anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
STF já tem maioria para manter intervenção do Estado na Saúde de Cuiabá

STF já tem maioria para manter intervenção do Estado na Saúde de Cuiabá

access_time12/05/2023 17:16

O Supremo Tribunal Federal já formou maioria para manter a intervenção do Governo do Estado na Secre

Americano com morte cerebral declarada 'vive' há mais de um mês com o rim de um porco

Americano com morte cerebral declarada 'vive' há mais de um mês com o rim de um porco

access_time16/08/2023 16:21

Um americano de 57 anos, vítima de um câncer e com morte cerebral declarada, tem suas funções vitais

Campo alaga e Deyverson pega rodo para tentar tirar água de gramado

Campo alaga e Deyverson pega rodo para tentar tirar água de gramado

access_time22/02/2024 10:31

O jogo único da primeira fase da Copa do Brasil 2024, entre Cuiabá e Real Noroeste, foi adiado por c

PF nega morte em ginásio e libera idosos e mulheres com filhos
Ginásio da PF ficou lotado com manifestantes que estavam em acampamento | Foto: Reprodução/Twitter

PF nega morte em ginásio e libera idosos e mulheres com filhos

Cerca de 1,2 mil pessoas foram detidas no galpão da Academia Nacional de Polícia, em Brasília

access_time10/01/2023 10:02

Depois de passarem mais de 12 horas fechados no ginásio da Polícia Federal, em Brasília, mulheres com crianças e idosos foram liberados da detenção na noite de segunda-feira 9. A informação foi confirmada pela PF e por advogados que representam parte das mais de 1,2 mil pessoas detidas depois que o acampamento em frente ao Quartel-General do Exército em Brasília foi desmontado, na manhã de segunda-feira.

Detidas, as pessoas seriam autuadas para responder pela prática de “atos antidemocráticos”, segundo o Ministério da Justiça.

Entre os presos, havia crianças e idosos, que foram levados ao local ainda na manhã de segunda-feira 9, depois que o acampamento foi desfeito, por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo o perfil da Ordem dos Advogados Conservadores, mulheres com crianças e idosos com mais de 60 anos foram liberados pela Polícia Federal em ônibus que partiram do ginásio.

Nas redes sociais, foram inúmeros relatos de que os detidos não tiveram acesso a alimentação e de que muitas crianças e idosos passaram mal e precisaram de atendimento médico. Também houve a informação de que uma idosa teria falecido na galpão da Academia Nacional de Polícia.

Porém, em uma postagem no Twitter, a corporação negou a informação.

A PF confirmou à imprensa a liberação de idosos e crianças, mas não informou o número de pessoas liberadas. Também afirmou que algumas pessoas passaram mal, mas foram atendidas, e que houve preferência na triagem para os idosos. Ainda segundo a corporação, as pessoas têm acesso a alimentação, água e banheiros.





Por: Redação Oeste

Outras notícias

Comentários