ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
OAB cobra do Tribunal de Justiça abertura e reativação de varas em Peixoto e Guarantã do Norte

OAB cobra do Tribunal de Justiça abertura e reativação de varas em Peixoto e Guarantã do Norte

access_time15/05/2018 08:21

O presidente da 14ª subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcus Augusto Giraldi Macedo (foto)

Polícia Civil lança nova versão de Sistema GEIA integrado ao Ministério Público e à Politec

Polícia Civil lança nova versão de Sistema GEIA integrado ao Ministério Público e à Politec

access_time23/06/2022 09:02

A nova versão do Sistema Geia, desenvolvido pela Coordenadoria de Tecnologia da Informação (COTI) da

Risco de morte por febre amarela pode ser identificado mais cedo

Risco de morte por febre amarela pode ser identificado mais cedo

access_time29/07/2019 08:30

Pesquisa desenvolvida pela Universidade de São Paulo (USP) e Instituto Emílio Ribas identificou quat

Sete criminosos são presos na fronteira ao alugarem carros e tentar levá-los para a Bolívia
Carros que seriam levados para a Bolívia — Foto: Sesp/Assessoria

Sete criminosos são presos na fronteira ao alugarem carros e tentar levá-los para a Bolívia

De acordo com o Gefron, foram recuperados uma S-10 cinza, uma Duster cinza e uma Saveiro de cor amarela que foram locadas, mas que os condutores não devolveram

access_time04/05/2020 10:42

Sete pessoas foram presas pelo Grupo Especial de Fronteira (Gefron) depois que alugaram três veículos e tentaram levar os automóveis para a Bolívia. A situação ocorreu no sábado (2) e foi divulgada no domingo (3).

De acordo com o Gefron, foram recuperados uma S-10 cinza, uma Duster cinza e uma Saveiro de cor amarela que foram locadas, mas que os condutores não devolveram.

Os homens levariam os carros para a Bolívia. Os três veículos estão avaliados em cerca de R$ 184 mil.

Durante patrulhamento na MT-388, no sábado, por volta de meio-dia, policiais do Gefron pararam o veículo Duster.

Após checagem, descobriram que se tratava de veículo locado. O carro estava com apropriação indébita.

O motorista disse aos policiais que levaria o carro para a Bolívia e que ganharia R$ 2 mil para entregar o carro para seis pessoas que o estavam esperando naquele país.

A equipe do Gefron foi até o local onde seria o ponto de encontro e antes disso, avistou uma caminhonete atolada próximo à fronteira, junto a S-10, estava uma Saveiro.

Os suspeitos que estavam no local para retirar a S-10 do atoleiro eram os mesmos que iriam receber a Duster na Bolívia. Os policiais deram ordem de parada aos indivíduos que tentaram fugir, mas não conseguiram.

O Gefron chegou que a S-10 também estava com a locação atrasada e a Saveiro estava no apoio dos demais. Diante dos fatos e considerando a forma e o local do ocorrido, todos foram encaminhados para a delegacia de Fronteira (Defron) para providências que o caso requer.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários