anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
FMI admite preocupação econômica com ‘agitação civil’ no Brasil e no Peru

FMI admite preocupação econômica com ‘agitação civil’ no Brasil e no Peru

access_time13/01/2023 09:09

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, alertou nesta quint

Bandidos invadem casa, fazem família refém e matam morador

Bandidos invadem casa, fazem família refém e matam morador

access_time11/05/2023 12:02

Douglas de Oliveira Paiva, 28 anos, foi morto a tiros em sua casa, no bairro Jardim Guanabara, em Cá

Homem é preso pela PM com tablete de maconha, duas armas e 35 munições em Matupá

Homem é preso pela PM com tablete de maconha, duas armas e 35 munições em Matupá

access_time27/04/2023 07:30

Policiais militares do 22º Batalhão e da 2ª Companhia Independente apreenderam, na noite de terça-fe

PF cumpre mandados de prisão contra suspeitos de liderar invasão no DF
Os mandados de busca, apreensão e prisão temporária foram expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal

PF cumpre mandados de prisão contra suspeitos de liderar invasão no DF

São cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e três de prisão temporária em Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro; Polícia Federal também investiga participação em bloqueio de rodovias do Estado

access_time16/01/2023 11:16

A Polícia Federal (PF) cumpre cinco mandados de busca e apreensão e três de prisão temporária nesta segunda-feira, 16, contra suspeitos de organizar, financiar e liderar “atos antidemocráticos”. Batizada de Operação Ulysses, a ação acontece no Rio de Janeiro e tem como alvos cidadãos investigados por participação em manifestações contra o resultados das eleições de 2022, assim como da invasão em Brasília, em 08 de janeiro. A investigação teve como objetivo identificar as lideranças locais responsáveis pelos bloqueios em rodovias que transpassam a cidade de Campos dos Goytacazes, onde os mandados são cumpridos, a organização de atos em frente aos quartéis do Exército no município e também a participação dos investigados no financiamento e organização dos atos de vandalismo ocorridos nas sedes dos três Poderes – Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Supremo Tribunal Federal -, que “desencadearam a depredação dos prédios públicos e dos atentados contra as instituições democráticas”.

Segundo a Polícia Federal, foi possível “colher elementos de prova capazes de vincular os investigados na organização e liderança dos eventos”. “Além disso, com o cumprimento hoje dos mandados judiciais, será possível identificar eventuais outros partícipes/coautores na empreitada criminosa”, diz comunicado da corporação. Os mandados de busca, apreensão e prisão temporária foram expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Os investigados podem responder por crimes como associação criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito e incitação das Forças Armadas contra os poderes institucionais, cometidos ao incitar, financiar ou organizar os ataques no Distrito Federal.





Por: Jovem Pan

Outras notícias

Comentários