anuncie aqui
Notícias recentes
Mulher morre eletrocutada ao mexer em aparelho de som enquanto lavava roupa

Mulher morre eletrocutada ao mexer em aparelho de som enquanto lavava roupa

access_time10/04/2019 09:44

Uma mulher de 33 anos morreu, na terça-feira (9), após receber uma descarga elétrica enquanto lavava

‘Quem define gênero é a natureza’, diz futuro ministro da Educação

‘Quem define gênero é a natureza’, diz futuro ministro da Educação

access_time27/11/2018 07:35

O futuro ministro de Educação do governo de Jair Bolsonaro (PSL), Ricardo Vélez Rodríguez, disse que

Temer vai ao Chile para assinar acordo de livre comércio

Temer vai ao Chile para assinar acordo de livre comércio

access_time21/11/2018 08:05

O presidented da República, Michel Temer, viajou hoje (21) para Santiago, no Chile, onde fica até a

Piracema começa em MT e pesca é proibida

Piracema começa em MT e pesca é proibida

O período de proibição da pesca em Mato Grosso foi alterado em 2015 por causa do comportamento reprodutivo dos peixes

access_time02/10/2018 09:26

A piracema – período de reprodução dos peixes – começou nesta segunda-feira (1º) e a pesca nos rios estaduais de Mato Grosso fica proibida até o dia 31 de janeiro de 2019.

Os pescadores profissionais, que têm carteirinha, podem pedir o seguro defeso a partir do dia 10 de outubro. Eles vão receber um seguro-desemprego pelo período de quatro meses, já que não poderão trabalhar nos rios.

O período de proibição da pesca em Mato Grosso foi alterado em 2015 por causa do comportamento reprodutivo dos peixes.

Estudos apontaram que algumas espécies iniciam a ovulação em outubro e não em novembro. Três anos depois os pescadores estão começando a ver o resultado nos rios

“Os peixes de escama estão aparecendo já com abundância e o nosso rio já está bem povoado pelos peixes”, disse Belmiro Lopes Miranda, presidente da Federação dos Pescadores Profissionais de Mato Grosso.

A piracema ocorre em todo país, mas na maioria dos estados começa só em novembro. Nos trechos de rios federais, aqueles que fazem divisa com outros estados, ainda pode pescar até o mês que vem.

No entanto, os peixes não podem ser vendidos, comercializados ou armazenados em Mato Grosso. Segundo o Conselho Estadual de Pesca, a piracema é uma ferramenta de preservação dos estoques pesqueiros, mas sozinha não consegue resolver e depende de conscientização.

Durante a última piracema, a fiscalização apreendeu mais de 5 toneladas de peixes. O número é quase 30% menor do que foi apreendido em 2016.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários