Spigreen
Notícias recentes
Centros comerciais são esvaziados em Samara, na Rússia, após ameaça de bomba, diz imprensa local

Centros comerciais são esvaziados em Samara, na Rússia, após ameaça de bomba, diz imprensa local

access_time28/06/2018 15:08

Três centros comerciais em Samara, uma das cidades-sede da Copa do Mundo da Rússia, foram esvaziados

Projeto de lei prevê multa de até R$ 5,2 mil para autores de fake news

Projeto de lei prevê multa de até R$ 5,2 mil para autores de fake news

access_time08/05/2020 12:09

Os autores de divulgação ou compartilhamento de fake news (notícias falsas) em Mato Grosso poderão s

ProUni abre inscrições no dia 11 de junho para bolsas no 2º semestre

ProUni abre inscrições no dia 11 de junho para bolsas no 2º semestre

access_time24/05/2019 09:31

O Programa Universidade para Todos (ProUni) vai abrir inscrições para bolsas de estudo em instituiçõ

Passageiro é flagrado com 281 kg de peixes e carne de jacaré dentro de malas em ônibus
Pescado ilegal estava em malas. — Foto: Sema-MT/Assessoria

Passageiro é flagrado com 281 kg de peixes e carne de jacaré dentro de malas em ônibus

Passageiro que era o dono das malas foi detido pelos fiscais da Sema

access_time28/11/2018 07:42

Um passageiro foi flagrado transportando 256 kg de pescado ilegal em um ônibus, que saiu de Barão de Melgaço, a 121 km de Cuiabá, e seguia para a capital. Os fiscais da Secretaria de Meio Ambiente de Mato Grosso (Sema) também encontraram 25 quilos de carne de jacaré, animal cuja caça é proibida.

Os peixes, inteiros e em filé, estavam escondidos em malas de roupas e sacos de lixo sem acondicionamento adequado para conservação da carne, tornando-a imprópria para o consumo humano.

O pescado apreendido foi doado para alimentação dos animais que estão sob a guarda da Secretaria de Meio Ambiente (Sema) no Batalhão da Polícia Militar Ambiental (BPMPA), em Várzea Grande.

Durante a piracema, período em que os peixes estão em processo de reprodução, a pesca é proibida. O período de defeso teve início em 1º de outubro em Mato Grosso.

A pesca nesse período é crime e acarreta em prisão e multa que varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil com acréscimo de R$ 20 por quilo de peixe encontrado. As permissões de declaração de estoque se encerraram no dia 3 de outubro.

A pesca amadora e o pesque e solte também estão proibidas neste período.

Na piracema só é permitida a pesca de subsistência, que é praticada por comunidades ribeirinhas que dependem do peixe para sua alimentação. A cota diária por pescador (subsistência) será de 3 kg ou um exemplar de qualquer peso, respeitando os tamanhos mínimos estabelecidos pela legislação para cada espécie. Porém os ribeirinhos devem consumir os peixes imediatamente e não podem transportar ou comercializar o pescado.

Nos rios de divisa com outros estados, que são federais, a Piracema começa em novembro e termina em fevereiro. Nesses rios é permitido a pesca no mês de outubro, mas não pode realizar o transporte nem a comercialização deste pescado dentro de Mato Grosso.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários