ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Zé Dirceu fala em rediscutir o papel das Forças Armadas

Zé Dirceu fala em rediscutir o papel das Forças Armadas

access_time26/01/2023 07:06

Voltou a circular nas redes sociais um vídeo em que o ex-ministro Zé Dirceu propõe “rediscutir” o pa

PM realiza aula inaugural do curso de formação de 560 alunos soldados e oficiais

PM realiza aula inaugural do curso de formação de 560 alunos soldados e oficiais

access_time11/07/2023 11:15

A Polícia Militar de Mato Grosso realizou, na tarde desta segunda-feira (10.07), a aula inaugural do

Escola de samba faz apologia do comunismo

Escola de samba faz apologia do comunismo

access_time20/02/2023 09:30

Durante um desfile de Carnaval em Florianópolis, a escola de samba Protegidos da Princesa fez apolog

STF forma maioria para ampliar foro privilegiado mesmo após término de mandato
Foto: STF

STF forma maioria para ampliar foro privilegiado mesmo após término de mandato

Proposta de manter o foro privilegiado para crimes funcionais mesmo após o término do mandato foi apresentada pelo ministro Gilmar Mendes, relator do caso em questão

access_time12/04/2024 08:42

Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria de votos para ampliar o foro privilegiado nesta sexta-feira (12), permitindo que autoridades como deputados, senadores, ministros e outras figuras públicas sejam investigadas pela Corte mesmo após deixarem seus cargos. O julgamento foi interrompido devido a um pedido de vista do ministro André Mendonça. O ministro Luís Roberto Barroso havia pedido vista e suspendido o julgamento no final de março, quando o placar estava em cinco votos favoráveis. Após a retomada, na madrugada desta sexta (10), o parecer do ministro resultou em seis votos a favor da ampliação do foro privilegiado, com ministros como Flávio Dino, Cristiano Zanin e Dias Toffoli se posicionando a favor. A proposta de manter o foro privilegiado para crimes funcionais mesmo após o término do mandato foi apresentada pelo ministro Gilmar Mendes, relator do caso em questão. A discussão sobre a restrição do foro privilegiado teve início em 2018 e agora ganha novos contornos com a possibilidade de ampliação.

O julgamento em questão tem como pano de fundo um habeas corpus do senador Zequinha Marinho, acusado de operar um esquema de “rachadinha” quando era deputado federal. A defesa do senador argumenta que o processo deveria tramitar no STF devido ao foro privilegiado que ele detém. A mudança na prerrogativa de foro pode impactar casos como o do ex-presidente Jair Bolsonaro, que perdeu o direito ao foro privilegiado após deixar o cargo em 2022. Com a possibilidade de processos serem julgados no STF e investigações questionadas, o debate sobre o foro privilegiado continua em destaque no cenário jurídico brasileiro.

*Reportagem produzida com auxílio de IA





Por: Heverton Nascimento da Jovem Pan

Outras notícias

Comentários