ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Anvisa pede para investigar novas ameaças sofridas por seus diretores

Anvisa pede para investigar novas ameaças sofridas por seus diretores

access_time20/12/2021 12:12

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pediu à Polícia Federal (PF) e a outros órgãos a

Maior produtor mundial de vacinas pede paciência a países

Maior produtor mundial de vacinas pede paciência a países

access_time22/02/2021 09:35

O Serum Institute of India (STI), o maior fabricante mundial de vacinas, pediu aos países que aguard

Aliança com a Renault 'não está em perigo', diz presidente da Nissan

Aliança com a Renault 'não está em perigo', diz presidente da Nissan

access_time07/01/2019 07:39

A aliança industrial entre a Renault e a Nissan não está em perigo - garantiu o presidente do fabric

PRF apreende durante operação no Nortão cargas de madeiras que saíram do Pará

PRF apreende durante operação no Nortão cargas de madeiras que saíram do Pará

access_time11/02/2020 10:12

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu, terça-feira (11) de madrugada, durante as ações da operação, Lábaro duas cargas de madeira, na região do município de Nova Santa Helena (124 quilômetros de Sinop). Um dos agentes da PRF confirmou que as cargas têm origem do estado do Pará.

Em um dos veículos havia aproximadamente 18 m³ de madeira serrada que tinha como destino a cidade de Presidente Prudente (SP). Já o outro veículo, que transportava aproximadamente 28 m³ de madeira serrada seria destinada para Itumbiara (GO).

O policial federal explicou que durante a fiscalização o condutor do primeiro veículo apresentou Documento de Origem Florestal com indícios de falsificação. Diante disso, o caminhão e a carga foram apreendidos. Já o outro caminhoneiro apresentou o mesmo tipo de documento, mas inválido por ter expirado a validade da licença desde o dia 27 do mês passado.

Ambos os veículos com as cargas de madeiras foram encaminhados à delegacia de Polícia Federal em Sinop para as providências necessárias.





Por: Só Notícias/Cleber Romero (foto: assessoria)

Outras notícias

Comentários