Spigreen
Notícias recentes
Cármen Lúcia manda TRF4 soltar presos por condenação em 2ª instância

Cármen Lúcia manda TRF4 soltar presos por condenação em 2ª instância

access_time23/11/2019 09:06

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia determinou sexta-feira (22) que o Tribunal

Estudante mata ao menos 19 pessoas em um colégio da Crimeia com uma bomba e um fuzil

Estudante mata ao menos 19 pessoas em um colégio da Crimeia com uma bomba e um fuzil

access_time18/10/2018 12:00

Pelo menos 19 pessoas morreram e 50 ficaram feridas nesta quarta-feira por causa da explosão de uma

Sem roupa, inquilino invade casa de idosa, a ameaça e é esfaqueado em MT

Sem roupa, inquilino invade casa de idosa, a ameaça e é esfaqueado em MT

access_time10/03/2020 08:12

Um homem de 62 anos foi esfaqueado na região do peito após invadir uma casa, pelado, e ameaçar uma i

Santos tenta explicar corte de 70% do salário de jogadores
© Ivan Storti/Santos FC/Direitos Reservados

Santos tenta explicar corte de 70% do salário de jogadores

Atletas replicam nota do sindicato rebatendo versão da diretoria

access_time14/05/2020 15:15

O Santos desmentiu por nota que tenha cortado 70% dos vencimentos do elenco profissional. “Ainda não houve desfecho nas negociações de redução salarial com os atletas, e que, independentemente deste fato, optou por tomar a decisão de efetuar o pagamento parcial de seus respectivos salários referentes ao mês de abril, sob a mesma política adotada para todos os demais funcionários do clube. As negociações com os atletas seguirão em andamento, com o intuito de encontrar um denominador comum entre as partes”, diz o clube em comunicado emitido nesta quinta (14).

O time da Vila Belmiro também diz que, em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19), tem feito o possível para atender todo o quadro de funcionários, inclusive terceirizados e fornecedores da equipe: “Mesmo em estado de calamidade pública e com importantes receitas suspensas, aproximadamente 60% dos funcionários receberam seus salários integralmente”.

A explicação não convenceu os jogadores, que não escondem a insatisfação. Vários deles publicaram, nas redes sociais, a posição do Sindicato dos Atletas de Futebol do Município de São Paulo (SIAFMSP): “Embora tenham negociado um valor de desconto com a direção [30% de seus salários] justamente por compreender a triste e atípica situação, a diretoria, na figura de seu presidente, não apenas não honrou com o combinado, descontando absurdos 70% dos vencimentos”, diz a nota do sindicato, que não abrange os jogadores santistas por ser de outra cidade. “É inadmissível que os atletas passem por esta situação ou qualquer outra semelhante, seja no município de São Paulo ou em outros, no masculino ou no feminino”, reitera a publicação do SIAFSM.





Por: Rodrigo Ricardo - Repórter da Rádio Nacional

Outras notícias

Comentários