Spigreen
Notícias recentes
Homem confessa que utilizou chave de fenda para matar filha de 7 meses no Dia dos Pais

Homem confessa que utilizou chave de fenda para matar filha de 7 meses no Dia dos Pais

access_time13/08/2019 08:08

Suspeito de assassinar a própria filha, de apenas 7 meses, no domingo (11), Dia dos Pais, em Sapezal

MT deve colher mais de 25% da produção de grãos, cereais e oleaginosas do país na safra 2018, estima IBGE

MT deve colher mais de 25% da produção de grãos, cereais e oleaginosas do país na safra 2018, estima IBGE

access_time12/06/2018 18:05

Mesmo com a previsão de queda na produção nacional, o estado de Mato Grosso deve ser responsável por

Petrobras eleva gasolina em 4% nas refinarias após alta do dólar

Petrobras eleva gasolina em 4% nas refinarias após alta do dólar

access_time27/11/2019 13:01

A Petrobras elevou o preço médio da gasolina nas refinarias em aproximadamente 4% nesta quarta-feira

Pesquisadores já criaram uma vacina para o coronavírus da China
Vacina: pesquisadores preparam proteção contra o contágio do coronavírus da China, mas falta tempo para testes (Francesco Carta/Getty Images)

Pesquisadores já criaram uma vacina para o coronavírus da China

Especialistas em Hong Kong têm uma vacina contra o vírus, mas ainda precisam de tempo para testes em animais e humanos

access_time29/01/2020 10:56

São Paulo — O microbiologista e médico Yuen Kwok-yung anunciou que pesquisadores de Hong Kong já desenvolveram uma vacina contra o novo coronavírus da China. No entanto, ela ainda precisa ser testada em animais, o que deve levar um longo período, segundo reportagem do jornal South China Morning Post.

Kwok-yung, que é diretor do centro de doenças infecciosas da Universidade de Hong Kong, não deu um prazo específico para o desenvolvimento da vacina contra o novo coronavírus da China. Ele estima que o tempo dos testes em animais pode ser de meses e será preciso, ainda, de mais um ano de testes em humanos antes do lançamento da vacina.

A nova vacina é uma modificação da vacina da gripe que se propõe a proteger tanto do coronavírus da China quanto de gripes comuns.

Para Kwok-yung, a vacina que está em desenvolvimento na China atualmente tem chances de ser baseada em uma versão inativa do vírus, que tem sua propriedade contagiosa destruída em laboratório, o que poderia resultar na apresentação de sintomas mais graves do que o normal em pessoas que tomarem a vacina e forem contaminadas com o vírus.

Além da China, pesquisadores dos Estados Unidos também se esforçam para criar uma vacina contra o novo vírus.

O que é o coronavírus?
O coronavírus da China é um novo vírus que já matou de 100 pessoas na China e já tem infectados em outros países, como nos Estados Unidos, Japão e Europa. Com sintomas parecidos com os da gripe, o vírus é da mesma família que o SARS, que no começo dos anos 2000 causa uma epidemia conhecida como gripe asiática.

Até a manhã desta quarta-feira são 132 mortes confirmadas, 125 delas na província de Hubei, epicentro da propagação. Já são mais de 6 mil casos confirmados, em 17 países.

No Brasil, há três suspeitos, segundo o Ministério da Saúde, em Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre. O governo, seguindo recomendação da Organização Mundial de Saúde, recomendou que viagens para a China sejam feitas apenas em casos de extrema necessidade.

Para conter a propagação do vírus, governos e empresas privadas vêm tomando medidas mais duras nas últimas horas.

Dez cidades chinesas estão isoladas. A rede de cafeterias Starbucks, um fenômeno na China, fechou metade de suas duas mil lojas no país. A Casa Branca anunciou que pode suspender todos os voos dos Estados Unidos para a China em meio às preocupações crescentes.





Por: Lucas Agrela

Outras notícias

Comentários