anuncie aqui
Notícias recentes
Em setembro, mais de 30 mil empregos foram gerados em MT, segundo Caged

Em setembro, mais de 30 mil empregos foram gerados em MT, segundo Caged

access_time24/10/2018 07:20

Pesquisa realizada pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) aponta que 31.394 empre

Palestinos fazem disparos; Israel contra-ataca

Palestinos fazem disparos; Israel contra-ataca

access_time29/05/2018 11:29

Militantes palestinos lançaram a partir da Faixa de Gaza cerca de 30 morteiros em direção ao sul do

Bebê morre atropelado na BR-163 após cair de cadeirinha levada pela mãe em motocicleta

Bebê morre atropelado na BR-163 após cair de cadeirinha levada pela mãe em motocicleta

access_time14/07/2018 11:58

Um bebê de 4 meses de idade morreu após ser atropelado por um veículo de carga na BR-163, em Sorriso

Receita libera hoje consulta ao segundo lote de restituição do IR 2018

Receita libera hoje consulta ao segundo lote de restituição do IR 2018

access_time09/07/2018 18:59

A consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2018 será liberada a partir das 9h de hoje (9). Esse lote também contempla restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017.

O crédito bancário para 3.360.917 contribuintes será feito no dia 16 de julho, totalizando o valor de R$ 5 bilhões. Desse total, R$ 1,625 bilhão são destinados a contribuintes com prioridade: 3.358 idosos acima de 80 anos, 49.796 entre 60 e 79 anos, 7.159 com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 1.120.771 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet , ou ligar para o Receitafone, número 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível verificar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nessa hipótese, o contribuinte pode fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza ainda aplicativos para tablets e smartphones para consulta à declaração e à situação cadastral no CPF. Com ele é possível verificar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre a liberação das restituições e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contactar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento, por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.





Por: Agência Brasil

Outras notícias

Comentários