anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Suspeito de enforcar mãe e irmão de 11 anos é preso pela Polícia Militar

Suspeito de enforcar mãe e irmão de 11 anos é preso pela Polícia Militar

access_time22/05/2024 15:25

Um jovem de 18 anos foi preso na madrugada desta terça-feira (22.05) suspeito por lesão corporal e a

"PMMT vive o melhor momento em estrutura com equipamentos de 1º mundo", afirma comandante

access_time22/09/2023 13:33

Com 188 anos de história, a Polícia Militar vive o seu melhor momento em estrutura para atender a po

Ação conjunta cumpre mandados judiciais contra investigados por tráfico em distrito de Marcelândia

Ação conjunta cumpre mandados judiciais contra investigados por tráfico em distrito de Marcelândia

access_time27/03/2024 12:01

Uma ação da Delegacia da Polícia Civil de Marcelândia, em conjunto com a Polícia Militar, nesta quar

Rússia é atacada pela Ucrânia na véspera da eleição presidencial
Fumaça preta é vista após ataque com drone contra refinaria em Ryazan, a cerca de 200 km a sudeste de Moscou — Foto: Reprodução

Rússia é atacada pela Ucrânia na véspera da eleição presidencial

Rússia é atacada pela Ucrânia na véspera da eleição presidencial

access_time14/03/2024 17:56

Um dia antes do início oficial das eleições da Rússia, a Ucrânia realizou novos ataques com drones no país e deixou ao menos dois mortos nesta quinta-feira, 14. A Guarda Nacional da Rússia (Rosgvardia) afirmou ter repelido, junto com o exército e a guarda de fronteira, um ataque de um grupo de “sabotadores” perto da localidade de Tiotkino, na região de Kursk, que faz fronteira com a Ucrânia. Na terça-feira, 12, ataques semelhantes foram realizados nessa cidade por combatentes russos pró-ucranianos, que, segundo o Kremlin, foram dizimados. Uma dessas milícias, a “Legião da Liberdade da Rússia”, instou civis a evacuar a área e prometeu “libertar as regiões russas” de Belgorod e Kursk.

Em paralelo, os ataques com drones se multiplicam a centenas de quilômetros da linha de frente. A região de Belgorod e sua capital homônima foram alvos desses ataques. Nesta quinta-feira, dois civis morreram e pelo menos 19 ficaram feridos, segundo as autoridades regionais, que anunciaram o fechamento temporário dos centros comerciais para evitar novas vítimas.





Por: Jovem Pan com informações da AFP

Outras notícias

Comentários