Spigreen
Notícias recentes
Jovem é condenado a 16 anos de prisão por matar ex-namorada a facadas por ciúme

Jovem é condenado a 16 anos de prisão por matar ex-namorada a facadas por ciúme

access_time08/09/2018 08:27

O jovem Luís Henrique de Aquino de Deus, de 20 anos, foi condenado a 16 anos de prisão em regime fec

Saúde de MT deve receber investimentos de quase R$ 170 milhões da bancada federal

Saúde de MT deve receber investimentos de quase R$ 170 milhões da bancada federal

access_time31/10/2018 08:27

Mato Grosso deve receber um recurso de R$ 169 milhões por meio da emenda impositiva definida pela ba

Parlamentares do Alabama aprovam lei que proíbe aborto mesmo em casos de estupro

Parlamentares do Alabama aprovam lei que proíbe aborto mesmo em casos de estupro

access_time15/05/2019 08:43

O Senado do Alabama, nos Estados Unidos, aprovou nesta terça-feira (14) uma lei que proíbe o aborto

Venda de 46 planos de saúde está proibida a partir de hoje (11)
Marcello Casal jr/Agência Brasil

Venda de 46 planos de saúde está proibida a partir de hoje (11)

access_time11/03/2019 16:55

A comercialização de 46 planos de saúde de 13 operadoras está suspensa a partir de hoje (11) por decisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A medida, anunciada pela agência no último dia 1º, é temporária e acompanha os resultados trimestrais do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, que monitora o desempenho do setor.

A mesma avaliação permitiu a retomada, também a partir de hoje, da venda de sete planos de saúde de duas operadoras, que haviam sido suspensos anteriormente.

De acordo com a ANS, a suspensão temporária da comercialização de planos de 13 operadoras se deu em função de reclamações sobre cobertura assistencial, prazo máximo de atendimento e rede de atendimento, entre outras. A medida foi anunciada antes do carnaval, com base em reclamações de beneficiários no último trimestre de 2018.

“Os planos suspensos só podem voltar a ser comercializados quando forem comprovadas melhorias”, informou a agência. Eles atendem, juntos, a cerca de 570 mil beneficiários, que não são afetados pela medida. A assistência médica continua valendo para quem já é cliente, mas novas vendas não podem ser feitas.





Por: Paula Laboissière – Repórter da Agência Brasil

Outras notícias

Comentários