Camara Peixoto
Notícias recentes
Deslizamento de pedras atinge embarcações com turistas em Capitólio, MG; há registro de morte

Deslizamento de pedras atinge embarcações com turistas em Capitólio, MG; há registro de morte

access_time08/01/2022 14:56

Um deslizamento de pedras no Lago de Furnas, em Capitólio, no Centro-Oeste de Minas, atingiu três em

Governo da Tailândia quer controlar gravações de filmes sobre os meninos resgatados em caverna

Governo da Tailândia quer controlar gravações de filmes sobre os meninos resgatados em caverna

access_time20/07/2018 16:34

Tailândia quer controlar como os filmes vão retratar os 12 meninos e o técnico do "Javalis Selvagens

Facebook terá centro de operações para acompanhar eleições no Brasil

Facebook terá centro de operações para acompanhar eleições no Brasil

access_time12/05/2022 13:02

A Meta, empresa que gerencia o Facebook, Instagram e WhatsApp, informou que vai montar um centro de

Sefaz lembra empresas sobre uso obrigatório do sistema Domicílio Tributário Eletrônico

Sefaz lembra empresas sobre uso obrigatório do sistema Domicílio Tributário Eletrônico

Sistema foi desenvolvido para facilitar comunicação entre o Fisco Estadual e o contribuinte

access_time16/09/2021 06:46

A Secretaria de Fazenda (Sefaz) volta a lembrar que todas as empresas inscritas no Cadastro de Contribuintes do Estado (CCE) são obrigadas a utilizar o Domicílio Tributário Eletrônico (DT-e) e manter o cadastro atualizado. O sistema foi desenvolvido para facilitar a comunicação entre o Fisco Estadual e o contribuinte, isso porque reúne e armazena as comunicações eletrônicas enviadas pela secretaria.

A comunicação feita em formato digital confere mais agilidade e segurança jurídica ao processo administrativo fiscal, além de garantir o sigilo fiscal.

O acesso ao DT-e deve ser feito pelo contribuinte ou seu contabilista e/ou seu procurador, desde que nomeado por meio de procuração, mediante certificação digital. É importante ressaltar que o primeiro acesso só pode ser efetuado pelo certificado digital do titular da Inscrição Estadual. Se for pessoa jurídica deve ser utilizado o e-cnpj e nos casos de produtor rural pessoa física, deve ser utilizado o e-cpf.

É por meio do Domicílio Tributário Eletrônico que a Sefaz encaminha atos administrativos, notificações e intimações, além de avisos em geral. Portanto, o acesso diário ao sistema garante a ciência das comunicações encaminhadas e possibilita que os contribuintes não percam os prazos processuais, evitando, em alguns casos, que a inscrição estadual seja suspensa.

Todas mensagens eletrônicas enviadas por meio do DT-e são armazenadas por estabelecimento e podem ser consultadas a qualquer tempo. O prazo de ciência delas é de 10 dias, contados a partir do seu recebimento no sistema, independente da visualização do seu conteúdo.

Estão isentos da obrigatoriedade do uso da ferramenta os Micro Empreendedor Individual (MEI), produtor rural (pessoa física) e contribuintes seja pessoa física ou jurídica sem inscrição estadual. Porém, a adesão ao DT-e é voluntária a qualquer momento.

A Secretaria de Fazenda (Sefaz) disponibiliza em seu site, no bannner do DT-e, todas as instruções acerca do sistema além de perguntas frequentes e consulta pública das empresas credenciadas de oficio ao DT-e.





Por: Claryssa Amorim | Sefaz-MT

Outras notícias

Comentários