Banner Outras
Notícias recentes
Saúde promove evento no mês Mundial da Atividade Física

Saúde promove evento no mês Mundial da Atividade Física

access_time20/04/2019 09:30

A Secretaria Municipal de Saúde de Peixoto de Azevedo através da Academia da Saúde realiza uma progr

José Mayer deixa TV Globo após 35 anos

José Mayer deixa TV Globo após 35 anos

access_time16/01/2019 07:28

A TV Globo divulgou nesta terça-feira (15) que o ator José Mayer não trabalha mais na emissora após

Planos poderão cobrar até 40% do valor de procedimentos

Planos poderão cobrar até 40% do valor de procedimentos

access_time28/06/2018 11:24

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou nesta quinta-feira (28) novas regras para a c

Preço do frango deve ficar mais caro para consumidores de MT nesta semana
Preço do frango sobe em Mato Grosso (Foto: Reprodução/TV Fronteira)

Preço do frango deve ficar mais caro para consumidores de MT nesta semana

Alta do valor cobrado nas gôndolas é resultado da redução nos abates nos últimos meses, influenciada pela paralisação dos caminhoneiros

access_time13/08/2018 13:25

O preço do quilo do frango deverá ter novo reajuste de aproximadamente 12% nos próximos dias para o consumidor de Mato Grosso. A alta do valor cobrado nas gôndolas é resultado da redução nos abates nos últimos meses, influenciada diretamente pela paralisação dos caminhoneiros no fim de maio e início de junho, segundo o setor.

De acordo com secretário executivo da Associação Mato-grossense de Avicultura (Amav), Lindomar Rodrigues, o aumento estimado de 12% para o consumidor final é consequencia da greve dos caminhoneiros.

Segundo ele, as empresas fizeram um estoque dos produtos nas granjas e frigoríficos para manter o preço até esse período.

No entanto, a situação ainda precisa ser normalizada, o que deve ocorrer a partir da segunda quinzena de setembro, quandos os preços voltarão aos patamares atuais. "Tivemos de fazer manobras nos aviários para que a mortalidade fosse o menor possível, mas em compensação a produção diminuiu sistematicamente".

Atualmente, o preço do quilo da coxa e sobrecoxa de frango custa em média R$ 10. A asinha de frango pode ser encontrada ao preço médio de R$ 12 nos estabelecimentos de Cuiabá.

Dados
O abate de frangos no País diminuiu 8,3% no segundo trimestre deste ano na comparação com os três primeiros meses.

A pesquisa trimestral do Abate de Animais divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que o país deixou de abater 123 milhões de cabeças de frango na passagem do primeiro para o segundo trimestre do ano.

De janeiro a março, 1,47 bilhão de cabeças de frango foram abatidas, enquanto no trimestre, foi de 1,35 bilhão. Na comparação com o segundo trimestre deste ano com igual período do ano passado a queda foi de 5,4%, ou de 45 milhões de cabeças de frango.

Mato Grosso abateu 202 milhões de frangos em 2017. Neste ano, dados mais atualizados do IBGE mostram que o Estado ja abateu 58,7 milhões de animais (primeiro trimestre do ano).





Por: Vivian Lessa, TV Centro América

Outras notícias

Comentários