anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Botelho demite ex-deputado Baiano Filho que agrediu a esposa com socos no rosto

Botelho demite ex-deputado Baiano Filho que agrediu a esposa com socos no rosto

access_time28/08/2023 12:02

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Eduardo Botelho (União Brasil), declarou n

Municípios criticam governo e afirmam que verba repassada cobre apenas um terço do piso da enfermagem

Municípios criticam governo e afirmam que verba repassada cobre apenas um terço do piso da enfermagem

access_time12/05/2023 16:32

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) emitiu nota à imprensa para criticar a sanção presidenc

Sema-MT e Batalhão Ambiental reforçam fiscalização nos últimos 10 dias de pesca proibida

Sema-MT e Batalhão Ambiental reforçam fiscalização nos últimos 10 dias de pesca proibida

access_time23/01/2023 11:43

A pesca está proibida em todos os rios de Mato Grosso até o dia 2 de fevereiro. Para impedir a retir

Polícia Civil cumpre mandados em investigação relacionada à disputa de família por terra

Polícia Civil cumpre mandados em investigação relacionada à disputa de família por terra

Operação foi deflagrada após o registro de vários boletins de ocorrência envolvendo membros da mesma família

access_time02/07/2024 10:58

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta terça-feira (02.07) a Operação Pais e Filhos, em Alto Araguaia, com o objetivo de cumprir dois mandados de busca e apreensão no âmbito de uma investigação relacionada a crimes cometidos por membros da mesma família, em razão de disputa de terras.

As ordens foram expedidas pela Primeira Vara Cível e Criminal de Alto Araguaia e são cumpridos na cidade de Santa Rita do Araguaia, no estado de Goiás.

As investigações iniciaram após o registro de vários boletins de ocorrência de uma família que está em litígio acerca de uma área rural na região. Os filhos e herdeiros se acusam mutuamente de diversos crimes, como disparo de arma de fogo, furto de gado, injúria e ameaça.

Em dois dos boletins de ocorrência, um dos filhos acusa o pai e irmãos de irem até a propriedade rural onde reside, objeto da disputa fundiária, e realizar diversos disparos de arma de fogo no intuito de amedrontar os moradores e influenciar na disputa cível.

Os mandados tinham como objetivo localizar armas de fogo e outros possíveis apetrechos utilizados na prática do suposto crime.

Durante as diligências não foi localizada nenhuma arma de fogo ou munições relacionadas a denúncia. As investigações continuam no sentido de apurar os demais supostos crimes praticados.

O delegado responsável pelas investigações, Marcos Paulo Batista de Oliveira, identificou indíces dos crimes de denunciação caluniosa e falsa comunicação de crime.





Por: Assessoria

Outras notícias

Comentários