Banner Outras
Notícias recentes
Justiça pede intervenção federal em município de MT por dívida de R$ 3 mil e STF nega

Justiça pede intervenção federal em município de MT por dívida de R$ 3 mil e STF nega

access_time21/09/2019 07:28

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, negou um pedido feito pela Ju

Infraestrutura e Jardinagem na Avenida Sebastião Alves Júnior em Matupá

Infraestrutura e Jardinagem na Avenida Sebastião Alves Júnior em Matupá

access_time12/01/2019 07:52

Depois de executar as obras de drenagem, galeria de águas pluviais, pavimentação asfáltica, meio-fio

Governo do RJ confirma a primeira morte por coronavírus

Governo do RJ confirma a primeira morte por coronavírus

access_time19/03/2020 10:19

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro e a prefeitura de Miguel Pereira confirmaram, na m

Voo da FAB leva mais de 200 venezuelanos para Manaus e Cuiabá
Mais um grupo de 204 venezuelanos embarca em avião da FAB para ir a outros 2 estados (Foto: Alan Chaves/G1 RR)

Voo da FAB leva mais de 200 venezuelanos para Manaus e Cuiabá

Imigrantes embarcaram em avião da FAB na manhã desta terça-feira (4). Este é o 9º voo do chamado processo de interiorização, que transfere refugiados de Roraima a outros estados

access_time04/09/2018 08:21

Mais 204 venezuelanos foram interiorizados para o Amazonas e Mato Grosso nesta terça-feira (4). Eles foram levados em um voo da Força Aérea Brasileira (FAB) que decolou do Aeroporto Internacional de Boa Vista Atlas Brasil Cantanhede às 7h50 (8h50 de Brasília).

Segundo a Casa Civil da presidência, que coordena o processo, 180 venezuelanos foram para Manaus e 24 para Cuiabá. A primeira parada do boeing 767 será em Manaus, por volta das 9h. Depois, a aeronave segue para o Mato Grosso.

Depois do desembarque dos venezuelanos, o avião segue de volta a Boa Vista para mais uma etapa de interiorização na quarta-feira (5), quando outros refugiados serão transportados para São Paulo, Distrito Federal e Rio Grande do Sul.

Com o 9º voo, o número de pessoas levadas de Roraima para outros estados no processo de interiorização chega 1.302. O transporte de imigrantes de Roraima para o restante do país começou em abril.

O objetivo do governo federal é de transferir cerca de 400 venezuelanos por semana até o fim de setembro.

A interiorização conta com apoio da Agência da ONU para Refugiados (Acnur), da Agência da ONU para as Migrações (OIM), do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Para aderir à interiorização, o Acnur identifica os venezuelanos interessados em participar e cruza informações com as vagas disponíveis e o perfil dos abrigos participantes. Eles têm que estar documentados e vacinados.

Acirramento da violência
A saída de mais esse grupo de venezuelanos do estado ocorre quase três semanas após o mais recente caso de acirramento da violência na fronteira entre Pacaraima (RR) e a Venezuela.

No dia 18 de agosto, um grupo de brasileiros atacou acampamentos de venezuelanos, colocando fogo em objetos, roupas e documentos dos imigrantes.

A violência foi uma represália a um assalto: um comerciante disse que foi roubado e agredido em seu comércio por venezuelanos. Após o ataque dos brasileiros, 1,2 mil venezuelanos deixaram o Brasil, segundo o Exército.





Por: G1 RR, Boa Vista

Outras notícias

Comentários