Banner Outras
Notícias recentes
Bolsonaro lança projeto de recuperação do Rio Araguaia

Bolsonaro lança projeto de recuperação do Rio Araguaia

access_time05/06/2019 07:51

O presidente Jair Bolsonaro participa hoje (5) em Aragarças (GO), a 380 quilômetros de Goiânia, do l

Paulistão será 'concluído em campo', mas data continua indefinida

Paulistão será 'concluído em campo', mas data continua indefinida

access_time18/04/2020 13:10

A Federação Paulista de Futebol e os clubes que disputam a primeira divisão do Campeonato Paulista d

Tribunal de Mianmar condena jornalistas da Reuters a 7 anos de prisão

Tribunal de Mianmar condena jornalistas da Reuters a 7 anos de prisão

access_time03/09/2018 07:48

Um tribunal de Mianmar condenou, nesta segunda-feira (3), a sete anos de prisão dois jornalistas da

PM prende suspeito de estuprar adolescente de 13 anos dentro de rio em Cáceres
Ilustração

PM prende suspeito de estuprar adolescente de 13 anos dentro de rio em Cáceres

Irmã da vítima, de 11 anos, presenciou estupro e disse à polícia que alertou a mãe sobre as abordagens do suspeito. Homem já teria sido denunciado pelo crime contra a mesma vítima em 2017

access_time02/07/2018 08:32

Um homem de 43 anos foi preso pela Polícia Militar nesse sábado (30), em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, suspeito de estuprar uma adolescente de 13 anos dentro do Rio Paraguai. Eles estavam acompanhados pela irmã da vítima, de 11 anos, que teria presenciado o crime.

Segundo a polícia, no momento da abordagem, a adolescente estava nua e vestiu as roupas quando os policiais ordenaram a eles que saíssem do rio.

Preso, o homem foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil. O G1 não conseguiu localizar a defesa do suspeito. À polícia, a vítima confirmou que o suspeito havia tirado as roupas dela e estava passando a mão nas suas partes íntimas. Ela confirmou que o homem também a havia beijado.

Segundo a PM, a mãe das vítimas compareceu à delegacia e afirmou à polícia que já havia sido registrado um boletim de ocorrência contra o suspeito no ano passado, na Delegacia da Mulher daquele município, pelo mesmo crime contra a filha dela, que à época tinha 12 anos.

A polícia foi acionada por uma pessoa que passava pela Praia do Daveron, na região central do município, e avistou o suspeito acompanhado das duas meninas menores de idade, inclusive beijando uma delas na boca.

Ao chegar ao local, os policiais encontraram o suspeito junto com as duas menores dentro do rio. Ao pedir para que ele saísse da água, ele teria ordenado à adolescente para que vestisse as roupas dela e o acompanhasse para fora do rio, mas que não falasse aos policias o que estavam fazendo.

Os policiais relataram no boletim de ocorrência que precisaram insistir para que o suspeito obedecesse às ordens e saísse da água, mas que as duas irmãs se recusaram a atender ao pedido, momento em que os PMs perceberam que a vítima vestia a bermuda dela e entregava suas roupas íntimas para a irmã, que deixou cair dentro do rio.

No caminho para a delegacia, foi acionado o Conselho Tutelar e, na presença de uma conselheira, a adolescente contou que o homem havia marcado o encontro com ela por celular e que eles constantemente trocavam mensagens.

A irmã da vítima, de 11 anos, afirmou que já havia alertado a mãe de que o suspeito estaria tentando ficar com a irmã dela. A mãe, porém, não teria acreditado nela. Ela afirmou, ainda, que já havia presenciado o homem beijando a irmã dela, bem como o ato sexual.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários