ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Apostadores mato-grossenses ganham R$ 143,9 mil na Mega-Sena; peixotense está entre eles

Apostadores mato-grossenses ganham R$ 143,9 mil na Mega-Sena; peixotense está entre eles

access_time30/03/2023 10:04

Os sortudos são de Peixoto de Azevedo, Nova Ubiratã, Pontes e Lacerda, Jangada, Tangará da Serra, Sã

Petrobras registra lucro líquido recorde em 2022

Petrobras registra lucro líquido recorde em 2022

access_time02/03/2023 07:02

A Petrobras teve lucro líquido de R$ 188 bilhões em 2022, um recorde histórico. O resultado é 77% ma

Israel diz que Irã vai pagar no ‘momento certo’ pelo ataque com drones e mísseis

Israel diz que Irã vai pagar no ‘momento certo’ pelo ataque com drones e mísseis

access_time14/04/2024 12:05

O membro do Gabinete de Guerra de Israel, Benny Gantz, afirmou que o Irã pagará “no momento certo” p

Polícias Civil e Militar procuram por autor de homicídio de sargento
Paulo Ricardo da Silva Ferreira procurado pelas Polícias (foto: reprodução)

Polícias Civil e Militar procuram por autor de homicídio de sargento

Crime ocorreu na última segunda-feira (22), enquanto a vítima caminhava na região central de Pedra Preta

access_time25/01/2024 09:43

As equipes da Polícia Civil e Polícia Militar em trabalho conjunto identificaram e procuram por um dos autores do homicídio que vitimou o sargento, Djalma Aparecido da Silva, de 47 anos, ocorrido na última segunda-feira (22.01), no município de Pedra Preta.

Um dos autores do crime, identificado como Paulo Ricardo da Silva Ferreira, está com o mandado de prisão temporária decretado pela Vara Única de Pedra Preta e é procurado pelas equipes da Polícia Civil e Militar.

O policial militar foi alvejado por vários disparos de arma de fogo, enquanto caminhava na calçada do centro de eventos da cidade, não resistindo aos ferimentos e vindo a óbito no local. O militar prestava serviço nas cidades de Alto Garças e Alto Taquari, mas residia com a família em Pedra Preta.

As investigações apontaram que os autores do disparos estavam em um veículo Renault Sandero, que posteriormente foi localizado parcialmente queimado, no bairro Monte Orebe. Dentro do veículo foram encontrados alguns documentos que levaram à identificação do suspeito de participação no crime.

Com base na informação, foram realizadas outras diligências que confirmaram o envolvimento do suspeito no crime, tendo a Polícia Civil representado pelo mandado de prisão temporária, que foi deferido pela Justiça. Policiais realizaram diligências em uma residência em Rondonópolis, onde o procurado estaria escondido, porém, ele já havia fugido do local.

As diligências estão em andamento para prender o suspeito, que tem uma arma registrada em seu nome e é considerado de alta periculosidade. Qualquer informação que possa colaborar com a investigação pode ser feita aos números 190 e 197. As denúncias são anônimas e sigilosas.





Por: Assessoria | Polícia Civil-MT

Outras notícias

Comentários