anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
STF revê decisão e rejeita denúncia contra Renan Calheiros

STF revê decisão e rejeita denúncia contra Renan Calheiros

access_time01/04/2023 17:06

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou uma denúncia contra o senador Renan Calheiros

Primeira turma do STF decide que não existe vínculo empregatício entre motorista de aplicativo e plataforma

Primeira turma do STF decide que não existe vínculo empregatício entre motorista de aplicativo e plataforma

access_time05/12/2023 19:24

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu por unanimidade nesta terça-feira, 5, que

Governador e ministro da Justiça assinam parceria para investimentos de R$ 87,6 milhões na Segurança Pública de MT

Governador e ministro da Justiça assinam parceria para investimentos de R$ 87,6 milhões na Segurança Pública de MT

access_time10/10/2023 08:36

O governador Mauro Mendes e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, assinaram seis t

Polícia Civil prende empresário que ateou fogo na casa da ex-namorada

Polícia Civil prende empresário que ateou fogo na casa da ex-namorada

Suspeito foi detido em cumprimento de mandado de prisão preventiva

access_time14/05/2023 09:48

Um empresário investigado por atear fogo na casa da ex-namorada, no município de Peixoto de Azevedo, foi preso pela Polícia Civil, no sábado (13.05), em cumprimento de mandado judicial.

O suspeito de 27 anos teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, após investigação da Delegacia de Peixoto de Azevedo para apurar o crime, cometido no dia 07 de março, no bairro Liberdade.

A vítima teve sua casa invadida pelo homem, que por não aceitar o fim do relacionamento, abriu o botijão de gás e colocou um tambor com óleo em cima do fogão, causando o incêndio na cozinha.

As chamas queimaram boa parte do teto e paredes do imóvel, bem como o fogo danificou vários equipamentos domésticos, como máquina de lavar, tanque, fogão, aparelhos de ar condicionado e outros.

Com base nos indícios de autoria, obtidos através das imagens de câmeras de segurança em que aparece o empresário no local, entre outras provas, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva do investigado.

Diante do mandado deferido pelo Poder Judiciário, os policiais civis conseguiram localizar e prender o suspeito neste sábado (13).

O preso, que responde inquérito pelos crimes de incêndio, dano qualificado, violência psicológica e perseguição, no âmbito da Lei Maria da Penha, foi ouvido e colocado à disposição da Justiça.





Por: Assessoria | Polícia Civil-MT

Outras notícias

Comentários