ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Governo federal anuncia medidas para pessoas com deficiência

Governo federal anuncia medidas para pessoas com deficiência

access_time04/12/2020 07:33

No Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, comemorado nesta quinta-feira (3), o governo federal

Mato Grosso registra mais de 138 mil casos de Covid e 3,7 mil mortes

Mato Grosso registra mais de 138 mil casos de Covid e 3,7 mil mortes

access_time21/10/2020 20:24

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) notificou, até a tarde desta quarta-feira (21), 138.137 casos c

Vereadores solicitam patrolamento das Ruas do Bairro Nova Esperança

Vereadores solicitam patrolamento das Ruas do Bairro Nova Esperança

access_time19/05/2021 09:37

Moradores do Bairro Nova Esperança, solicitaram a presença dos Vereadores Dr. Siqueira (PDT), Rosang

Vereador é suspeito de enganar idoso e furtar cartão de crédito
Lambari D'Oeste — Foto: Reprodução

Vereador é suspeito de enganar idoso e furtar cartão de crédito

access_time12/05/2021 07:09

Um vereador de Lambari D’Oeste, foi alvo de um mandado de busca e apreensão e indisponibilidade de bens nesta terça-feira (11) suspeito de ter enganado um idoso e furtado o cartão de crédito dele.

A Polícia de Rio Branco cumpriu os mandados durante a Operação Luva Branca.

O vereador, que também é técnico de enfermagem, é investigado por furto qualificado.

Segundo a vítima, o vereador marcou uma consulta que não foi solicitada por ela. Durante a realização de um exame, o servidor público pediu que o idoso fechasse os olhos por 15 minutos.

Após a consulta, a vítima foi ao banco e não encontrou seu cartão magnético. Para sua surpresa, ao tentar pedir o bloqueio do cartão, o idoso descobriu que alguém estava utilizando-o para realizar saques em sua conta bancária.

Ao conferir as filmagens da agência bancária, os policiais civis descobriram que o suspeito era o vereador e foi a única pessoa que esteve no banco no momento em que os saques foram realizados.

Em decorrência da operação, o vereador teve bens bloqueados em quantia equivalente ao prejuízo causado à vítima. Os policiais cumpriram busca em sua residência para localização do cartão bancário subtraído e de outros elementos que possam auxiliar a Polícia Civil no esclarecimento dos fatos.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários