anuncie aqui
Notícias recentes
Shinzo Abe é reeleito presidente do partido governante do Japão

Shinzo Abe é reeleito presidente do partido governante do Japão

access_time20/09/2018 07:59

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, foi reeleito nesta quinta-feira (20) como presidente do Pa

ONS diz que bandeira tarifária vermelha continuará em agosto

ONS diz que bandeira tarifária vermelha continuará em agosto

access_time27/07/2018 07:17

O diretor geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luís Eduardo Barata, informou hoje (

CNH digital é grátis na maioria dos estados

CNH digital é grátis na maioria dos estados

access_time08/05/2018 14:43

Apesar de a empresa de processamento de dados do governo afirmar que a CNH digital está disponível e

ESPORTE

Palmeiras mantém 95% de chance de ser campeão brasileiro, diz matemático

access_time19/11/2018 08:05

O Palmeiras manteve em 95% a chance de ser campeão brasileiro de 2018, nas contas do matemático Tristão Garcia, do site Infobola. Flamengo (4% e Inter (1%) são os outros times que ainda lutam pelo título. A vantagem do Palmeiras é muito confortável. Faltando três rodadas, o Verdão tem cinco pontos de vantagem para o Flamengo e seis para o Inter. Após o empate em 1 a 1 com o lanterna Paraná, o Palmeiras perdeu a condição de ser campeão brasileiro na quarta-feira sem depender de ninguém. Se quiser ficar com o título já nesta próxima rodada, o Verdão terá de vencer o América-MG em casa e torcer para que Flamengo e Inter tropecem (ambos como mandantes) contra Grêmio e Atlético-MG, respectivamente. Veja abaixo os jogos restantes para Palmeiras, Flamengo e Inter: Jogos restantes para os três primeiros do Brasileirão Data Palmeiras Flamengo Inter 21/11 América-MG (casa) Grêmio (casa) Atlético-MG (casa) 25/11 Vasco (fora) Cruzeiro (fora) Fluminense (casa) 2/12 Vitória (casa) Atlético-PR (casa) Paraná (fora)

Desfalcado de Coutinho e Marcelo Brasil enfrenta o Uruguai

access_time16/11/2018 09:05

As seleções de futebol do Brasil e Uruguai se enfrentam em jogo amistoso nesta sexta-feira (16), às 18h, em Londres. A equipe brasileira jogará desfalcada de dois titulares: Phillipe Coutinho e Marcelo, afastados por contusões. O treinador Tite chamou para o lugar deles: Renato Augusto e Alex Sandro. Hoje (15), a seleção fez o último treino no Centro de Treinamento do Arsenal, antes de enfrentar o Uruguai. O técnico Tite pôde finalmente trabalhar com todos os jogadores, entre eles, o atacante Richarlison e o meia Arthur. Visto pela imprensa como um jogador com uma qualidade excepcional na distribuição de bolas, Arthur, que joga atualmente no Barcelona, disse que essa qualidade é consequência do trabalho dos técnicos pelos quais passou. “Tive vários treinadores importantes na base e sou grato ao Grêmio pela minha formação, mas esse estilo é minha maneira de enxergar o futebol. Veio comigo desde sempre, e fico feliz por estar dando resultado e por chegar a um dos maiores clubes do mundo e à seleção brasileira, que é o sonho de toda criança”.

Rodada de muito equilíbrio pela Taça Saudoso Edinho de Futebol

access_time12/11/2018 15:27

Mais uma rodada agitou o domingo no Estádio Morada do Ouro pela Taça Saudoso Edinho de Futebol de Peixoto de Azevedo. TURMA DO GUETO 0 X 0 D'GOLD COMPRA DE OURO Jogo marcado por polêmica e pênalti perdido, a equipe da Turma do Gueto entrou em campo bastante desfalcado, o primeiro tempo as defesas levaram vantagens sobre o ataques, no segundo tempo foi marcado por pênalti não marcado para Turma do Gueto e um a favor do D' Gold em que Jackson acabou batendo e Cidinho defendeu, o grande destaque no jogo foi o goleiro Dida do D' Gold que fez inúmeras defesas e salvando o seu time da derrota. TERENAS KOPENOTY 2 X 2 COMERCIAL SANTAREM Mais uma vez a equipe dos Terenas deixou escapar a vitória, a equipe fez 2 a 0 com gols de Elias e Matheus, contra a equipe do Comercial, teve praticamente todo jogo na mão, faltando 8 minutos a equipe Santarém chegou ao empate, Caio de falta fez um gol com colaboração do goleiro Jadson e nos acréscimos Negrão empatou a partida ficando a equipe do Comercial com 04 pontos e Terenas com 02 pontos. CHICAO GARIMPEIRO 02X00 AJAX ESPORTE CLUBE O jogo mais esperando da rodada, duas equipes que entraram em campo desfalcados mais mostraram que são favoritas ao título, melhor em campo a equipe do Chicão começou a ter as melhores chances, Gustavinho numa bela cobrança de falta fez 1 a 0, aos 30 minutos, Roberto que já tinha amarelo entrou de forma violenta e acabou sendo expulso, deixando o Ajax com um a menos, na segunda etapa a pressão continuou para a equipe do Chicão que teve um pênalti ao seu favor mais Gustavinho acabou perdendo, faltando cinco minutos Linton fez o segundo gol do Chicão Garimpeiro dando a vitória e a liderança isolada na sua chave. SITUAÇAO DAS CHAVES CHAVE A 1° - XINGU - 04 PONTOS - SALDO +03 - G.MARCADOS=06 2° - TRUILHO - 04 PONTOS - SALDO+03 - G.MARCADOS =04 3° - MARQUINHOS SPORT - 03 PONTOS - SALDO -01-GOLS MARCADOS=06 4° - BAIXINHO PONTE PRETA - 00 PONTOS - SALDO -05 - GOLS MARCADOS=01 CHAVE B 1° - CHICÃO GARIMPEIRO - 07 PONTOS - SALDO +07 - GOLS MARCADOS = 09 2° - AJAX ESPORTE CLUBE - 06 PONTOS - SALDO +01 - GOLS MARCADOS = 06 3° - COMERCIAL SANTAREM - 04 PONTOS - SALDO +03 - GOLS MARCADOS = 07 4° - TERENAS KOPENOTY - 02 PONTOS - SALDO -02 - GOLS MARCADOS =03 5° - BORRUSSIA DORTIMOND - 00 PONTOS - SALDO -09 - GOLS MARCADOS - 01 CHAVE C 1° - CAMALEÃO ESPORTE CLUBE - 06 PONTOS - SALDO +03 - GOLS MARCADOS= 06 2° - CHAPEAÇAO DO ANDRE - 04 PONTOS - SALDO +01 - GOLS MARCADOS = 02 3° - D' GOLD - 04 PONTOS - SALDO +01 - GOLS MARCADOS = 03 4° - TURMA DO GUETO - 02 PONTOS - SALDO - 02 - GOLS MARCADOS = 01 5°- SAGRADO C.JESUS - 00 PONTOS - SALDO - 04 - GOLS MARCADOS= 04 Próxima rodada - 15/11 – Quinta - Feriado 08h50 - Terenas Kopenoty x Borrussia Durtmond - Chave B 14h30 - Camaleão Esporte Clube x Chapeação do Andre - Chave C 16h30 - Sagrado Coraçao Jesus x Turma do Gueto - Chave C

Deyverson e Felipão são suspensos pelo STJD e desfalcam Palmeiras em um jogo

access_time12/11/2018 13:06

Em julgamento realizado nesta segunda-feira, com a presença de Deyverson e Luiz Felipe Scolari, o Superior Tribunal de Justiça Deportiva (STJD) puniu ambos por episódios na vitória do Palmeiras sobre o Ceará. O atacante pegou dois jogos de gancho (um já cumprido automaticamente na rodada seguinte), e o treinador foi punido com uma partida de suspensão. Eles desfalcam o time diante do Fluminense, na quarta-feira, na arena. Felipão prestou depoimento na sede do tribunal, no Rio de Janeiro — Foto: Daniela Lameira/STJD Contra o Ceará, em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro e disputada em 21 de outubro, no Pacaembu, Deyverson acertou uma solada na barriga de Richardson aos 45 minutos do primeiro tempo e foi expulso. Antes de deixar o campo, o atacante pediu desculpa para o adversário, caído no gramado, e para a torcida do Palmeiras. Ele poderia pegar gancho de um a seis jogos. Expulso! Deyverson acerta o peito de Richardson e está expulso aos 45 do 1º Já o técnico Luiz Felipe Scolari e o diretor Alexandre Mattos corriam o risco de pegar, respectivamente, de uma a seis partidas e de 15 a 180 dias de suspensão. Os dois detonaram o juiz André Luiz de Freitas Castro e também o comando de arbitragem da CBF. Na ocasião, quatro jogadores do líder Palmeiras acabaram suspensos para o jogo seguinte, contra o Flamengo. – Parece até que tinha uma lista pronta – afirmou Felipão. – Ele (o árbitro) direcionou. Não dá mais para ficar só calado e mandando DVD – completou Mattos. Felipão e Mattos eram reincidentes. No fim de outubro, eles já tinham sido julgados no STJD por declarações contra jogadores do Cruzeiro e a arbitragem em partidas pela Copa do Brasil e pelo Brasileirão. O técnico acabou absolvido, mas o diretor tomou uma advertência. Justamente por conta da reincidência, o treinador desta vez foi punido com um jogo de gancho, enquanto Mattos recebeu suspensão de 15 dias.

Com a colaboração de Vinicius Junior, Real Madrid sai do sufoco contra o Valladolid e volta a vencer

access_time03/11/2018 15:11

O Real Madrid passou sufoco na tarde deste sábado. Uma das sensações do Campeonato Espanhol, o Valladolid não só ia arrancando um empate valioso no Santiago Bernabéu como, por vezes, parecia até mais próximo da vitória - como quando acertou o travessão de Courtois duas vezes. As coisas estavam ruins para o lado merengue. Até que o técnico Solari chamou Vinicius Junior, ali pela metade do segundo tempo. E o menino ex-Flamengo tirou o Real do aperto. Com uma dose de sorte, é verdade: o chute para o gol explodiu em Alcaraz e abriu o placar da partida. Em seguida, ele deu o passe para Benzema sofrer o pênalti, e Sergio Ramos selar a vitória por 2 a 0. BOA, GAROTO! Vinicius Junior, enfim, está recebendo os minutos que ele, a imprensa espanhola e a torcida do Real Madrid tanto pediam. Neste sábado, foi o último a sair do banco, entrou no lugar de Asensio e acabou sendo decisivo. Contou com muita sorte no primeiro gol - a bola passaria longe da meta do goleiro Masip. Mas foi premiado por partir para cima da marcação e tentar a finalização, afinal ele entrou para isso. E o árbitro deu o gol para ele. Na comemoração, o menino de 18 anos, com muita personalidade, reverenciou a torcida.

É possível! Cinco motivos para acreditar na classificação do Palmeiras contra o Boca

access_time31/10/2018 08:12

O estádio lotado nesta quarta-feira é um sinal de que o torcedor do Palmeiras acredita na vitória sobre o Boca Juniors, da Argentina, e na classificação para a final da Taça Libertadores. Mais de 38 mil ingressos foram vendidos antecipadamente para o confronto, que terá início às 21h45 (horário de Brasília). Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras de Felipão tenta voltar a disputar uma final de Libertadores depois de 18 anos. Para isso, precisa vencer o Boca por três gols de diferença. Se a vitória for por 2 a 0, a decisão será nas cobranças de pênaltis. Veja motivos que fazem o palmeirense confiar na classificação: Felipão no banco e viradas Luiz Felipe Scolari foi o comandante do título de 1999 e do vice de 2000 na Libertadores. Em ambas as temporadas, o Palmeiras construiu a campanha com viradas importantes nos mata-matas. Em 1999, o Verdão duelou com o River Plate, da Argentina, na semifinal. No jogo de ida, derrota por 1 a 0 em Buenos Aires. Na volta, vitória palmeirense por 3 a 0. Na decisão, novamente derrota por 1 a 0 na Colômbia contra o Deportivo Cali e vitória no Palestra Italia por 2 a 1. Felipão ergue a taça de campeão da Libertadores em 1999 — Foto: Arquivo / Agência Estado Em 2000, o Palmeiras passou pelo Peñarol nas oitavas de final nas cobranças de pênaltis. Em Montevidéu, derrota por 2 a 0, mas vitória por 3 a 1 na volta – ainda não havia o critério dos gols como visitante como desempate. O jogo contra os uruguaios, aliás, foi a única vez que o Verdão conseguiu inverter a desvantagem de dois gols do primeiro jogo. Na semifinal de 2000, o Verdão perdeu o jogo de ida para o Corinthians por 4 a 3, mas venceu o segundo por 3 a 2. A classificação para a decisão veio nos pênaltis, com direito a mais uma atuação história de Marcos.   Artilharia pesada Deyverson será o escolhido por Felipão para comandar o ataque palmeirense nesta quarta-feira. E a escolha pelo centroavante se justifica pelo desempenho recente: ele virou um dos grandes destaques na boa campanha da equipe no Brasileirão. Pouco utilizado com Roger Machado, Deyverson evoluiu com Felipão e já soma sete gols na competição nacional. Mas ele ainda não marcou no torneio sul-americano. Miguel Borja é o artilheiro da Libertadores de 2018, com nove gols marcados. A média é de quase um gol por jogo do colombiano, já que o camisa 9 entrou em campo nas 11 partidas do Verdão no torneio sul-americano. Campeão da Libertadores em 2016, Borja tem um histórico de decisão no torneio. Ele estreou pelo Atlético Nacional apenas na semifinal daquela edição, mas marcou cinco gols contra São Paulo e Independiente de Valle. Borja e Deyverson na Academia de Futebol — Foto: César Greco/Ag. Palmeiras   Apoio da torcida A torcida do Palmeiras não desanimou depois da derrota por 2 a 0 no jogo de ida. O sentimento entre os alviverdes é de confiança na recuperação da equipe e na classificação para final da Libertadores. A expectativa é de casa cheia. Se em Buenos Aires foram cerca de 1.900 palmeirenses na Bombonera, o time de Felipão deve contar com apoio de aproximadamente 40 mil pessoas nesta quarta-feira. Desde a reinauguração do estádio, em 2014, o Verdão já conquistou a Copa do Brasil de 2015 e o Brasileirão de 2016 no local. Torcida do Palmeirasna arena — Foto: Marcos Ribolli   Força do elenco O discurso do Palmeiras sobre a Libertadores é de disputar o torneio todos os anos. Até para diminuir a expectativa criada, o Verdão tem se cobrado menos em relação ao torneio sul-americano. Mas é fato que o grupo de 2018 está o mais preparado para sonhar com a conquista do campeonato. Com a vantagem de poder dividir o grupo em dois times competitivos, Felipão viu o Palmeiras chegar à liderança do Brasileirão e avançar até a semifinal da Libertadores. Para se recuperar contra o Boca, o treinador tem a possibilidade de mexer no time. Deyverson e Lucas Lima, por exemplo, são dois jogadores que vêm tendo mais sequência no Brasileirão, mas ambos serão utilizados contra os argentinos. A dupla pode melhorar a produção ofensiva do Verdão, que precisa de pelo menos dois gols. Lucas Lima no treino do Palmeiras — Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras Experiência de sobra Um goleiro campeão olímpico, um zagueiro campeão da Libertadores, um volante que disputou Copa do Mundo e um atacante que ganhou quase tudo no Palmeiras. É com a base de Weverton, Edu Dracena, Felipe Melo e Dudu que o Verdão pode se apoiar na decisão contra o Boca Juniors. Além do quarteto, o Palmeiras tem no banco de reservas um treinador campeão do mundo com a seleção brasileira e campeão por diversas vezes em suas outras duas passagens pelo clube alviverde. Felipe Melona arena do Palmeiras — Foto: Marcos Ribolli

Renato explode contra Conmebol e se diz "p* da vida" com VAR: "O Grêmio foi roubado"

access_time31/10/2018 08:03

Renato Gaúcho gosta de salientar a cada entrevista coletiva que não reclama da arbitragem após as partidas. Mas o treinador do Grêmio "explodiu" com a Conmebol e o árbitro assistente de vídeo no início da madrugada desta quarta-feira, na sequência da eliminação em plena Arena para o River Plate na semifinal da Libertadores. "O Grêmio foi roubado. Acho que o lance não tem dúvida. Será que era o Stevie Wonder (cantor cego) não veria?" (Renato Gaúcho) Com termos como "p* da vida", "raiva", "humilhação", "desrespeito", entre outros, Renato afirmou que seu time foi "roubado" dentro de casa. Ele até tentou falar sobre a estratégia utilizada para a partida, o desenrolar dos 90 minutos, mas acabava retornando ao VAR. Segundo os gremistas, houve toque de mão de Borré no lance do gol de empate argentino sem revisão, o que aconteceu no pênalti de Bressan – neste caso, o Tricolor considerou justa a marcação da infração. – O Grêmio só não está classificado por causa do VAR. Se funciona, eu estaria sorrindo, a torcida feliz, e o Grêmio na final da Libertadores. Estaria tudo certo. O Grêmio foi roubado. Acho que o lance não tem dúvida. Será que era o Stevie Wonder (cantor cego) não veria? Vendo o jogo naquela cabine, como o cara não vê, com aquele monte de câmera, que o jogador faz o gol com o braço? Será que ele vai dormir hoje por causa disso? Quem sabe até vai, porque não tem nada a ver com o Grêmio – disparou Renato Gaúcho. Portaluppi também foi questionado sobre a presença do técnico do River, Marcelo Gallardo, no vestiário do time, no intervalo. Uma decisão da Conmebol suspendeu o treinador na noite de segunda-feira por ser reincidente em retardar o começo de jogos ou retornos para o segundo tempo. Ele preferiu deixar para a direção falar, mas voltou a criticar a entidade sul-americana. – A diretoria sabe, é um motivo a mais. Mas quem fala é o presidente. É uma desmoralização da Conmebol. No mínimo, teriam que ter tirado o treinador do vestiário. Depois vocês perguntam como eles (River) mandaram a escalação. Junta tudo isso com a palhaçada do VAR, faz uma salada e vê no que vai dar. Amanhã, a Conmebol suspende o Gallardo por 100 dias, e o River está na final. Eu queria estar suspenso por 200 dias e na final. É uma humilhação da Conmebol, foi um desrespeito ao Grêmio – acrescentou o técnico gremista. Com a derrota por 2 a 1, o Grêmio está fora da Libertadores. Agora, concentra as forças no Brasileirão. No sábado, às 17h, enfrenta o Atlético-MG no Horto, em Belo Horizonte. Atualmente, o time está em quinto com 52 pontos, 11 atrás do líder Palmeiras. O Galo é o sexto, com 46.

Benedetto sai do banco, faz dois gols, e Boca Juniors abre vantagem em semi contra o Palmeiras

access_time25/10/2018 07:21

MAS SERÁ O BENEDETTO? O Palmeiras se segurou bem na Bombonera, mas não contava com a estrela de Darío Benedetto no Boca Juniors. O atacante entrou aos 31 minutos do segundo tempo, fez dois gols e decretou a vitória do Boca por 2 a 0, no jogo de ida da semifinal da Taça Libertadores. A postura alviverde na maior parte do tempo foi de controle, criando pouco, é verdade, mas sem deixar o Boca se impor dentro de casa. A entrada do atacante, porém, acabou com o jogo na Bombonera. Apesar do bom desempenho na Argentina, o Verdão terá de vencer (e bem) em sua arena se quiser continuar sonhando com o título. COMO FICA? O jogo de volta da semifinal é na próxima quarta-feira, dia 31, às 21h45 (de Brasília). O Palmeiras terá de vencer por três gols de diferença para se classificar (um 2 a 0 a favor leva a decisão para os pênaltis). Empate ou vitória alviverde por um gol classificam o Boca Juniors – para enfrentar Grêmio ou River Plate na finalíssima (o Grêmio venceu o jogo de ida, em Buenos Aires, por 1 a 0). CLIQUE AQUI e veja a tabela da Taça Libertadores. ELE MUDOU O JOGO! Titular do Boca Juniors num passado recente, Benedetto não enfrentou o Palmeiras na fase de grupos (uma vitória do Verdão e um empate) por causa de uma grave lesão que o tirou de combate no fim de 2017. Desta vez, porém, saiu do banco aos 31, e marcou aos 38, de cabeça, e aos 42, num chutaço de fora da área após giro em Luan, para empolgar de vez a Bombonera lotada. Benedetto não marcava há quase um ano, mas desencantou na hora certa.

Contra o Boca, Palmeiras testa retrospecto de 100% fora na Libertadores

access_time24/10/2018 08:33

Às 20h45 (de Mato Grosso) desta quarta-feira, na Bombonera, o Palmeiras entra em campo para enfrentar o Boca Juniors, pela semifinal da Copa Libertadores. No temido estádio de Buenos Aires, o clube alviverde defende um aproveitamento de 100% como visitante no torneio continental. Sob o comando de Roger Machado, ainda na fase de grupos da Copa Libertadores, o Palmeiras ganhou de Junior Barranquilla (3 x 0), Boca Juniors (2 x 0) e Alianza Lima (3 x 1). Já com Felipão, bateu o Cerro Porteño (2 x 0) nas oitavas e o Colo-Colo (2 x 0) nas quartas. A série de cinco vitórias consecutivas é a melhor do Palmeiras como visitante na história da Copa Libertadores. Na edição de 1971, sob o comando de Rubens Minelli, o time alviverde ganhou quatro seguidas, contra Deportivo Galícia-VEN (3 x 2), Deportivo Italia-VEN (3 x 2), Fluminense (3 x 1) e Universitário-PER (2 a 1). Embalado, o Palmeiras detém a melhor campanha da Copa Libertadores, com oito vitórias, um empate e apenas uma derrota. Foram 20 gols marcados e quatro sofridos. Autor de nove gols, Borja divide a artilharia com Morelo, do Santa Fe, já eliminado. O Palmeiras foi o único time capaz de vazar o Boca Juniors na Bombonera nesta edição da Copa Libertadores. Como mandante, além da derrota por 2 a 0 contra o time alviverde, a equipe argentina ganhou de Junior Barranquilla (1 x 0), Alianza Lima (5 x 0), Libertad (2 x 0) e Cruzeiro (2 x 0). O Palmeiras deve ter novidades no miolo de zaga diante do Boca Juniors, com Antônio Carlos e Edu Dracena entre os reservas. A tendência é que o time entre em campo com Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gomez e Diogo Barbosa; Felpe Melo, Bruno Henrique e Moisés; Dudu, Willian e Borja. Confira as cinco vitórias do Palmeiras fora: Junior Barranquilla 0 x 3 Palmeiras Boca Juniors 0 x 2 Palmeiras Alianza Lima 1 x 3 Palmeiras Cerro Porteño 0 x 2 Palmeiras Colo-Colo 0 x 2 Palmeiras

2º rodada da Taça Saudoso Edinho de Futebol agita o final de semana em Peixoto de Azevedo

access_time22/10/2018 11:22

2º rodada do Campeonato Municipal de Futebol - Taça Saudoso Edinho teve as vitórias da Chapeação do André, Marquinhos Sport e Camaleão. Chapeação do André 1 x 0 D'Gold Compra de Ouro - Chave C Jogo em que as duas equipes buscaram o gol do começo ao fim, em uma jogada individual o atacante Mateus acabou sofrendo pênalti, e Ludemir fez o único gol do jogo para a Chapeação. Marquinhos do Sport/Só Motor 3 x 1 Baixinho da Ponte Preta - Chave A A equipe da Ponte Preta entrou em campo como favorito, só que a equipe do Marquinhos Sport se impôs em campo e acabou sendo mais eficiente durante a partida, com gols de Genilson, Pablo e Joilson a equipe do Bairro Nova Esperança venceu a Ponte que teve Vavá como autor do gol de honra. Camaleão Esporte Clube 2x0 Turma do Gueto - Chave C Jogo mais esperado na rodada, as duas equipes com reforços com atletas de outros municípios, a disputa foi grande entre as duas equipes, um pouco melhor durante a partida a equipe do Camaleão venceu com gols de Charlisvan e Fernando. Mais uma vez a rodada teve um grande público nas partidas, a próxima rodada acontece no sábado (27), às 16h, Turma do Gueto contra Chapeação do André. No domingo (28) não haverá rodada em virtude das eleições. O evento tem apoio da Prefeitura Municipal de Peixoto de Azevedo e a organização é da Semelpa