Spigreen
Notícias recentes
Índia morre em hospital de Cuiabá após ser espancada por marido em aldeia, diz entidade

Índia morre em hospital de Cuiabá após ser espancada por marido em aldeia, diz entidade

access_time12/01/2021 06:29

Uma índia de 36 anos morreu no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), nesse domingo (10), após ser espa

Temer deixa prédio da Polícia Federal no Rio

Temer deixa prédio da Polícia Federal no Rio

access_time26/03/2019 07:06

O ex-presidente da República Michel Temer deixou segunda-feira (25), às 18h42, a sede da Superintend

Motorista irritada com cobrança usa carreta para fechar acesso de pedágio em Sorriso

Motorista irritada com cobrança usa carreta para fechar acesso de pedágio em Sorriso

access_time11/08/2020 07:18

Uma caminhoneira, bastante irritada, trancou o acesso à praça de pedágio em Sorriso. Ela atravessou

Postos de combustível vendem gasolina sem impostos por menos de R$ 3,00
Sem imposto, combustível é vendido em posto do DF por R$ 2,98 (Foto: Reprodução/TV Globo)

Postos de combustível vendem gasolina sem impostos por menos de R$ 3,00

Preço mais baixo foi encontrado em posto de Montes Claros (MG): R$ 2,10 por litro. Promoções fazem parte de campanha por liberdade de impostos.

access_time24/05/2018 10:47

No quarto dia de paralisação de caminhoneiros no Brasil, motoristas enfrentam longas filas nos postos de combustível e chegam a pagar R$ 9,99 pelo litro de gasolina. Na contramão dos aumentos de preço, alguns estabecimentos organizam, nesta quinta-feira (24), o 'dia sem imposto': vendem o produto sem taxação a menos de R$ 3. O movimento é motivado pela campanha "Dia da Liberdade de Impostos", organizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDJ).

Na cidade de Montes Claros, em Minas Gerais, um posto vende o litro de gasolina por R$ 2,10 - um desconto de mais de 50% em relação ao preço usual. "O objetivo principal deste dia é mostrar ao brasileiro que até hoje ele trabalhou para pagar imposto", afirma o presidente da CDL. A entidade afirma que quer incentivar a população a cobrar do governo que os tributos sejam revertidos em investimentos para os cidadãos.

No mesmo estado, um posto de Belo Horizonte está cobrando R$ 2,281 por litro - um desconto de 47,96% em relação ao valor normal. A ação é limitada aos primeiros 120 automóveis e 65 motocicletas que forem as estabelecimento. É preciso pagar em dinheiro. Em Varginha (MG), o litro está sendo vendido a R$ 2,34.

Em Natal, um posto que vendia o litro da gasolina a R$ 4,59 está cobrando R$ 2,60 - também como forma de protesto contra as taxações estaduais e federais sobre o produto. Para participar da promoção, cada cliente pode abastecer até 25 litros e precisa fazer o pagamento em dinheiro. Pela manhã, já se formavam filas no estabelecimento.

A redução de preços também ocorre em um posto do Distrito Federal, que vende o litro a R$ 2,98. A fila começou a se formar durante a madrugada. Para poder abastecer por esse valor, o limite de gasolina por cliente é de 20 litros.

"Eu me sujeitei a vir em função do protesto anual contra os impostos e porque a gasolina está um preço absurdo. Eu cheguei pouco antes das 4h", disse o servidor público Ramon Santana, que decidiu enfrentar a longa espera no posto.





Por: G1

Outras notícias

Comentários