Kurupí
Notícias recentes
“Nada vai pagar as vidas que se foram”, diz voluntário

“Nada vai pagar as vidas que se foram”, diz voluntário

access_time04/02/2019 07:22

A tragédia causada pelo rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, a 57 quilôm

LBV promove ação emergencial em apoio a famílias em situação de vulnerabilidade

LBV promove ação emergencial em apoio a famílias em situação de vulnerabilidade

access_time06/05/2019 08:35

A Legião da Boa Vontade (LBV) vai intensificar seu trabalho socioeducacional durante os meses de abr

Datafolha: Bolsonaro lidera em 4 regiões e Haddad no Nordeste

Datafolha: Bolsonaro lidera em 4 regiões e Haddad no Nordeste

access_time11/10/2018 08:19

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta (10) apurou os percentuais de intenção de voto para o segu

Passageiro é preso em ônibus em MT com pistola, barra de ouro e R$ 9 mil em espécie

Passageiro é preso em ônibus em MT com pistola, barra de ouro e R$ 9 mil em espécie

Valdeci Soares da Silva, de 29 anos, alegou que venderia o ouro a pedido de um pastor em Pontes e Lacerda. Prisão ocorreu nesta sexta-feira (20) em Sinop

access_time20/07/2018 16:46

Durante uma viagem, um passageiro de ônibus foi preso nesta sexta-feira (20), em Sinop, a 503 km de Cuiabá, com uma pistola, uma barra de ouro e mais de R$ 9 mil em espécie. Valdeci Soares da Silva, de 29 anos, foi encaminhado para a delegacia e ficará à disposição da Justiça.

O G1 não consegiu localizar a defesa dele. A prisão, segundo a Polícia Militar, ocorreu após denúncias anônimas de que um passageiro viajava com uma arma.

Depois de abordar o ônibus e realizar buscas pessoais nos passageiros, a arma foi encontrada na cintura de Valdeci. Além da arma, ele tinha oito munições intactas com ele.

Na poltrona dele, foram encontrados R$ 9,5 mil em espécie, que segundo Valdeci, é o pagamento por serviços prestados recentemente.

No interior do calçado dele, os policiais encontraram uma barra de ouro. Aos policiais, Valdeci alegou que seguiria para Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá, para vender o objeto a pedido de um pastor.

Além de Valdeci, um tio dele que o acompanhava também foi detido. Os dois foram levados para a delegacia para as providências cabíveis.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários