anuncie aqui 596-81
Notícias recentes
Zé Dirceu fala em rediscutir o papel das Forças Armadas

Zé Dirceu fala em rediscutir o papel das Forças Armadas

access_time26/01/2023 07:06

Voltou a circular nas redes sociais um vídeo em que o ex-ministro Zé Dirceu propõe “rediscutir” o pa

No retorno de Vini Júnior, Real Madrid vence Mallorca e se mantém na liderança do Espanhol

No retorno de Vini Júnior, Real Madrid vence Mallorca e se mantém na liderança do Espanhol

access_time04/01/2024 13:55

O Real Madrid conquistou uma vitória suada nesta quarta-feira, 3, em casa, diante do Mallorca, por 1

Governadora do DF critica proposta de criação da Guarda Nacional e diz que PM ‘dá conta’

Governadora do DF critica proposta de criação da Guarda Nacional e diz que PM ‘dá conta’

access_time27/01/2023 12:34

A governadora interina do Distrito Federal, Celina Leão (PP), afirmou nesta sexta-feira, 27, ser con

Rússia e Ucrânia não chegam a acordo sobre nova troca de presos em negociações na Turquia
Negociações entre Kiev e Moscou seguem na Turquia

Rússia e Ucrânia não chegam a acordo sobre nova troca de presos em negociações na Turquia

Nesta quarta-feira, 11, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan disse que apoia a ideia de abrir um corredor humanitário permanente na zona de conflito

access_time12/01/2023 13:09

Apesar das recentes negociações que ocorrem na Turquia, governos de Rússia e Ucrânia não chegaram a um acordo sobre uma nova troca de prisioneiros. A informação foi dada pela representante de Moscou à AFP nesta quinta-feira, 12. A comissária de Direitos Humanos da Rússia, Tatiana Moskalkova, manteve essas negociações em Ancara, capital turca, nesta quarta-feira, 11, com seu homólogo ucraniano, Dmytro Lubinets. A reunião foi citada pela imprensa turca, que afirmou que havia sido acordado trocar “mais de 40 prisioneiros” de cada lado. Moskalkova explicou que na verdade esses comentários se referiam a prisioneiros trocados no passado. “Alguém entendeu mal as coisas. Estávamos conversando sobre o resultado do nosso trabalho anterior. Essas trocas já aconteceram”, disse Moskalkova, que também informou que ela e Lubinets trocaram listas de soldados feridos para visar a possibilidade de uma possível troca futura. “Esses acordos são fechados entre exércitos, e trabalhamos de mãos dadas com eles”, destacou a representante russa.

Desde que a Rússia invadiu seu vizinho há 11 meses, Moscou e Kiev tiveram pouco contato direto. Neste contexto, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, tentou aproveitar suas boas relações com ambas as partes para buscar promover negociações de paz. Na quarta-feira, Erdogan disse que apoia a ideia de abrir um corredor humanitário permanente na zona de conflito. Moskalkova considerou que se trata de uma “proposta muito importante”, que deve ser discutida e acordada com o presidente russo, Vladimir Putin. “O retorno dos feridos é um tema constante de conversa, e o senhor Erdogan propôs uma nova maneira de resolver este assunto”, declarou a representante russa.





Por: Jovem Pan

Outras notícias

Comentários