Camara Peixoto
Notícias recentes
Jovem de 21 anos que estava desaparecida é encontrada morta com marcas de tiro em MT

Jovem de 21 anos que estava desaparecida é encontrada morta com marcas de tiro em MT

access_time23/04/2022 10:54

Ellen Nascimento da Silva, de 21 anos, que estava desaparecida desde a noite do dia 19 deste mês, fo

Linhas pré-pagas de 17 estados devem ser recadastradas até dia 18

Linhas pré-pagas de 17 estados devem ser recadastradas até dia 18

access_time05/11/2019 08:48

As pessoas com linha telefônica pré-paga em 17 estados têm até o dia 18 de novembro para fazerem um

Terça-feira (23): Mato Grosso registra 244.610 casos e 5.694 óbitos

Terça-feira (23): Mato Grosso registra 244.610 casos e 5.694 óbitos

access_time24/02/2021 09:22

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (23.02), 244.610 c

Presidente do Indea de MT está entre as 100 mulheres mais influentes do agronegócio do país

Presidente do Indea de MT está entre as 100 mulheres mais influentes do agronegócio do país

Emanuele de Almeida, que é advogada, assumiu a presidência do Indea em janeiro deste ano

access_time18/10/2021 06:43

A presidente do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea), Emanuele de Almeida, é destaque da Lista Forbes dessa semana, em homenagem ao Dia da Mulher Rural, comemorado em 15 de outubro. Emanuele está entre as 100 mulheres brasileiras apontadas pela publicação como as "Mais Poderosas do Agro".

Ela, que é advogada, assumiu a presidência do Indea em janeiro deste ano. O órgão é responsável pelo controle sanitário e por monitorar o maior rebanho bovino brasileiro, com 30,9 milhões de animais.

"Na lista, a Forbes procurou selecionar representantes do movimento de mudança no campo. São mulheres que se destacam em diferentes setores do agronegócio: elas estão presentes na produção de alimentos de origem vegetal e animal, na academia, na pesquisa, nas empresas, em foodtechs, em consultorias, em instituições financeiras, na política, nas entidades e nos grupos de classe e, mais do que nunca, nas redes sociais", destacou a publicação.

Emanuele está há sete anos no órgão e promete um movimento de desburocratização e descentralização, em busca de maior celeridade às demandas dos produtores mato-grossenses.

Confira a íntegra da reportagem.





Por:

Outras notícias

Comentários