Spigreen
Notícias recentes
Aluna de 13 anos tem pé esmagado por ônibus escolar em Sorriso

Aluna de 13 anos tem pé esmagado por ônibus escolar em Sorriso

access_time12/06/2018 10:01

Uma estudante de 13 anos teve o pé esmagado pelo pneu de ônibus escolar nessa segunda-feira (11) em

Prevenção ao uso de drogas por gestantes recebe reforço financeiro

Prevenção ao uso de drogas por gestantes recebe reforço financeiro

access_time14/08/2019 17:04

O Ministério da Cidadania recebeu R$ 6,2 milhões em recursos para reforçar o projeto Hera. A verba s

Megatraficante 'El Chapo' começa a ser julgado hoje nos EUA

Megatraficante 'El Chapo' começa a ser julgado hoje nos EUA

access_time05/11/2018 07:00

O chefe do tráfico mexicano "El Chapo" Guzmán, durante anos o homem mais procurado pelos Estados Uni

Petrobras aumenta preço da gasolina nas refinarias em 0,8%
Caminhão de combustíveis em posto de gasolina na Zona Sul de Teresina, Piauí (Foto: Roberto Araujo/G1)

Petrobras aumenta preço da gasolina nas refinarias em 0,8%

Última alta do combustível havia sido no dia 9; no mês de junho já foram anunciadas 10 quedas e 3 altas no preço da gasolina

access_time25/06/2018 09:35

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (25) que aumentará o preço da gasolina nas refinarias. O valor do litro passará de R$ 1,8634 para R$ 1,8783, alta de 0,8%. Na sexta-feira (22), a Petrobras manteve inalterado preço do combustível. No mês de junho já foram anunciadas 10 quedas e 3 altas no preço da gasolina. A última alta anunciada foi para o dia 9 de junho.

Em 30 dias, a queda acumulada é de 6,53%. Desde o dia 8 de fevereiro, quando a Petrobras começou a divulgar os preços de referência nas refinarias, o avanço é de 19,39%.

Já o preço do diesel segue congelado em R$ 2,0316, conforme ficou estabelecido pelo programa de subvenção ao combustível anunciado pelo governo, que prevê redução de R$ 0,46 no preço do diesel por 60 dias, contando a partir do dia 1º de junho.

Política de preços
A Petrobras adota novo formato na política de ajuste de preços desde 3 de julho do ano passado. Pela nova metodologia, os reajustes acontecem com maior periodicidade, inclusive diariamente, refletindo as variações do petróleo e derivados no mercado internacional, e também do dólar. O repasse dos preços cobrados nas refinarias para as bombas depende das distribuidoras e dos donos dos postos.

Último levantamento semanal divulgado pela Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP) mostra que o preço médio do diesel recuou 5 centavos nos postos na semana entre os dias 10 e 16 de junho, para R$ 3,434. A gasolina, por sua vez, registrou média nos postos de R$ 4,572, queda de 3 centavos sobre a semana anterior, quando foi vendida por R$ 4,603 reais por litro.





Por: G1

Outras notícias

Comentários