Camara Peixoto
Notícias recentes
Notas do Enem estão disponíveis na internet

Notas do Enem estão disponíveis na internet

access_time18/01/2019 10:47

As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão disponíveis na internet, na Página do Partic

Grávida em MT passa mal após vacina; parto é antecipado e bebê

Grávida em MT passa mal após vacina; parto é antecipado e bebê "luta pela vida"

access_time14/05/2021 10:37

A Defensoria Pública tenta agilizar, com urgência, vaga em UTI Neonatal com Centro Cirúrgico Pediátr

Caminhoneiro morre após ser arremessado para fora do veículo durante acidente na BR-163

Caminhoneiro morre após ser arremessado para fora do veículo durante acidente na BR-163

access_time02/07/2018 16:36

Caminhoneiro identificado como Mario Sergio Pereira, 48 anos, morreu na madrugada do último sábado (

Policiais penais condenadas por facilitar entrada de drogas e celulares em cadeia são presas em MT
Servidoras trabalhavam na Cadeia Pública de Vila Bela da Santíssima Trindade (MT)
Foto por: Foto: Divulgação

Policiais penais condenadas por facilitar entrada de drogas e celulares em cadeia são presas em MT

Servidoras foram condenadas a mais de 10 anos de prisão, além da perda do cargo público.

access_time03/05/2022 07:34

Duas policiais penais condenadas pela Justiça por envolvimento em crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e peculato, foram presas nesta segunda-feira (2), em Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá, durante a operação Horus/Vigia, deflagrada para combater crimes na fronteira com a Bolívia.

As servidoras atuavam na Cadeia Pública de Vila Bela da Santíssima Trindade, a 521 km da capital. Elas foram condenadas a mais de 10 anos de prisão, além da perda do cargo.

De acordo com a Polícia Civil, as policiais teriam facilitado a entrada de drogas e celulares na cadeia do município.

Elas foram alvo da Operação Papuda, deflagrada pela Polícia Civil, em abril de 2013, após investigações do Núcleo de Inteligência da Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade.

Segundo a polícia, nas investigações, as duas policiais penais, que na época estavam em estágio probatório, foram identificadas como facilitadoras da entrada de objetos ilícitos, como drogas, bebidas alcóolicas e celulares na cadeia.

Após terem as ordens judiciais cumpridas, as suspeitas foram colocadas à disposição da Justiça.





Por: Por g1 MT

Outras notícias

Comentários