Spigreen
Notícias recentes
Bolsonaro poderá indicar até 50 integrantes para equipe de transição de governo

Bolsonaro poderá indicar até 50 integrantes para equipe de transição de governo

access_time29/10/2018 07:49

Eleito neste domingo (28) presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) poderá indicar até 50 pessoa

PF deflagra ação para desarticular organização internacional de drogas

PF deflagra ação para desarticular organização internacional de drogas

access_time21/02/2019 08:42

A Polícia Federal deflagrou hoje (21) a Operação Flak para desarticular uma organização criminosa es

Lei que dá prioridade a órfãos em programas habitacionais é sancionada em MT

Lei que dá prioridade a órfãos em programas habitacionais é sancionada em MT

access_time08/11/2019 10:55

Uma lei que dá prioridade aos órfãos em programas habitacionais foi sancionada pelo Governo de Mato

União Europeia anuncia sanções contra a vice-presidente da Venezuela
Delcy Rodríguez, vice-presidente venezuelana, em imagem de arquivo (Foto: AP Photo/Ariana Cubillos)

União Europeia anuncia sanções contra a vice-presidente da Venezuela

Sanções são aplicadas em protesto à reeleição do presidente Nicolás Maduro, em maio

access_time25/06/2018 09:38

União Europeia anunciou nesta segunda-feira (25) novas sanções econômicas contra 11 autoridades da Venezuela em protesto pela reeleição do presidente Nicolás Maduro, uma votação que o bloco considerou não ter sido livre ou justa, informaram diplomatas da UE. Uma das autoridades que foram sancionadas é a vice-presidente Delcy Rodríguez.

Maduro foi reeleito no mês passado para mais 6 anos de mandato em uma eleição marcada por denúncias de fraude, boicote da oposição e alta abstenção. Rodríguez foi nomeada vice-presidente há duas semanas.

A lista de autoridades sancionadas inclui ainda a vice-presidente do Conselho Nacional Eleitoral, Sandra Oblitas, e seu secretário-geral, Xavier Antonio Moreno Reyes, os quais o bloco acusa de menosprezar "a democracia na Venezuela", conforme decisão publicada no Diário Oficial da UE.

As sanções não atingem Maduro diretamente, porque a União Europeia tenta pressionar aqueles ao seu redor primeiro. As proibições de viagem e congelamento de bens, reportadas primeiro pela agência Reuters em maio, se somarão a medidas impostas contra outras 7 autoridades graduadas da Venezuela que o bloco sancionou em janeiro.

O bloco, o terceiro maior parceiro comercial da Venezuela depois dos Estados Unidos e da China, está tentando isolar Caracas e ajudar a pôr fim ao que vê como um regime autoritário que está arruinando a economia do país e provocando a escassez de alimentos. A União Europeia impôs um embargo de armas contra a Venezuela em novembro.

Também acredita-se que ministros de Relações Exteriores da UE irão emitir um comunicado ainda nesta segunda-feira condenando a eleição de maio na Venezuela.





Por: G1

Outras notícias

Comentários