Spigreen
Notícias recentes
População em Mato Grosso aumenta e passa de 3,5 milhões; Peixoto de Azevedo registra mais de 35 mil

População em Mato Grosso aumenta e passa de 3,5 milhões; Peixoto de Azevedo registra mais de 35 mil

access_time28/08/2020 08:41

A população de Mato Grosso cresceu 1,2% no último ano. O resultado consta na nova estimativa populac

Governador do Amazonas, Wilson Lima, é alvo de operação da PF

Governador do Amazonas, Wilson Lima, é alvo de operação da PF

access_time30/06/2020 08:13

Uma operação do Ministério Público Federal (MPF) e da Polícia Federal cumpre na manhã desta terça-fe

Taques nega isolamento e se diz

Taques nega isolamento e se diz "preparado para tudo que vier"

access_time23/06/2018 19:16

O governador Pedro Taques (PSDB) rebateu críticas de adversários políticos e disse, em discurso na m

Uefa ameaça punir clubes europeus em caso de criação de um novo torneio continental em substituição à Liga dos Campeões
Redação do ge

Uefa ameaça punir clubes europeus em caso de criação de um novo torneio continental em substituição à Liga dos Campeões

Grupo liderado por Juventus, Manchester United, Liverpool e Real Madrid pretendem anunciar ainda neste domingo detalhes da nova liga, segundo reportagem do jornal "The New York Times"

access_time18/04/2021 14:05

A Uefa ameaçou neste domingo punir os grandes clubes Europeus, caso seja confirmado a criação de uma nova liga continental sem aval da entidade. A nova competição já teria o apoio de pelo menos 12 grandes times da Inglaterra, Espanha e Itália. A informação foi publicada neste domingo pelo jornal "The New York Times" e deveria ser confirmada neste noite pelos times ingleses.

Na nota, a Uefa diz ter o apoio das federações e ligas da Inglaterra, Espanha, Itália, além da Fifa, para barrar a iniciativa dos clubes. A Uefa diz que "o projeto se baseia no interesse de alguns clubes em um momento em que a sociedade precisa mais do que nunca da solidariedade". Os clubes da Alemanha e da França são contra a iniciativa da superliga.

Segundo a reportagem do jornal norte americano, pelo menos 12 times se inscreveram como membros fundadores ou manifestaram interesse em ingressar no grupo separatista, incluindo seis times da Premier League da Inglaterra, três da Espanha e três da Itália. Até agora, nenhum clube se pronunciou oficialmente.

O anúncio da criação de uma nova competição organizada pelos grandes clubes da Europa é um duro golpe na Uefa, que pretendia anunciar nesta segunda novidades na próxima edição da Liga dos Campeões. Segundo a reportagem do jornal americano, o novo torneio contaria com 16 clubes permanentes, semelhantes ao modelo de franquia das grandes ligas dos Estados Unidos. Outros quatro times se classificariam numa eliminatória. Pelo modelo apresentado, os clubes seriam divididos em dois grupos de 10, com os quatro melhores times de cada grupo se classificando para a fase de mata-mata, culminando em uma final que aconteceria em um fim de semana.

A Uefa não descarta entrar na Justiça contra os clubes rebeldes. "O futebol é baseado em competições abertas e mérito esportivo; não pode ser de outra maneira", diz a nota da entidade que comanda o futebol na Europa. A Uefa ameaçou também punir os atletas dos clubes de não participarem de competições internacionais.





Por: Redação do ge (foto: EFE)

Outras notícias

Comentários