anuncie aqui
Notícias recentes
Motorista e passageiro são presos com 209 kg de cocaína em engate de carreta

Motorista e passageiro são presos com 209 kg de cocaína em engate de carreta

access_time21/09/2018 07:41

Um motorista e um passageiro foram presos com mais de 200 kg de cocaína escondidos em um compartimen

Bombeiros controlam por duas vezes seguidas incêndio que atingiu 50 mil metros quadrados

Bombeiros controlam por duas vezes seguidas incêndio que atingiu 50 mil metros quadrados

access_time01/09/2018 08:29

Após equipes da 10° Companhia Independente Bombeiro Militar conseguirem apagar um incêndio em um ter

Seis tiros são disparados contra embaixada dos EUA na Turquia

Seis tiros são disparados contra embaixada dos EUA na Turquia

access_time21/08/2018 08:09

Em meio a um momento de grande tensão entre a Turquia e os Estados Unidos, vários tiros foram dispar

Vendas do comércio crescem 0,3% de fevereiro para março, diz IBGE
Arquivo/Elza Fiúza/Agência Brasil

Vendas do comércio crescem 0,3% de fevereiro para março, diz IBGE

access_time09/05/2019 09:53

O volume de vendas do comércio varejista brasileiro cresceu 0,3% na passagem de fevereiro para março deste ano, segundo dados da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada hoje (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A alta veio depois da estabilidade de janeiro para fevereiro.

O comércio recuou 4,5% na comparação com março do ano passado, mas teve alta nos outros tipos de comparação: 0,3% na média móvel trimestral, 0,3% no acumulado do ano e 1,3% no acumulado de 12 meses.

A alta de fevereiro para março foi sustentada apenas por três setores: artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (1,4%), outros artigos de uso pessoal e doméstico (0,7%) e equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (2,9%).

Por outro lado, houve quedas nos setores de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,4%), combustíveis e lubrificantes (0,8%), móveis e eletrodomésticos (0,1%), tecidos, vestuário e calçados (2,5%) e livros, jornais, revistas e papelaria (4,1%).

O comércio varejista ampliado, que inclui veículos e materiais de construção, teve alta de 1,1% na passagem de fevereiro para março, com os crescimentos de 4,5% do segmento de veículos, motos, partes e peças e de 2,1% dos materiais de construção. Na comparação com março de 2018, a queda foi de 3,4%. No acumulado do ano, houve alta de 2,3% e no acumulado de 12 meses, avanço de 3,9%.

A receita nominal do varejo cresceu 0,8% na comparação com fevereiro, 0,2% na comparação com março de 2018, 4% no acumulado do ano e 4,7% no acumulado de 12 meses. A  receita do varejo ampliado cresceu 1,6% na comparação com fevereiro, 0,3% na comparação com março do ano passado, 5,3% no acumulado do ano e 6,6% no acumulado de 12 meses.





Por: Vitor Abdala - Repórter da Agencia Brasil

Outras notícias

Comentários