anuncie aqui vermelho
Notícias recentes
Informação de vizinho não autoriza invasão de domicílio sem mandado, diz STJ

Informação de vizinho não autoriza invasão de domicílio sem mandado, diz STJ

access_time27/01/2021 05:58

A existência de denúncia anônima de crimes praticados em uma residência e a posterior confirmação fe

Trump recebe mulher de Guaidó e pede que russos deixem a Venezuela

Trump recebe mulher de Guaidó e pede que russos deixem a Venezuela

access_time28/03/2019 11:17

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebeu, na Casa Branca, Fabiana Rosales, mulher de J

Nove hospitais públicos não têm mais vagas em leitos de UTI para pacientes com Covid-19 em MT

Nove hospitais públicos não têm mais vagas em leitos de UTI para pacientes com Covid-19 em MT

access_time26/05/2021 10:58

Nove hospitais públicos de Mato Grosso que atendem pacientes com Covid-19 estão com a taxa de ocupaç

Presidente da ALMT diz que está realizando estudo para identificar supersalários de servidores
O presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho (DEM) — Foto: Marcos Lopes da Silva/ALMT

Presidente da ALMT diz que está realizando estudo para identificar supersalários de servidores

O primeiro-secretário, deputado Maxi Russi, é o responsável pelo levantamento qe, segundo Botelho, vai combater abusos praticados na Assembleia Legislativa.

access_time07/06/2019 09:21

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), afirmou que um estudo está sendo elaborado para analisar a situação salarial de cada servidor do Legislativo.

O primeiro-secretário, deputado Maxi Russi, é o responsável pelo levantamento que, segundo Botelho, vai combater abusos praticados na Assembleia Legislativa.

“Houve alguns disparates aqui, alguns abusos. Tem gente aqui que entrou há três anos com salário de R$ 8 mil e já conseguiu aumentar em mais de 50%. Em lugar nenhum existe isso. Estamos revendo isso para colocarmos algo que seja justo para os servidores”, explicou Botelho.

Conforme o presidente, a média salarial dos servidores da Assembleia Legislativa é de R$ 12 mil para uma carga horário de 6h ao dia.

“Os servidores estão muito bem remunerados. Vamos fazer um estudo que seja real e mais justo. Que dê possibilidade do servidor ter a progressão, mas que isso leve tempo de carreira. Não pode um servidor com cinco anos de trabalho ter chegado ao fim da carreira”, destacou Botelho.





Por: Marina Martins, TV Centro América

Outras notícias

Comentários