ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Prefeito de Peixoto declara situação de emergência devido aos estragos em pontes e estradas

Prefeito de Peixoto declara situação de emergência devido aos estragos em pontes e estradas

access_time16/01/2023 11:41

A prefeitura de Peixoto de Azevedo decretou, esta manhã, situação de emergência a partir de hoje nas

Americano com morte cerebral declarada 'vive' há mais de um mês com o rim de um porco

Americano com morte cerebral declarada 'vive' há mais de um mês com o rim de um porco

access_time16/08/2023 16:21

Um americano de 57 anos, vítima de um câncer e com morte cerebral declarada, tem suas funções vitais

MT tem 22 municípios na lista dos que mais desmataram a Amazônia em 2023

MT tem 22 municípios na lista dos que mais desmataram a Amazônia em 2023

access_time13/11/2023 06:35

Vinte e dois municípios de Mato Grosso passaram a integrar a lista dos locais prioritários para açõe

Seis bandidos que invadiram Confresa morreram em confronto com a polícia
Seis bandidos que invadiram Confresa morreram em confronto com a polícia

Seis bandidos que invadiram Confresa morreram em confronto com a polícia

Com o bando, foram apreendidos fuzis capazes de derrubar helicópteros; buscas continuam

access_time22/04/2023 08:40

Após quase duas semanas de buscas, seis bandidos do grupo que invadiu Confresa (1.160 km de Cuiabá) no último dia 9 de abril, morreram em confronto com as Forças de Segurança, em Tocantins. Um foi preso. Com o bando, foram apreendidos fuzis capazes de derrubar helicópteros.

Os primeiros confrontos que deixaram mortos aconteceram nos dias 11 e 12. Os dois bandidos mortos foram identificados como D.R.F., 46 anos e Raul Yuri de Jesus Rodrigues, 29 anos. Os dois são moradores de São Paulo. Todas as apurações levam a crer que eram membros do Primeiro Comando da Capital (PCC).

As trocas de tiros foram registradas na região conhecida como “Canguçu”, em Pium, na divisa entre Tocantins e Mato Grosso.

Com eles, foi encontrado um vasto material bélico: dois fuzis ponto 50, munições, capacete balístico e colete à prova de balas. Também foi localizado um motor de popa e galões de gasolina.

Além deles, Paulo Sérgio Alberto de Lima, 49 anos, foi preso. Ele também fazia parte do bando que aterrorizou a cidade mato-grossense. O bandido foi pego enquanto fazia um funcionário de uma fazenda da região como refém.

Paulo é morador de Araçatuba e confessou ser membro do Primeiro Comando da Capital, o PCC.

O outro confronto, mais recente, resultou na morte de quatro criminosos e aconteceu na última terça-feira (18), também em Pium.

Com o bando, foi apreendido mais material bélico, como: quatro fuzis foram apreendidos com os bandidos, sendo um HK 47, um FAL 762 e dois 556. Todas as armas têm amplo poder destrutivo e são capazes até mesmo de derrubar helicópteros e balear carros blindados.

Buscas continuam
De acordo com o secretário de Segurança Pública de Mato Grosso, coronel César Roveri, cerca de 350 policiais dos estados de Mato Grosso, Tocantins, Goiás, Pará e Minas Gerais estão no cerco desde o dia 10 de abril.

“As informações que temos é de que eles estão encurralados naquela localidade. Todas as nossas forças de segurança estão empenhadas na busca e captura desses criminosos, com apoio das polícias dos demais estados. A informação que temos de Tocantins é que os pontos de bloqueio estão fortalecidos por terra, água e ar, para garantir a prisão do bando”, explicou o secretário.

Cerca de 130 policiais do Bope, GOE, GCCO e Ciopaer de Mato Grosso compõem a operação.





Por: JOÃO AGUIAR DO REPÓRTER MT

Outras notícias

Comentários