ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
COLÍDER: Marido mata esposa na frente da filho de 9 anos no interior

COLÍDER: Marido mata esposa na frente da filho de 9 anos no interior

access_time31/01/2022 15:50

Criança chamou o socorro; mulher foi encontrada já sem vida pelo Corpo de Bombeiros e PM Uma mulh

Anvisa pede para investigar novas ameaças sofridas por seus diretores

Anvisa pede para investigar novas ameaças sofridas por seus diretores

access_time20/12/2021 12:12

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pediu à Polícia Federal (PF) e a outros órgãos a

Cresce 60% o número de cidades com mais eleitores que habitantes

Cresce 60% o número de cidades com mais eleitores que habitantes

access_time27/10/2020 09:18

O número de municípios com mais eleitores que habitantes aumentou na comparação com o cenário visto

Petrobras anuncia redução de R$ 0,20 no preço do litro de diesel vendido às distribuidoras
Preço do óleo diesel é importante para inflação já que maior parte dos produtos é transportada por caminhões

Petrobras anuncia redução de R$ 0,20 no preço do litro de diesel vendido às distribuidoras

Empresa estima que redução no valor cobrado ao consumidor será de R$ 0,18 por litro na bomba

access_time04/08/2022 13:31

Petrobras anunciou nesta quinta, 4, uma redução no preço do óleo diesel cobrado às distribuidoras que terá efeito a partir de sexta, 5: o litro do combustível passará a custar R$ 5,41, ao invés de R$ 5,61. A empresa estima que isso signifique uma queda de R$ 0,18 por litro no preço cobrado aos consumidores na bomba, levando em conta a mistura de obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel para a composição do que é vendido nos postos. Hoje, a média é de R$ 5,05, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) e passará a ser de R$ 4,87, também na média. De acordo com a Petrobras, a redução “acompanha a evolução dos preços de referência, que se estabilizaram em patamar inferior para o diesel, e é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado global, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio”.





Por: Jovem Pan

Outras notícias

Comentários