anuncie aqui
Notícias recentes
Patchwork de natal encerrou os cursos em 2018

Patchwork de natal encerrou os cursos em 2018

access_time29/10/2018 10:37

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Peixoto de Azevedo, através dos CRAS (Centros de Ref

Parlamento britânico faz recomendações para combater fake news

Parlamento britânico faz recomendações para combater fake news

access_time31/07/2018 07:45

O tema das chamadas notícias falsas (ou fake news, no termo em inglês que foi popularizado) vem cham

Primeira rodada da Taça Saudoso Edinho tem homenagem e jogos de muito equilíbrio

Primeira rodada da Taça Saudoso Edinho tem homenagem e jogos de muito equilíbrio

access_time15/10/2018 15:12

Antes da rodada aconteceu homenagem a família do saudoso Edinho, esteve presente, esposa, filha, irm

Piracema começa em MT e pesca é proibida

Piracema começa em MT e pesca é proibida

O período de proibição da pesca em Mato Grosso foi alterado em 2015 por causa do comportamento reprodutivo dos peixes

access_time02/10/2018 09:26

A piracema – período de reprodução dos peixes – começou nesta segunda-feira (1º) e a pesca nos rios estaduais de Mato Grosso fica proibida até o dia 31 de janeiro de 2019.

Os pescadores profissionais, que têm carteirinha, podem pedir o seguro defeso a partir do dia 10 de outubro. Eles vão receber um seguro-desemprego pelo período de quatro meses, já que não poderão trabalhar nos rios.

O período de proibição da pesca em Mato Grosso foi alterado em 2015 por causa do comportamento reprodutivo dos peixes.

Estudos apontaram que algumas espécies iniciam a ovulação em outubro e não em novembro. Três anos depois os pescadores estão começando a ver o resultado nos rios

“Os peixes de escama estão aparecendo já com abundância e o nosso rio já está bem povoado pelos peixes”, disse Belmiro Lopes Miranda, presidente da Federação dos Pescadores Profissionais de Mato Grosso.

A piracema ocorre em todo país, mas na maioria dos estados começa só em novembro. Nos trechos de rios federais, aqueles que fazem divisa com outros estados, ainda pode pescar até o mês que vem.

No entanto, os peixes não podem ser vendidos, comercializados ou armazenados em Mato Grosso. Segundo o Conselho Estadual de Pesca, a piracema é uma ferramenta de preservação dos estoques pesqueiros, mas sozinha não consegue resolver e depende de conscientização.

Durante a última piracema, a fiscalização apreendeu mais de 5 toneladas de peixes. O número é quase 30% menor do que foi apreendido em 2016.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários