Spigreen
Notícias recentes
Comunicado final do G7 tem acordo para redução de tarifas no comércio mundial

Comunicado final do G7 tem acordo para redução de tarifas no comércio mundial

access_time09/06/2018 18:11

Os países do G7 chegaram a um acordo neste sábado (9) sobre o comunicado final da cúpula, que fala s

"Estamos fazendo o dever de casa", diz Bolsonaro sobre Previdência

access_time02/10/2019 09:28

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (2) que a aprovação da reforma da Previdência é uma maneira d

Advogado é assassinado a tiros em escritório em Juara

Advogado é assassinado a tiros em escritório em Juara

access_time17/03/2020 11:58

Um advogado foi assassinado a tiros na manhã desta terça-feira (17) na cidade de Juara. Segundo a Po

Preso é suspeito de oferecer R$ 20 mil a agente penitenciário para conseguir celular
Detento foi denunciado por tentar subornar agente — Foto: TVCA/Reprodução

Preso é suspeito de oferecer R$ 20 mil a agente penitenciário para conseguir celular

Valcley dos Santos e Silva cumpre pena por assaltos. Ele teria oferecido R$ 20 mil a um agente para que o servidor facilitasse a entrada do aparelho e um carregador

access_time02/09/2019 10:09

Um detento da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, é suspeito de tentar subornar um agente penitenciário para ter acesso a um celular dentro da unidade. Um boletim de ocorrências foi registrado para denunciar o caso.

A PCE tem capacidade para pouco mais de 800 presos e abriga cerca de 2,1 mil presidiários.

Valcley dos Santos e Silva cumpre pena por assaltos. Ele teria oferecido R$ 20 mil a um agente para que o servidor facilitasse a entrada do aparelho e um carregador.

O caso vai ser investigado pela Polícia Civil.

Desde o dia 13 de agosto, a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT) vem realizando uma operação pente-fino na penitenciária.

Um caderno encontrado em uma das celas nesta semana, aponta para ações criminosas praticadas de dentro da penitenciária. Os registros indicam uma suposta contabilidade de um grupo que estaria aplicando golpes.

O caderno tem também anotações com o número de contas bancárias e nome de supostas vítimas.





Por: Eunice Ramos, TV Centro América

Outras notícias

Comentários