Banner Outras
Notícias recentes
MT tem sete mortes confirmadas por H1N1 em 218, diz boletim da Saúde

MT tem sete mortes confirmadas por H1N1 em 218, diz boletim da Saúde

access_time21/05/2018 08:12

Mato Grosso já registra sete mortes por gripe influenza apenas este ano, segundo boletim epidemiológ

Fiscalização em embarga quase 11 mil hectares por desmatamento ilegal

Fiscalização em embarga quase 11 mil hectares por desmatamento ilegal

access_time01/09/2019 11:06

Uma força tarefa embargou em Mato Grosso, na última semana, 10.864 hectares por desmatamento ilegal

G7 acorda sobre ajuda à Amazônia

G7 acorda sobre ajuda à Amazônia "o mais rápido possível"

access_time26/08/2019 07:10

Chefes de Estado e governo do G7 que participam de sua 45ª conferência de cúpula acordaram sobre o e

Preço médio da gasolina e do diesel sobe nas bombas, diz ANP

Preço médio da gasolina e do diesel sobe nas bombas, diz ANP

Na semana, Petrobras aumentou gasolina para valor recorde nas refinarias e reajustou o diesel em 13%; valor do etanol para o consumidor também subiu, depois de 11 semanas seguidas de queda

access_time01/09/2018 08:11

Os preços da gasolina e do diesel para o consumidor final subiram nesta semana, e o do etanol voltou a avançar depois de 11 semanas seguidas de queda. É o que apontam dados divulgados nesta sexta-feira (31) pela Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP).

Segundo a ANP, o preço médio da gasolina nas bombas terminou a semana em R$ 4,446, o que representa um aumento de 0,38% na comparação com os sete dias anteriores. Foi a primeira alta depois de 5 quedas seguidas.

O valor representa uma média calculada pela ANP e, portanto, pode variar de acordo com a região. No ano, o preço médio da gasolina já acumula alta de 8,5% - bem acima da inflação de 4,17% esperada para 2018.

Na mesma semana, a Petrobras aumentou o preço da gasolina das refinarias em R$ 0,12, o que equivale a mais de 5%, aproximadamente. O repasse ou não para o consumidor final depende dos postos.

O preço da gasolina nas refinarias bateu a marca de R$ 2,1704 por litro, um novo recorde. O aumento segue a política de preços da Petrobras, que reajusta os valores nas refinarias quase diariamente com o objetivo de acompanhar as cotações internacionais. A variação é influenciada pela variação cambial e pelos preços do petróleo.

Diesel
O diesel terminou a semana em alta de 0,05%, vendido a R$ 3,373 por litro, em média. Da mesma forma que a gasolina, o valor representa uma média calculada pela ANP, e pode variar de acordo com a região pesquisada. No ano, o preço do diesel acumula alta de 1,4%.

Nesta semana, terminou o prazo de congelamento do preço do diesel nas refinarias acertado pela Petrobras em acordo para terminar a greve dos caminhoneiros em maio. Com isso, o valor do combustível nas refinarias sofreu uma alta de 13% nesta sexta, para R$ 2,2964 por litro.

Os novos preços entram em vigor já nesta sexta-feira e devem acabar impactando no valor pago pelos consumidores nas bombas. O repasse do reajuste para o preço final, entretanto, vai depender dos postos.

O preço do diesel foi alvo de protestos que culminaram na greve de 21 dias feita pelos caminhoneiros em maio. Desde a véspera dos protestos, o valor médio do diesel calculado pela ANP caiu 6%, ou cerca de R$ 0,22. O valor previsto pelo acordo entre o governo e os caminhoneiros para encerrar a paralisação foi de recuo de R$ 0,46.

Alta do etanol
O preço médio do etanol nas bombas medido pela ANP subiu depois de 11 semanas em queda. O valor passou para R$ 2,626, o que representa uma alta de 0,2% sobre a semana anterior.

Da mesma forma que ocorre com a gasolina e o diesel, o valor representa uma média calculada pela ANP e pode variar de acordo com o lugar pesquisado. Apesar da alta desta semana, no ano o valor do etanol nas bombas acumula queda de 9,8%.

A ANP também monitora os preços do gás de cozinha, que nesta semana subiram 0,3%, para R$ 68,39 em média. No ano, o valor acumula alta de 1,45%.





Por: G1

Outras notícias

Comentários