Spigreen
Notícias recentes
Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em março

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em março

access_time19/05/2021 07:29

Trabalhadores informais nascidos em março recebem hoje (19) a segunda parcela da nova rodada do auxí

Barroso adverte PT que pode suspender propaganda se for exibida manifestação de apoio à candidatura de Lula

Barroso adverte PT que pode suspender propaganda se for exibida manifestação de apoio à candidatura de Lula

access_time10/09/2018 08:17

O ministro Luís Roberto Barroso, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), advertiu o PT de que a Corte

Três homens são presos com 92 tabletes de droga, armas e munições após capotarem carro

Três homens são presos com 92 tabletes de droga, armas e munições após capotarem carro

access_time20/06/2018 09:25

Três homens foram presos nessa terça-feira (19) com 92 tabletes de maconha, pistolas e munições em S

ESPORTE

Seleções chegam dia 11 em Cuiabá sob forte esquema de segurança

access_time10/06/2021 15:25

Para garantir o esquema de segurança da Copa América, mais uma reunião entre as forças de segurança estaduais e federais com a Conmebol foi realizada nesta quinta-feira (10.06) para deliberar sobre o fechamento do entorno da Arena Pantanal e dos locais de treino das seleções da Colômbia e Equador, ruas de acesso do estádio e os de treinamento, escolta do aeroporto, hotéis e nos gramados. Devido a Covid-19, não haverá acesso do público aos jogadores. Da saída das aeronaves com as delegações que chegam na noite de sexta-feira (11) no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, até os dois hotéis em Cuiabá que vão hospedar as delegações, não haverá contato com público. Eles já vêm todos testados de seus países de origem e realizam novo teste antes dos jogos. Responsável pela escolta das delegações e da arbitragem, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) reforçou as quatro cidades que vão sediar o evento: Cuiabá, Rio de Janeiro, Brasília e Goiânia. Uma ambulância do Samu também vai integrar a escolta para algum caso de imprevisto. A Polícia Militar e a forças de segurança dos municípios de Cuiabá e Várzea Grande. No sábado (12), as seleções da Colômbia e Equador devem fazer treino de uma hora em Várzea Grande e em Cuiabá e eles serão fechados para imprensa. Dentro dos locais, apenas os jogadores, equipe técnica, segurança privada e representantes da Conmebol. Já do lado de fora dos locais de treino, a Guarda Municipal fechará algumas vias de acesso em Várzea Grande, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) deve fazer o mesmo em Cuiabá. A PRF responsável pela escolta e a Polícia Militar estarão do lado externo. Nenhum tipo de aglomeração de pessoas será permitido. Todos os policiais envolvidos no esquema de segurança estão vacinados contra a Covid-19 ou tiveram que passar por testes para ver se estão ou não com vírus ativo. Todas as pessoas que acessarem o estádio também terão que ter se submetido a testes do tipo PCR, sejam jornalistas, quanto as delegações e os policiais. Os seguranças privados, organizadores e todos que trabalham dentro da Arena Pantanal na organização da Copa América terão que passar por testes de Covid-19 a cada 48 horas, tendo jogo ou não, até o fim dos jogos em Cuiabá.   Também foi definida a quantidade de policiais militares e bombeiros que vão atuar dentro da Arena Pantanal. Do lado externo, a Secretaria de Estado de Segurança Pública vai montar todo aparato de segurança para garantir que não haverá aglomerações. A Polícia Militar vai reforçar o policiamento de bares e restaurantes para evitar aglomerações nos dias de jogos. Estiveram na reunião comandada pelo secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Victor Fortes, representantes da Conmebol, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Judiciária Civil, Polícia Rodoviária Federal, Samu, Guarda Municipal de Várzea Grande, Secretaria Municipal de Defesa Social de Várzea Grande e a Semob de Cuiabá.  

Bolsonaro diz que governo atuará por Copa América no Brasil

access_time01/06/2021 14:25

O presidente Bolsonaro disse hoje (1º), em Brasília, que, "no que depender do governo federal", a Copa América será realizada no Brasil. Segundo ele, a decisão foi tomada após consulta feita a ministros. “Fui procurado pela CBF [Confederação Brasileira de Futebol] com a informação de que a Argentina não iria mais sediar a Copa América, e perguntaram se o Brasil poderia sediá-la. A primeira resposta foi 'a princípio, sim'. Conversei com ministros [de pastas] que poderiam estar envolvidos no evento, e eles foram unânimes. Todos deram sinal positivo”, disse o presidente em cerimônia no Palácio do Planalto, destinada à assinatura de contratos de patrocínio com outras confederações esportivas. Bolsonaro acrescentou: “Considero este um assunto encerrado. Todos os meus ministros são favoráveis à Copa América no Brasil, com os mesmos protocolos das Eliminatórias [da Copa do Mundo] e da Libertadores das Américas. Caso encerrado”. Na avaliação do presidente, as críticas à realização do evento no Brasil partem de emissoras que não detêm os direitos de transmissão dos jogos. Bolsonaro disse que não vê problema na realização de eventos futebolísticos, caso os times sigam os protocolos, e criticou os veículos midiáticos que, para ele, exageram nas afirmações de que a realização das partidas poderia piorar a situação pandêmica no país.  “Quando dei sinal verde houve quase uma hecatombe no meio jornalístico, de que estaríamos importando numa nova cepa [do vírus]", disse. A Copa América está prevista para ser realizada entre 13 de junho e 10 de julho. Senado A possibilidade de realização da Copa América no Brasil também foi discutida hoje na reunião de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia do Senado Federal. O relator do colegiado, senador Renan Calheiros (MDB-AL), fez um apelo ao jogador Neymar, da seleção brasileira, para que ele se posicione de forma contrária à realização da competição no Brasil. “Não é esse o campeonato que nós precisamos agora disputar. Nós precisamos disputar o campeonato da vacinação. É esse campeonato, Neymar, que nós precisamos disputar, ganhar, e você precisa marcar gols para que esse placar seja alterado”, ressaltou logo no inicio da reunião de hoje dedicada a ouvir a médica oncologista e imunologista Nise Yamaguchi. *Colaborou Karine Melo

Liga dos Campeões tem capítulo final com Chelsea e Manchester City

access_time29/05/2021 11:06

O Manchester City do técnico Pep Guardiola entra em campo como favorito diante do Chelsea de Thomas Tuchel na final da Liga dos Campeões, neste sábado, em Porto, às 15 horas (horário de Mato Grosso). Mas de qualquer forma, o confronto entre as duas equipes inglesas promete fortes emoções. A final estava programada para ser disputada em Istambul, na Turquia, mas a pandemia e as atuais restrições levaram à mudança do local e o palco será o Estádio do Dragão, na segunda maior cidade portuguesa. Nas arquibancadas, sim, poderá haver um gostinho do "futebol antigo". Após meses de arquibancadas vazias, 16,5 mil torcedores, incluindo 10 mil do Reino Unido, poderão assistir ao vivo e in loco à grande final. Os dois finalistas fizeram parte do projeto fracassado de uma Superliga europeia, que gerou uma grande polêmica, mas logo se desligaram e voltaram à disciplina da Uefa. Em Portugal, sob um céu Sky Blue ou Blue, o futebol tentará superar qualquer indício de polêmica e virar definitivamente a página daquele incômodo episódio. Para o Manchester City, o jogo representa um encontro com a história, pois sonha em se tornar o 23º clube a conquistar o troféu de maior prestígio do futebol europeu. Já para Guardiola, seria a recompensa após um ciclo de cinco anos, que apesar de dez títulos em torneios nacionais parece inconclusivo se não for coroado com a Liga dos Campeões. O treinador catalão já levou o Barcelona ao título em 2009 e 2011, mas na última década acumulou decepções na Europa, principalmente desde que assumiu o comando do City, perdendo para times como o Monaco (oitavas de final em 2017), Tottenham (quartas de final em 2019) e Lyon (quartas de final em 2020). Entre "novos ricos" "Várias coisas importantes mudaram desde essas derrotas. Somos mais estáveis, criam menos chances contra nós", analisa o meia Ilkay Gundogan. Nesta temporada, a contratação do português Rúben Dias para a zaga deu solidez à equipe. O surgimento do jovem Phil Foden (20 anos) fez esquecer que o argentino Sergio Aguero, o maior artilheiro da história do Manchester City, vai encerrar uma longa etapa após a final. Os Citizens têm impressionado desde dezembro e já conquistaram a Premier League e a Copa da Liga Inglesa na atual temporada. Os muito abastados donos do City, dos Emirados Árabes, agora veem de perto a conquista do torneio que os assombra desde que chegaram à entidade em 2008. O seu homólogo no Chelsea, o empresário russo Roman Abramovich, já sabe o que é ganhar o título europeu: os londrinos ergueram a taça em 2012. Os Blues, comprados em 2003, se tornaram então o primeiro clube "novo rico" a conquistar a Liga dos Campeões. Nove anos depois, o Chelsea pode alcançar seu segundo triunfo no grande torneio. Enquanto fazem a contagem regressiva para a final, seus torcedores procuram pontos em comum entre a geração atual e o grupo vencedor de Didier Drogba. Similaridade com 2012 Como em 2012, antes de enfrentar o Bayern em Munique na final, o Chelsea não se apresenta como favorito. "Talvez sejamos o 'outsider'. Mas isso é decidido em um jogo", afirma o meia Mateo Kovacic. Outra semelhança com a temporada 2011/12 é que o time de Londres teve uma mudança de treinador no meio da campanha. Na época, o italiano Roberto Di Matteo levou a equipe ao título depois de substituir André Villas-Boas. Já neste ano, Tuchel chegou em janeiro para ocupar o lugar de Frank Lampard. Apesar de alguns sintomas de cansaço nesta reta final de temporada, com três derrotas nos últimos quatro jogos, incluindo a da final da Copa da Inglaterra contra o Leicester (1-0), o Chelsea tem forte confiança por ter batido o Manchester City duas vezes nas últimas semanas: em 17 de abril na Copa da Inglaterra (1-0) e depois no dia 8 de maio na Premier League (2-1). "Esta é outra competição", alertou Guardiola. "O City é a referência. Talvez seja o melhor time do mundo no momento", avalia Tuchel. Neste sábado, em Portugal, apenas um dos dois será o campeão.

Atacante do Palmeiras chega por empréstimo ao Cuiabá

access_time28/05/2021 07:03

O atacante Rafael Elias é mais um reforço do Dourado para a disputa da Série A do Brasileiro. O atleta de 22 anos estava no Palmeiras, que entrou em acordo com o time mato-grossense pelo empréstimo até o final da temporada. Rafael é formado na base do clube paulista e em 2019 foi emprestado ao Atlético-MG e Goiás. De volta ao Palmeiras em 2021, fez parte do elenco nas disputas da Libertadores da América, Copa do Brasil e Paulistão. Com Elias, o Dourado chega ao 17° reforço. Além dele, já haviam sido apresentados o goleiro Walter, os laterais João Lucas e Uendel, os zagueiros Paulão, Walber, Marllon e Joaquim, os volantes Camilo, Pepê, Uillian Correia e Yuri, o meia Murilo Rangel e os atacantes Clayson, Jonathan Cafú, Guilherme Pato e Osman. FICHA DO ATLETARAFAEL ELIAS Posição: Atacante Nome: Rafael Elias da Silva Nascimento: 12/04/1999, em São Paulo (SP) Altura: 1,82 m – Peso: 81 kg Clubes: Palmeiras, Atlético-MG e Goiás

Flamengo e Vélez duelam pela liderança do grupo na Libertadores

access_time27/05/2021 07:15

Já classificado para as oitavas de final, o Flamengo entra em campo pela Libertadores nesta quinta-feira. Às 20 horas (de Mato Grosso), os rubro-negros recebem o Vélez-ARG, no Maracanã. A partida vale a liderança do grupo G. O Flamengo está na frente, com 11 pontos, e entra em campo com a necessidade do empate para garantir a primeira posição. Para o Vélez, que também está classificado, só a vitória serve no Rio de Janeiro. O técnico Rogério Ceni vai a campo com o que tem de melhor. O comandante segue sem contar com o goleiro Diego Alves e terá o desfalque de Bruno Henrique, suspenso. Gabriel Batista e Pedro serão titulares. O Flamengo busca a primeira colocação da chave para ter a vantagem de atuar em casa no duelo da volta das oitavas de final. O Vélez busca uma vitória no Maracanã com o mesmo objetivo. Os argentinos vêm descansados após o futebol no país ser paralisado até o fim do mês. Com isso, o técnico Maurício Pellegrino teve tempo para trabalhar com o Vélez visando apenas este duelo. FICHA TÉCNICA FLAMENGO-BRA X VÉLEZ-ARG Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)Data: 27 de maio de 2021, quinta-feiraHora: 21 horas (de Brasília)Árbitro: Leodan González (URU)Assistentes: Richard Trindad (URU) e Andrés Nievas (URU) FLAMENGO: Gabriel Batista, Isla, Rodrigo Caio, Willian Arão e Filipe Luís; Diego, Gerson, Éverton Ribeiro e Arrascaeta; Gabigol e PedroTécnico: Rogério Ceni VÉLEZ: Hoyos, Guidara, De los Santos, Abram e Ortega; Galdames, Cáseres, Bouzat, Almada e Janson; LuceroTécnico: Maurício Pellegrino

No 100º jogo em casa do Palmeiras, Victor Luís tenta manter aproveitamento perfeito na Libertadores

access_time27/05/2021 06:50

Nesta quinta-feira, o Palmeiras vai enfrentar o Universitario-PER, no Allianz Parque, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. A partida será a 100ª do Verdão em casa pela competição continental. O retrospecto dos 99 jogos como mandante disputados até agora é amplamente favorável ao Palmeiras. Foram 68 vitórias, 17 empates e 14 derrotas. Além disso, foram 223 gols marcados e 81 sofridos. Desses 99 jogos, 73 foram no Palestra Itália/Allianz Parque, sendo 52 vitórias, 13 empates e oito derrotas, com 183 gols marcados e 58 sofridos. Em 1999, o Palmeiras conquistou a primeira Libertadores de sua história no estádio, ao vencer o Deportivo Cali por 2 a 1 no tempo regulamentar e por 4 a 3 nas penalidades máximas. Também nesta quinta, Victor Luís tenta manter 100% de aproveitamento defendendo as cores do Verdão na Libertadores. O lateral-esquerdo disputou 12 partidas pelo clube na competição, com todas terminando em vitórias. Nestes jogos, o Palmeiras sofreu apenas cinco gols. Veja os jogos de Victor Luís pelo Palmeiras na Libertadores: 2018 Junior Barranquilla 0 x 3 Palmeiras Alianza Lima 1 x 3 Palmeiras Palmeiras 3 x 1 Junior de Barranquilla Palmeiras 2 x 0 Colo-Colo 2019 Junior Barranquilla 0 x 2 Palmeiras Palmeiras 3 x 0 Melgar Melgar 0 x 4 Palmeiras Palmeiras 1 x 0 San Lorenzo 2021 Universitario 2 x 3 Palmeiras Palmeiras 5 x 0 Independiente del Valle Defensa y Justicia 1 x 2 Palmeiras Independiente del Valle 0 x 1 Palmeiras

Cuiabá sai atrás no placar, busca empate contra o Operário e é campeão Mato-grossense 2021

access_time24/05/2021 10:01

O Cuiabá é o campeão do Mato-grossense 2021! O Dourado saiu em desvantagem no placar contra o Operário na manhã deste domingo, na Arena Pantanal, mas buscou o empate e conquistou o décimo título estadual em 20 anos de história. Luan Viana abriu o placar para o Chicote da Fronteira aos 23 minutos do primeiro tempo, e Rafael Gava decretou a igualdade aos oito minutos da etapa final. O Dourado levanta o troféu de forma invicta pela terceira vez. Primeiro tempo Em uma primeira etapa bem movimentada, o Cuiabá começou melhor no jogo. Camilo perdeu duas grandes oportunidades, além de Jonathan Cafú, que parou no goleiro Elias. O Operário quando chegou foi efetivo. Luan Viana aproveitou cruzamento na área e abriu o placar aos 23 minutos. O resultado levaria a decisão para os pênaltis. Segundo tempo O Cuiabá precisava ao menos do empate para conquistar o decacampeonato mato-grossense sem passar pelos pênaltis. A equipe do técnico Alberto Valentim se lançou ao ataque e conseguiu o gol aos oito minutos, em chute forte de Rafael Gava dentro da área. O Dourado perdeu o atacante Jonathan Cafú, expulso após receber o segundo cartão amarelo aos 41 minutos. O Operário partiu em busca do gol que levaria novamente a decisão para as penalidades, chegou a pressionar, mas perdeu boas oportunidades e acabou com o vice-campeonato. Dez vezes Cuiabá O título do Dourado em 2021 se soma aos de 2003, 2004, 2011, 2013, 2014, 2015, 2017, 2018 e 2019. Semelhantemente aos de 2018 e 2019, a equipe conquista o Mato-grossense de forma invicta. Foram 12 vitórias e três empates na campanha.

Além do jejum, São Paulo tenta quebrar retrospecto negativo contra o Palmeiras no estadual

access_time23/05/2021 07:11

São Paulo e Palmeiras entram em campo neste domingo, às 15h, pela finalíssima do Campeonato Paulista. O Choque-Rei tem um peso maior para a equipe do Morumbi que, além de quebrar o jejum de oito anos sem títulos, tenta também superar o retrospecto negativo contra o Verdão. A seca tricolor é longa - são oito anos sem qualquer título e 16 anos sem conquistar o Paulistão. Com a Libertadores como prioridade na temporada, a equipe de Hernán Crespo tenta aliviar a pressão com o estadual. Para isso, o São Paulo vai precisar superar um retrospecto negativo diante do rival. O tricolor soma apenas uma vitória nos últimos 15 Choque-Reis disputados no Paulistão. Nos 15 encontros, foram uma vitória, sete empates e sete derrotas. Justamente, o único triunfo tricolor aconteceu nesta temporada, ainda pela fase inicial, por 1 a 0 - gol de Pablo. Se não considerarmos a vitória na atual edição do campeonato, o São Paulo despachou o Verdão apenas na temporada de 2009, também pelo placar 1 a 0 - com gol de Washington. A decisão acontece no Morumbi, casa tricolor, e ainda assim o Palmeiras parece se sentir a vontade. A equipe alviverde não perde nos domínios do rival desde 2017, contabilizando uma vitória e três empates. O Choque-Rei vale muito para o São Paulo - não apenas o título, se não que sair da fila diante de um rival que mostrou superioridade nos últimos anos! A finalíssima acontece neste domingo, às 15h, no Morumbi.

Em final emocionante, Fla bate Flu e conquista 37º título do Cariocão

access_time23/05/2021 06:56

O Flamengo chegou ao 37º título do Campeonato Carioca com a bela vitória por 3 a 1 sobre o rival Fluminense, na noite deste sábado (22), em uma final emocionante no Maracanã — palco da primeira partida da decisão, disputada no sábado (15) passado, quando os rivais haviam empataram por 1 a 1. Foi também o tricampeonato seguido do clube rubro-negro no estadual (2019, 2020 e 2021) e o quarto título do treinador Rogério Ceni desde que chegou ao time, no ano passado. O jogo foi transmitido pela Record TV para todo o Brasil. A conquista foi construída com uma atuação praticamente perfeita na primeira etapa, quando a equipe rubro-negra teve ampla superioridade e abriu uma ótima vantagem com os dois gols do atacante Gabriel — que terminou a competição como vice-artilheiro, com 8 gols — que chegou ao sétimo gol em um Fla-Flu, igualando o feito de Tuta, o maior artilheiro do clássico até então. João Gomes fez o terceiro do time rubro-negro — e o primeiro dele como jogador profissional. O Fluminense tentou reagir no segundo tempo e deu esperanças à torcida com o gol do centroavante Fred, cobrando um pênalti no início do segundo tempo. Mas o time não teve a força necessária para arrancar a virada — ou ao menos um empate que levaria a decisão para as cobranças de penalidades. Assim, o clube entra no décimo ano de fila no Estadual. O jogo Logo aos 9 minutos, os jogadores do Flu pediram a análise do VAR devido a um suposto toque de mão do zagueiro Willian Arão dentro da área quando tentava cortar uma bola alçada da lateral. No entanto, o árbitro Bruno Arleu de Araújo não solicitou o auxílio do recurso do árbitro de vídeo. O primeiro chute para o gol partido do atacante Gabriel, do Fla, aos 12 minutos. O camisa 9 recebeu do lado esquerdo da área adversária e chutou cruzado, mas o goleiro Marcos Felipe caiu para fazer boa defesa. Aos 18 minutos, Gabigol voltou a levar perigo, novamente pelo lado esquerdo, em uma boa escapada e mais um chute cruzado. Desta vez, a bola passou perto do gol da equipe tricolor das Laranjeiras. As 24, Gabriel disparou pela esquerda e passou para Bruno Henrique, que corria pelo meio. O atacante flamenguista iria entrar na área quando foi parado com falta pelo zagueiro Danilo Barcelos — que foi punido com um cartão amarelo. A falta era muito perigosa, bem na marca da meia-lua da grande área, mas Éverton Ribeiro bateu muito mal. O time rubro-negro foi melhor nos primeiros 25 minutos de jogo. Naquela altura do duelo, o Flamengo tinha 67% da posse de bola e havia criado as melhores chances de gol. Já Flu apenas se defendia, sem criar praticamente nenhuma jogada ofensiva. Aos 37, o Flamengo fez outra jogada ofensiva envolvente com uma bela troca de passes na entrada da área do Flu. Era um verdadeira sufoco para a torcida tricolor. Pênalti para o Fla A superioriade do Flamengo em campo continuava na primeira etapa, mas o time rubro-negro só conseguiu convertê-la em vantagem no placar em uma cobrança de pênalti. Aos 41 minutos, Gabriel deu um belo passe para Arrascaeta, que disparou em direção à área e se chocou com Marcos Felipe. O árbitro marcou o pênalti e mostrou o cartão amarelho para o goleiro. Na cobrança, aos 44, Gabriel acertou o canto alto esquerdo de Marcos Felipe, que caiu para o lado contrário e fez o primeiro gol do clássico. Mais um do Gabigol A vantagem no placar não diminuiu a disposição ofensiva dos flamenguitas. Aos 46, o lateral-esquerdo Filipe Luis desceu pelo meio e passou para Gabriel, novamente caído pela esquerda. O artilheiro ajeitou e soltou uma bomba que Marcos Felipe não conseguiu segurar: 2 a 0. Gabigol chegava ao oitavo gol no Cariocão, um a menos que o artilheiro da competição, Alef Manga, do Volta Redonda. Mas ainda havia todo o segundo tempo para que o atacante pudesse lutar pela artilharia da competição. VAR em campo Se todos imaginariam um segundo tempo morno devido à superioridade do Fla no marcador e em campo, foi um engano. Aos 2 minutos, o atacante Caio Paulista — que havia entrado no intervalo — caiu na área em uma disputa de bola com o zagueiro flamenguista Rodrigo Caio. O árbitro foi acionado pela equipe do VAR e, após revisar o lance, marcou pênalti para o Fluminense. Flu ainda vivo Aos 6 minutos, o veterano Fred cobrou com classe, deslocando o goleiro Gabriel Batista para diminuir o placar e aumentar a esperança da torcida tricolor em uma virada. O gol parece ter reanimado o Fluminense, que passou a pressionar mais o Flamengo em busca do empate e, no mínimo, garantir que o título fosse definido nas cobranças de pênaltis. A decisão ganhou contornos ainda mais emocionantes. No entanto, a equipe rubro-negra é forte e quase chegou ao terceiro gol em um ótimo chute de Filipe Luis. Para a sorte dos torcedores tricolores, o goleiro Marcos Felipe espalmou em uma grande defesa que impediu o gol. Sufoco do Tricolor Aos 22 minutos, o tricolor Caio Paulista fez uma ótima jogada, tirou o volante Gerson do lance e arriscou de fora da área, mas o chute saiu fraco demais. Dez minutos depois, o meia Cazares cobrou uma falta praticamente da linha de escanteio, pelo lado direito, a zaga do Flamengo falhou e Danilo Barcelos cabeceou,  mas o goleiro Gabriel Batista salvou. Quase acontece o empate do Flu. Nos minutos finais, os treinadores decidiram arriscar ainda mais em busca do título. No Flamengo, Rogério Ceni tirou o artilheiro Gabigol e o chileno Arrascaeta para colocar em campo o ex-tricolor Pedro e o atacante Vitinho. Do lado do Flu, Roger Machado trocou Yago Felipe e Fred por Abel Hernández — autor do gol de empate no jogo anterior — e o argentino Raúl Bobadilla. Garoto marca e dá o título ao Fla O treinador flamenguista foi mais feliz nas mudanças. Aos 41, João Gomes, jogador que havia entrado segundos antes, pegou o rebote do goleiro Marcos Felipe após chute de Pedro para fazer o terceiro gol do jogo — o primeiro do jovem com a camisa do time profissional do Fla — e selar o destino do Estadual. Flamengo 3 a 1 e campeão carioca! FLAMENGO 3 X 1 FLUMINENSE Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ).Data e hora: 22/05/2021, às 20h (horário de Mato Grosso).Árbitro: Bruno Arleu de Araújo.Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha.Cartões amarelos: Rodrigo Caio, Bruno Henrique (Fla); Danilo Barcelos, Nino, Marcos Felipe, Fred, Yago Felipe, Luccas Claro (Flu).Gols: Gabriel, aos 44' e 46' do 1º tempo; Fred, aos 6 , João Gomes, aos 41 do 2º tempo.FLAMENGO: Gabriel Batista; Isla (Matheuzinho, aos 40 do 2º tempo), Rodrigo Caio, Willian Arão e Filipe Luís; Diego (Hugo Moura, aos 43 do 2º tempo), Gerson (João Gomes, aos 40 do 2º tempo), Éverton Ribeiro e Arrascaeta (Vitinho, aos 35 do 2º tempo); Bruno Henrique e Gabriel (Pedro, aos 35 do 2º tempo). Técnico: Rogério Ceni.FLUMINENSE: Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; Yago Felipe (Abel Hernández, aos 36 do 2º tempo), Nenê (Cazares, aos 22 do 2º tempo), Martinelli; Kayky (Gabriel Teixeira, no intervalo), Luiz Henrique (Caio Paulista, no intervalo) e Fred (Bobadilla, aos 36 do 2º tempo). Técnico: Roger Machado.

Atlético-MG autoriza e Cuiabá anuncia renovação com lateral uruguaio

access_time18/05/2021 08:23

O lateral-esquerdo Lucas Hernández prorrogou o contrato de empréstimo com o Cuiabá até dezembro. Os direitos do atleta uruguaio pertencem ao Atlético-MG que aceitou prolongar o vínculo com o time mato-grossense.  O uruguaio chegou ao Dourado para a disputa da Série B 2020 e fez parte do elenco que garantiu o acesso. Lucas disputou 10 jogos com a camisa do Dourado, mas sofreu uma lesão no joelho, no dia 24 de novembro contra o Confiança, que o tirou das rodadas finais da Série B.  Recuperado, o lateral já treina com o grupo e em breve ficará à disposição do treinador Alberto Valentim para a disputa da Série A. Natural de Montevidéu, capital do Uruguai, Lucas tem 28 anos e já atuou por clubes como Huracán, Peñarol, Atlético-MG, entre outros. O Cuiabá segue com foco na decisão do Campeonato Mato-grossense. Após vencer o primeiro jogo contra o Operário, por 2 a 1, o Dourado pode até empatar que conquista o estadual pela 10ª vez em 19 anos de história. Já o Operário precisa se superar e vencer o Cuiabá pela primeira vez na história para alcançar o seu 13º título.