Banner Outras
Notícias recentes
Pesquisadores desenvolvem software para diagnosticar melanoma

Pesquisadores desenvolvem software para diagnosticar melanoma

access_time24/01/2020 16:04

Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) aprimoram um software capaz de agilizar

Vizinho invade casa e tenta estuprar criança de 2 anos na Capital

Vizinho invade casa e tenta estuprar criança de 2 anos na Capital

access_time19/02/2020 16:56

Um homem foi preso na tarde desta quarta-feira (19) após tentar estuprar um criança de 2 anos no Bai

MT reduz em 40% o índice de queimadas em 2018, segundo Comitê do Fogo

MT reduz em 40% o índice de queimadas em 2018, segundo Comitê do Fogo

access_time03/10/2018 08:09

Este ano, Mato Grosso reduziu em 40% o número de focos de incêndio, segundo a Secretaria Estadual de

Petrobras precisa acelerar exploração do pré-sal, diz Castello Branco
Roberto Castello Branco, futuro presidente da Petrobras do governo de Bolsonaro (Adriano Machado/Reuters)

Petrobras precisa acelerar exploração do pré-sal, diz Castello Branco

Economista que comandará a estatal no governo Bolsonaro disse que ainda não tem planos concretos para a empresa

access_time21/11/2018 08:14

O economista Roberto Castello Branco, anunciado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) como próximo presidente da Petrobras, afirmou nesta terça-feira, 20, que a prioridade da empresa nos próximos anos será a aceleração da exploração das áreas do pré-sal.

Ele se reuniu esta manhã pela primeira vez com a equipe econômica da transição, depois de ser indicado na segunda-feira, 19, para dirigir a petroleira, em substituição a Ivan Monteiro, que pode ir para o Banco do Brasil. “O foco deve ser na aceleração do pré-sal”, disse Castello Branco.

Na segunda-feira, 19, o economista afirmou que a Petrobras desenvolve atividades que “não são naturais” da empresa e não dão retorno, citando, por exemplo, a BR Distribuidora. “A BR é uma cadeia de lojas, no fim das contas. A competência da Petrobras é na exploração e produção de petróleo”, disse.

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, e o próprio presidente eleito já afirmaram que a petroleira não será privatizada, mas partes dela podem ser vendidas, inclusive a BR Distribuidora.

Ao sair do escritório de transição, Castello Branco disse ainda que não poderia falar de planos concretos para a Petrobras porque ainda não mergulhou especificamente nas questões da empresa. “Ao longo de novembro e dezembro, vamos construir isso para chegar em janeiro pronto”, afirmou.





Por: Veja

Outras notícias

Comentários