Spigreen
Notícias recentes
Servidores penitenciários de MT fazem paralisação de 48 horas por falta de efetivo e superlotação

Servidores penitenciários de MT fazem paralisação de 48 horas por falta de efetivo e superlotação

access_time11/07/2018 10:09

Os servidores do sistema penitenciário de Mato Grosso fazem uma paralisação de 48 horas a partir des

Operação tenta prender quadrilha de MT e SP que importava droga da Bolívia em aviões para o Brasil

Operação tenta prender quadrilha de MT e SP que importava droga da Bolívia em aviões para o Brasil

access_time31/10/2018 08:22

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (31) a Operação Carcará, que investiga a atuação de u

Escola Vida Esperança conquista o título geral do X JEUN

Escola Vida Esperança conquista o título geral do X JEUN

access_time02/10/2018 09:29

Foram seis dias de competição nas modalidades de futsal, vôlei de areia, xadrez, tênis de mesa, bici

Preso morre mais de 10 dias depois de ser espancado em penitenciária em Cuiabá
Preso estava no Pronto Socorro de Cuiabá — Foto: Luiz Alves/Secom-Cuiabá

Preso morre mais de 10 dias depois de ser espancado em penitenciária em Cuiabá

A secretaria disse que a causa da morte ainda não foi identificada. Paulo Ricardo cumpria pena por furto, roubo qualificado, ameaça e tráfico de drogas

access_time02/04/2019 09:52

Um preso morreu no último domingo (31) depois de ficar internado por mais de 10 dias no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), Paulo Ricardo Tavares de Almeida, de 29 anos, foi agredido na cela do raio 4 da Penitenciária Central do Estado (PCE), no dia 21 de março.

De acordo com a Sesp, ele foi socorrido pela equipe de saúde da unidade prisional e depois atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que o encaminhou ao Pronto-Socorro.

A secretaria disse que a causa da morte ainda não foi identificada. Paulo Ricardo cumpria pena por furto, roubo qualificado, ameaça e tráfico de drogas.

O caso deve ser investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários