anuncie aqui
Notícias recentes
Justiça destina aeronave apreendida com droga às forças de segurança de MT

Justiça destina aeronave apreendida com droga às forças de segurança de MT

access_time19/10/2018 17:47

Uma aeronave, apreendida em março deste ano com 350 quilos de drogas será utilizada pelo Centro Inte

Definido os cruzamentos das semifinais do Campeonato Regional de Veteranos

Definido os cruzamentos das semifinais do Campeonato Regional de Veteranos

access_time10/09/2018 09:25

O fechamento da fase de classificação do Campeonato Regional de Veteranos de Futebol de Campo teve s

Inscrições para o Enem terminam às 23h59; prova será em novembro

Inscrições para o Enem terminam às 23h59; prova será em novembro

access_time18/05/2018 07:26

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 terminam nesta sexta-feira, às 23h59

Rio de Janeiro é a primeira cidade brasileira a banir canudos plásticos
Recentemente, o McDonald's anunciou que vai substituir os canudos de plástico pelos de papel em todos os seus restaurantes do Reino Unido e Irlanda (iStock/iStock)

Rio de Janeiro é a primeira cidade brasileira a banir canudos plásticos

De acordo com a lei, os estabelecimentos devem oferecer aos consumidores versões de papel biodegradável ou reciclável

access_time07/07/2018 11:34

O Rio de Janeiro tornou-se a primeira cidade brasileira a banir o uso de canudos de plástico em quiosques, bares e restaurantes. O projeto de lei foi sancionado nesta quinta 5 pelo prefeito Marcelo Crivella.

Os estabelecimentos que descumprirem a lei estão sujeitos a multa de 3.000 reais – valor que pode chegar a 6.000 reais em caso de reincidência. De acordo com o texto, canudos de papel biodegradável ou reciclável devem ser oferecidos como alternativa.

A medida, de autoria do vereador Jorge Felippe (MDB), foi publicada no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro ontem. Ainda não há data para que a lei entre em vigor.

Recentemente, o McDonald’s anunciou que vai substituir os canudos de plástico por canudos de papel em todos os seus restaurantes do Reino Unido e Irlanda a partir de setembro. A rede utiliza 1,8 milhão de canudos por dia apenas no Reino Unido.

A guerra contra o produto começou há três anos, quando o vídeo de uma tartaruga viralizou na internet. O animal tinha um canudinho entalado nas narinas. Nos Estados Unidos, 500 milhões de canudos são usados e descartados diariamente. No Brasil, não há dados tão precisos, mas segundo o IBGE, a produção foi de 2.800 toneladas em 2015.

Apesar de ter uma vida útil de dez minutos – o tempo que se gasta para tomar um refrigerante –, o canudo de plástico demora 500 anos para se decompor na natureza.

Desde que a produção de canudinhos em larga escala teve início, nos anos 60, estima-se que vaguem por aí, como detritos, 8,3 bilhões de toneladas de objetos feitos de plástico. Além disso, a indústria do poliestireno colabora para o agravamento do aquecimento global, pela emissão de gás carbônico na atmosfera, polui ecossistemas e ameaça a sobrevivência de animais em risco de extinção, como algumas das espécies de tartarugas marinhas.





Por: Veja.com

Outras notícias

Comentários