anuncie aqui vermelho
Notícias recentes
Mais de duas toneladas de drogas são retiradas de circulação em Mato Grosso

Mais de duas toneladas de drogas são retiradas de circulação em Mato Grosso

access_time26/06/2021 10:34

O uso de drogas ilícitas é considerado porta de entrada para outras práticas criminosas, e envolve,

Atlético-GO supera Flamengo, que continua sem pontuar no Brasileiro

Atlético-GO supera Flamengo, que continua sem pontuar no Brasileiro

access_time13/08/2020 09:00

O Flamengo continua sem pontuar na atual edição do Campeonato Brasileiro. Após derrota por 1 a 0 par

Ex-treinador da seleção brasileira de ginástica é banido do esporte

Ex-treinador da seleção brasileira de ginástica é banido do esporte

access_time01/04/2019 18:24

O ex-treinador da seleção brasileira masculina de ginástica artística Fernando de Carvalho Lopes foi

Três caçadores são presos suspeitos de matar onça-pintada no Pantanal de MT
Cabeça de onça-pintada foi encontrada pendurada em árvore — Foto: Divulgação

Três caçadores são presos suspeitos de matar onça-pintada no Pantanal de MT

Cabeça do animal foi encontrada pendurado em uma árvore. Exames apontaram que a onça estava com uma bala alojada no crânio

access_time04/11/2020 16:18

Três caçadores foram presos suspeitos de matar uma onça-pintada no Pantanal, em Poconé, a 103 km de Cuiabá. A operação integrada foi realizada no último domingo (1°) por uma equipe do Posto de Atendimento Emergencial a Animais Silvestres do Pantanal.

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) informou que a cabeça do animal foi encontrada pendurada em uma árvore por uma equipe de agentes da secretaria e do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) que monitorava o bem-estar da fauna na região entre o Pixaim e o Porto Jofre, em Poconé.

O corpo do animal foi encaminhado para exames. Os resultados das radiografias do crânio da onça mostraram a presença de bala estilhaçada, evidenciando o crime de caça, segundo a Sema.

As equipes lamentaram que mesmo diante da tragédia vivida no Pantanal, por causa dos incêndios florestais, outros crimes ambientais estejam sendo cometidos pelos infratores.

As motivações e extensão dos crimes estão sendo investigadas pelo Ibama e pela Polícia Civil.

Segundo a Sema, as equipes seguem monitorando toda a área para garantir o bem-estar da fauna local.

O Posto de Atendimento no Pantanal está em atividade desde o dia 30 de agosto e é um dos instrumentos de resposta aos incêndios florestais e compõe as ações do Centro Integrado Multiagências (Ciman).

A força-tarefa para atendimento aos animais reúne esforços de órgãos do Governo de Mato Grosso, Governo Federal, entidades de classe, terceiro setor e instituições privadas e já distribuiu até o momento mais de 7 milhões de litros de água e 68 toneladas de alimentos em mais de 16 mil pontos estratégicos.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários