Spigreen
Notícias recentes
Forte terremoto e tsunami matam quase 400 na Indonésia

Forte terremoto e tsunami matam quase 400 na Indonésia

access_time29/09/2018 07:51

O número de mortos deixados pela série de terremotos e pelo tsunami que atingiram a ilha indonésia d

Premiê britânico deixa UTI, mas segue em observação no hospital

Premiê britânico deixa UTI, mas segue em observação no hospital

access_time10/04/2020 16:47

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, deixou a unidade de terapia intensiva do hospital onde

Após TAC, balneários têm dois anos para regulamentar uso de águas termais em MT

Após TAC, balneários têm dois anos para regulamentar uso de águas termais em MT

access_time12/07/2018 09:14

Nove balneários localizados na região Sul de Mato Grosso terão dois anos para regularizar a exploraç

Sarampo: ministério recomenda vacinação de crianças que vão viajar
Marcelo Camargo/Agência Brasil

Sarampo: ministério recomenda vacinação de crianças que vão viajar

Alerta vale para 39 cidades de São Paulo, Pará ou Rio de Janeiro

access_time07/08/2019 08:57

O Ministério da Saúde soltou nesta terça-feira (6) um comunicado alertando pais, mães e responsáveis que vão viajar com seus filhos de seis meses a menores de um ano de idade para 39 cidades dos estados de São Paulo, Pará ou Rio de Janeiro, onde há surto ativo do sarampo, para que vacinem seus filhos. A recomendação é que todas essas crianças sejam imunizadas contra a doença no período mínimo de 15 dias antes da data prevista para a viagem. Além de proteger, a medida de segurança pretende interromper a cadeia de transmissão do vírus do sarampo no país.

Segundo o Ministério, a vacina não substitui e não será considerada válida para fins do calendário nacional de vacinação da criança. Assim, além dessa dose que está sendo aplicada agora, os pais e responsáveis devem levar os filhos para tomar a vacina tríplice viral (D1) aos 12 meses de idade (1ª dose); e aos 15 meses (2ªdose) para tomar a vacina tetra viral ou a tríplice viral + varicela. A vacinação de rotina das crianças deve ser mantida independentemente do planejamento de viagens para os locais com surto ativo do sarampo ou não.

No estado de São Paulo, as cidades com registro de sarampo, segundo o Ministério da Saúde, são: São Paulo, Santos, Fernandópolis, Santo André, Guarulhos, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Mauá, Ribeirão Pires, Mairiporã, Pindamonhangaba, Sorocaba, Diadema, Indaiatuba, Osasco, Barueri, Caçapava, Caieiras, Embu, Estrela D’Oeste, Francisco Morato, Hortolândia, Itapetininga, Itaquaquecetuba, Jales, Mogi das Cruzes, Peruíbe, Praia Grande, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Taboão da Serra e Taubaté. No estado do Rio de Janeiro: Rio de Janeiro, Paraty e Nilópolis. No Pará: Monte Alegre, Santarém, Porto do Moz e Prainha.

O Ministério da Saúde registrou, entre os dias 05 de maio e 03 de agosto deste ano, 907 casos confirmados de sarampo no Brasil, em três estados: São Paulo (901 casos), Rio de Janeiro (5) e Bahia (1).





Por: Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil

Outras notícias

Comentários