ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Trump ameaça China com tarifas sobre mais US$ 300 bilhões em produtos

Trump ameaça China com tarifas sobre mais US$ 300 bilhões em produtos

access_time06/06/2019 08:34

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, ameaçou impor tarifas sobre "pelo menos" mais U

Safra brasileira cresce mais de 6% e bate recorde em 2019, diz IBGE

Safra brasileira cresce mais de 6% e bate recorde em 2019, diz IBGE

access_time08/01/2020 09:22

A safra agrícola brasileira bateu recorde em 2019 e alcançou 241,5 milhões de toneladas, um crescime

Polícia Civil prende suspeitos de homicídios ocorridos em Peixoto de Azevedo nos últimos dias

Polícia Civil prende suspeitos de homicídios ocorridos em Peixoto de Azevedo nos últimos dias

access_time16/04/2019 09:12

A Polícia Civil, através de investigações realizadas pela Delegacia de Peixoto de Azevedo, deu cumpr

Polícia prende mais 3 suspeitos de envolvimento na morte de empresário de Guarantã

Polícia prende mais 3 suspeitos de envolvimento na morte de empresário de Guarantã

access_time01/07/2021 06:54

A Polícia Civil confirmou que três homens foram presos na tarde de ontem, em uma fazenda durante cumprimento de mandados de buscas e apreensão, na região de Novo Mundo, suspeitos de envolvimento na morte do empresário Gilberto de Oliveira Couto, de 46 anos, no dia 25 do mês passado, em Guarantã do Norte.

De acordo com o delegado, Victor Hugo Caetano durante a ação, foram apreendidas diversas munições, um aparelho celular (que passará por análise da Politec para identificar ligações com outros possíveis envolvidos no crime), um revólver calibre 38 e um aparelho que armazena imagens das câmeras da fazenda.

Antes de ontem, a Polícia Civil apreendeu três espingardas e diversas munições, numa fazenda vizinha da ex-mulher e acusada de envolvimento na morte do empresário. Uma das armas pertence à suspeita. Já o dono das outras duas acabou preso por posse ilegal.

O desembargador da Terceira Câmara de Direito Privado, Dirceu dos Santos, concedeu liminar e mandou bloquear bens avaliados em R$ 20 milhões (duas fazendas, gado, caminhonete e outros) que eram disputados pelo empresário com a ex-mulher.

Gilberto Couto foi executado quando estava saindo de casa numa motocicleta, no bairro Jardim Vitória, em Guarantã. No dia 14 deste mês, o desembargador Luiz Ferreira da Silva concedeu habeas corpus a ex-esposa e filho de Gilberto, que haviam sido presos no dia 28 de maio, por suspeita de envolvimento na morte dele. O terceiro suspeito de envolvimento no homicídio, que é namorado da ex-mulher, também chegou a ser preso, mas foi liberado.

O empresário foi atingido por mais de quatro tiros nas costas e na cabeça. Uma testemunha chegou a apontar que ouviu os disparos e o momento que a vítima saiu correndo na rua para tentar escapar. No entanto, não conseguiu. O Corpo de Bombeiros constatou que ele morreu no local.





Por: Só Notícias/Cleber Romero (fotos: assessoria e arquivo pessoal)

Outras notícias

Comentários