a publicitária Camila Alvarenga de Paula Pinto, hoje com 37 anos, alimenta uma certeza

Mulher grávida é agredida a marteladas por ex-marido na frente do filho do casal

Mulher grávida é agredida a marteladas por ex-marido na frente do filho do casal

access_time12/09/2018 07:35

Uma mulher, de 31 anos, grávida de seis meses, foi agredida a marteladas pelo ex-marido, na segunda-

Câmara aprova PL que impede STF de suspender lei em decisão individual

Câmara aprova PL que impede STF de suspender lei em decisão individual

access_time04/07/2018 08:47

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou nesta terça-feira (3) um projeto que im

Palmeiras vira sobre Água Santa, garante liderança do grupo B e rebaixa time de Diadema

Palmeiras vira sobre Água Santa, garante liderança do grupo B e rebaixa time de Diadema

access_time27/07/2020 07:57

Não foi fácil, mas o Palmeiras venceu o Água Santa por 2 a 1, neste domingo, no Allianz Parque, pela 12ª e última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista.

Com a vitória, o Alviverde garantiu a liderança do grupo B, com 22 pontos somados. O Santo André, que iniciou a rodada na primeira colocação, perdeu para o Ituano e fechou a fase de classificação com 20 pontos.

Já o Água Santa estacionou nos 11 pontos, foi ultrapassado por Ponte Preta e Botafogo-SP na classificação e foi rebaixado, ao lado do Oeste, para a Série A2 do Estadual.

Após pressionar e ter a posse de bola durante todo o primeiro tempo, o Palmeiras saiu atrás do placar no início da segunda etapa, com gol de Lucas Silva. O time de Vanderlei Luxemburgo conseguiu responder e empatou com Ramires, aos 26, e virou com Luiz Adriano, de pênalti, aos 42.

1º tempo
O Palmeiras teve muita posse no primeiro tempo, mas não conseguiu controlar a partida e criar grandes chances de gol. A primeira finalização do Alviverde veio aos dez minutos, com batida de Veiga, de primeira, por cima do gol.

Aos 14, os mandantes tiveram a única chance clara da etapa inicia. Após bate-rebate, a bola sobrou para Rony dentro da área. O atacante dominou e bateu de direita. A bola passou rente a trave.

Já aos 37, o Água Santa teve a primeira escapada efetiva no contra-ataque. Lucas Silva escapou e ganhou na velocidade de Felipe Melo, que parou o adversário com falta. Na cobrança, a bola explodiu na barreira.

No minutos finais, o Verdão voltou a oferecer perigo. Aos 44, Marcos Rocha cruzou com espaço na direita e encontrou Veiga, mas o meia não acertou a cabeçada.

Já nos acréscimos, o time cobrou escanteio, o goleiro Giovanni passou da bola e a bola sobrou para Veiga, que arriscou para o gol. A bola desviou no atacante Uéderson e não entrou. Os palmeirenses revindicaram pênalti, alegando toque de mão, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

Segunda etapa
O Palmeiras foi para cima logo de cara, mas foi o Água Santa que conseguiu abrir o placar. Aos 17 minutos, Luan Dias recebeu na intermediária, levantou a cabeça e cruzou rasteiro na diagonal. A bola chegou para Lucas Silva na segunda trave, que completou de primeira para as redes.

A resposta alviverde não demorou. Aos 26 minutos, Felipe Melo lançou Marcos Rocha na direita. O lateral teve espaço para descer e cruzar com espaço. A bola encontrou Ramires, que testou firme para empatar.

Aos 42, o Palmeiras chegou à virada. Após bate-rebate dentro da área, o árbitro marcou pênalti alegando mão na bola de Wellington Reis. Na cobrança, Luiz Adriano bateu no canto direito e Giovanni fez a defesa, mas no rebote a bola se ofereceu livre para o atacante virar.





Por: Gazeta Esportiva (foto: (foto: Cesar Greco/assessoria)

Outras notícias

Comentários