Kurupí
Notícias recentes
Homem é preso após tentativa de estupro em Guarantã do Norte

Homem é preso após tentativa de estupro em Guarantã do Norte

access_time27/07/2018 07:36

Em relatos a Polícia Militar, a vítima informou que trafegava pela estrada, próximo a Laminados e Co

Prefeitura no Nortão abrirá concurso com salários de até R$ 8,8 mil

Prefeitura no Nortão abrirá concurso com salários de até R$ 8,8 mil

access_time17/08/2019 08:21

A prefeitura de Marcelândia (165 quilômetros de Sinop) abriu procedimento licitatório para contratar

Corpo de suposto morador de Peixoto está no IML de Cuiabá

Corpo de suposto morador de Peixoto está no IML de Cuiabá

access_time04/06/2018 15:02

Sebastião Ferreira de Sousa faleceu na manhã de sábado (02) e seu corpo está no IML de Cuiabá. O

Variação do dólar, preço do frete e aumento da ração prejudicam suinocultura

Variação do dólar, preço do frete e aumento da ração prejudicam suinocultura

Produção de carne suína teve queda de 3% em 2018. Exportações também tiveram redução de 8%

access_time30/12/2018 14:42

Os suinocultores de Mato Grosso esperam que 2019 seja melhor que este ano para o setor e que a produção reduzida em 3% possa voltar a crescer. De acordo com a Associação de Criadores de Suínos do Estado (Acrismat), a oscilação do dólar, o aumento no preço dos produtos que compõem a ração e o valor do frete interferiram diretamente na produção.

Para os criadores de suínos em Diamantino, a 209 km de Cuiabá, outro fator também contribuiu para a retração: a redução no valor da carne de frango.

“Nossa expectativa era de que com as festas de fim de ano, o consumo da carne suína aumentasse e trouxesse rentabilidade ao setor. No entanto, com a redução no valor da carne de frango, o consumidor acabou tendo outra opção mais barata”, explicou o gerente de uma granja de porcos, Magnum Antônio Tonoli.

Ele destaca ainda que o embargo da Rússia à carne brasileira também prejudicou a produção e fez com que os criadores repensassem e reduzissem o abate de animais.

“Na granja são criados 160 mil suínos. Diariamente são abatidos cerca de 1,2 mil animais por mês, mas a tendência é reduzir, já que a exportação também diminuiu”, comentou ele.

De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em 2018, o mercado suíno registrou queda na exportação em relação ao ano passado. Em 2017, foram exportadas 697 mil toneladas. Enquanto que este ano, foram 640 mil toneladas. Uma redução de 8%.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários