Spigreen
Notícias recentes
Empresário que vendeu respiradores falsos à Prefeitura de Rondonópolis tem veículos apreendidos

Empresário que vendeu respiradores falsos à Prefeitura de Rondonópolis tem veículos apreendidos

access_time06/05/2020 08:56

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) cumpriu nesta terça-feira (5) mandados de buscas

Paula Rasch é eleita Miss Peixoto 2018

Paula Rasch é eleita Miss Peixoto 2018

access_time15/05/2018 08:34

A estudante Paula Rasch, 17 anos, foi eleita a Miss Peixoto 2018 no concurso realizado na noite de s

Advogado defende afastamento do presidente da OAB e

Advogado defende afastamento do presidente da OAB e "pente fino" nos indicados ao TJ-MT

access_time29/05/2020 07:58

O advogado de Cuiabá, Eduardo Mahon – conhecido por representar clientes ricos e poderosos em proces

Quase 9 mil servidores migram para previdência complementar

Quase 9 mil servidores migram para previdência complementar

Prazo para migração terminou no domingo

access_time01/08/2018 08:21

Mais de 8,7 mil servidores migraram do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) para o Regime de Previdência Complementar (RPC) desde setembro de 2016, segundo balanço divulgado hoje (31) pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Somente na última semana foram 4.829 migrações.

O prazo para mudar de regime terminou no último domingo (29), mas os pedidos feitos através do Sistema de Gestão de Pessoas (Sigepe) foram homologados ontem. Estavam aptos à migração os servidores que entraram na administração pública federal até 4 de fevereiro de 2013 (Poder Executivo) e até 7 de maio de 2013 (Poder Legislativo).

Com a migração, os funcionários públicos empossados antes da instituição do RPC podem aderir à Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal (Funpresp) na modalidade "participante ativo normal", em vez de "participante ativo alternativo". Neste caso, entre os principais benefícios está a contrapartida: para cada R$ 1 pago pelo servidor, a União contribui com mais R$ 1.





Por: Agência Brasil

Outras notícias

Comentários