Banner Outras
Notícias recentes
Suspeitos de matar Marielle são transferidos para presídio federal

Suspeitos de matar Marielle são transferidos para presídio federal

access_time30/03/2019 07:53

Os ex-policiais militares Ronnie Lessa e Élcio Queiroz, suspeitos de terem matado a vereadora Mariel

EUA: clima deve ser tema de debate em campanha eleitoral

EUA: clima deve ser tema de debate em campanha eleitoral

access_time05/11/2019 08:51

Os Estados Unidos anunciaram, nessa segunda-feira (4), ter enviado à Organização das Nações Unidas (

Brasil teve queda significativa no número de fumantes, diz secretária

Brasil teve queda significativa no número de fumantes, diz secretária

access_time31/05/2019 09:21

A Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco, da Organização Mundial da Saúde (OMS), da qual o Brasi

Visitante é detida em cadeia de MT com cocaína escondida em suco em pó

Visitante é detida em cadeia de MT com cocaína escondida em suco em pó

A jovem, de 18 anos, foi flagrada por agentes penitenciários. Ela levava cinco pacotes de suco artificial em pó que seriam entregues para um preso

access_time13/08/2018 13:23

Uma visitante foi detida no sábado (11) ao tentar entregar cocaína para um preso na Cadeia Pública de Cáceres, a 220 km de Cuiabá.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Civil, a jovem, de 18 anos, foi flagrada por agentes penitenciários. A droga estava escondida em pacotes de suco em pó.

De acordo com a Polícia Civil, a jovem era uma das pessoas que visitavam os presos na cadeia. Ela estava com a filha dela. Durante a revista nos produtos e alimentos que os visitantes levam aos presos, os agentes suspeitaram da jovem.

Ela levava cinco pacotes de suco artificial em pó que seriam entregues para um preso. As embalagens pareciam ter sido modificadas. Quando os agentes abriram os pacotes, perceberam que havia porções de um pó em branco, que seria cocaína.

A jovem confessou que recebeu os produtos de uma pessoa que não conhece, mas que receberia R$ 100 para entregar ao preso. O detento, Josemar da Silva Pouso, de 37 anos, foi encaminhado junto com a suspeita para a delegacia de Cáceres.

Josemar responde a vários processos criminais, como posse ilegal de arma, receptação, roubo e furto. Ele já foi condenado por alguns desses crimes.

A filha da suspeita foi entregue ao Conselho Tutelar de Cáceres.





Por: G1 MT

Outras notícias

Comentários