Spigreen
Notícias recentes
Seis crianças com idades entre 1 e 8 anos são resgatadas em meio a lixo, comida estragada e fezes

Seis crianças com idades entre 1 e 8 anos são resgatadas em meio a lixo, comida estragada e fezes

access_time09/01/2019 06:41

Seis crianças com idades entre 1 e 8 anos foram encontradas abandonadas em uma casa no Bairro Jardim

Motociclista morre atropelado por caminhão e motorista é preso embriagado em MT

Motociclista morre atropelado por caminhão e motorista é preso embriagado em MT

access_time16/07/2018 09:54

Um homem de 31 anos morreu atropelado por um caminhão na noite desse sábado (14) na Rua São Francisc

Líder indígena, cacique Raoni é internado com Covid-19 em Mato Grosso

Líder indígena, cacique Raoni é internado com Covid-19 em Mato Grosso

access_time31/08/2020 10:41

O cacique Raoni Metuktire, de 89 anos, líder da etnia Kayapó, está internado em um hospital de Sinop

ESPORTE

EUA e Reino Unido denunciam Rússia por ciberataques contra Olimpíada

access_time19/10/2020 17:38

O Reino Unido e os Estados Unidos condenaram nesta segunda-feira (19) o que chamaram de ciberataques que teriam sido orquestrados por agentes de serviços de espionagem russos, incluindo tentativas de atingir os Jogos Olímpicos de Tóquio. Autoridades britânicas e norte-americanas afirmaram que os ataques foram conduzidos pela Unidade 74455 da agência de espionagem militar russa GRU, também conhecida como Centro Principal de Tecnologias Especiais. O Departamento de Justiça dos EUA afirmou que seis membros da unidade tiveram papéis importantes nos ataques contra alvos que variaram desde a Organização para a Proibição de Armas Químicas às eleições de 2017 na França. As acusações envolvem quatro anos de atividades entre 2015 e 2019. As autoridades dos EUA não comentaram se o momento da revelação, há poucas semanas da eleição nos Estados Unidos, foi escolhido para alertar sobre a atividade de grupos de hackers apoiados por governos estrangeiros. Já autoridades britânicas afirmaram que os hackers do GRU também conduziram operações de "ciber reconhecimento" contra os organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que seriam realizados neste ano, mas acabaram sendo adiado para 2021 por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19). As autoridades britânicas se recusaram a dar mais detalhes sobre os ataques ou a afirmar se foram bem sucedidos, mas disseram que tinham como alvo os organizadores das Olimpíadas, fornecedores e patrocinadores. O secretário do Exterior do Reino Unido, Dominic Raab, afirmou que as "ações do GRU contra as Olimpíadas são cínicas e imprudentes. Condenamos elas nos termos mais fortes possíveis". O vice-diretor da polícia federal dos EUA (FBI) David Bowdich afirmou: "O FBI repetidamente tem alertado que a Rússia é um adversário altamente capaz em ciberataques e a informação revelada neste indiciamento ilustra como as atividades cibernéticas da Rússia são invasivas e destrutivas". Em dezembro de 2019, a  Rússia foi banida dos Jogos Olímpicos por quatro anos por causa de acusações de doping de seus atletas. As autoridades britânicas e norte-americanas afirmaram nesta segunda-feira (19) que os hackers russos se envolveram em outros ataques, como o que comprometeu sistemas de computadores dos Jogos de Inverno em 2018, durante a cerimônia de abertura na Coreia do Sul. Este ataque comprometeu centenas de computadores, derrubou acesso à internet e interrompeu as transmissões de mídia.

Neymar marca três vezes e seleção vence Peru nas Eliminatórias

access_time14/10/2020 09:17

Em uma partida difícil disputada em Lima, a seleção venceu o Peru nesta quarta-feira (13), de virada, por 4 a 2 e garantiu a liderança das Eliminatórias da Copa na América do Sul, com seis pontos em dois jogos. Os donos da casa ficaram na frente por duas vezes, mas a equipe de Tite (que completou seu jogo de número 50 no comando da seleção) mostrou poder de reação, empatou e conseguiu a virada com Neymar, que marcou três vezes. O duelo foi transmitido ao vivo pela TV Brasil e pela Rádio Nacional. Vantagem peruana O Peru abriu o placar logo aos cinco minutos de jogo com um bonito gol. Aquino avançou pela direita, girou e tentou o passe para a área. Marquinhos afastou mal e Carrillo chegou batendo de perna direita, de primeira, no cantinho do goleiro Weverton. O Brasil tinha dificuldades em sair com velocidade do campo de defesa com a marcação alta da seleção peruana, e não conseguia chegar à área adversária tocando. A primeira grande chance brasileira veio aos 12 minutos, logo depois de Marquinhos deixar o campo, lesionado, para a entrada de Rodrigo Caio. Richarlison aproveitou lançamento longo e ajeitou de cabeça para Roberto Firmino. O camisa 20 finalizou e Gallese salvou o gol. Aos 22 minutos, a seleção da casa assustou novamente em um chute cruzado de Gonzáles que Weverton defendeu em dois tempos. Três minutos depois, Neymar foi puxado na área e sofreu pênalti. Ele mesmo foi para a cobrança e empatou. O camisa 10 da seleção brasileira chegou a marcar o segundo dele na partida ainda no primeiro tempo, aos 27 minutos, mas a jogada foi anulada por impedimento de Richarlison no início do lance. Vitória na etapa final A segunda etapa começou com o Peru melhor. Logo aos cinco minutos, Trauco apareceu na área e chutou cruzado de perna esquerda, obrigando Weverton a fazer grande defesa. Aos 13 minutos, a equipe da casa ficou novamente na frente. Tapia arriscou de fora da área, a bola desviou em Rodrigo Caio e enganou Weverton. Assim como no primeiro tempo, o Brasil reagiu. Neymar cobrou escanteio pela esquerda, Roberto Firmino desviou na segunda trave e Richarlison completou. O lance foi para análise do VAR (árbitro de vídeo), que demorou quatro minutos para confirmar o gol do Brasil. A virada veio aos 34 minutos. Neymar dividiu no alto e a bola sobrou para Richarlison. O atacante lança Everton, que invade a área e cruza rasteiro. Neymar foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. O camisa 10 foi para a cobrança e, com categoria, fez o terceiro do Brasil. No fim do jogo, o zagueiro Zambrano recebeu cartão vermelho por uma cotovelada no rosto de Richarlison. O Brasil partiu para cima e fez o quarto gol. Éverton passou para Everton Ribeiro, que chutou na saída de Gallese. A bola desviou no goleiro, bateu na trave direita e Neymar apareceu para fazer o terceiro dele no jogo. Marca de Neymar Com o triplete da noite desta terça-feira, Neymar atingiu a marca de 64 gols com a camisa da seleção brasileira, de acordo com a Fifa. Ele superou Ronaldo Fenômeno e agora é o segundo jogador com mais gols pelo Brasil em partidas oficiais, atrás apenas de Pelé, que tem 77 gols. Na contagem da CBF, que leva em consideração partidas contra clubes e combinados, Neymar também tem 64 gols e ainda está atrás de Ronaldo e Zico. O Fenômeno aparece com 67 gols e o ídolo do Flamengo, com 66. Pelé soma 95.

Federação Alemã é alvo de buscas em investigação de evasão fiscal

access_time08/10/2020 07:54

Promotores e autoridades fiscais da Alemanha vasculharam escritórios da Federação Alemã de Futebol (DFB) e residências de atuais e antigos dirigentes sob suspeita de grave sonegação de impostos, informou a promotoria de Frankfurt na quarta-feira (7). Segundo os promotores, seis dirigentes não identificados da DFB são suspeitos de terem declarado falsamente receitas de publicidade em estádios de futebol durante jogos em casa da seleção nacional em 2014 e 2015 como receita de gestão de ativos, levando a 4,7 milhões de euros em impostos não pagos. A DFB não paga impostos sobre quaisquer receitas de gestão de ativos, mas é obrigada a fazê-lo sobre os ganhos de atividades comerciais. Seu presidente, Fritz Keller, que assumiu em 2019, disse que a DFB “apoiará totalmente” a investigação em andamento. “Sou a favor de lançar luz sobre isso para que o futebol tenha um futuro limpo”, disse Keller aos repórteres. “Defendi abertura e transparência, portanto, o apoio do Estado a uma investigação só pode ser bem-vindo”, disse o dirigente. Cerca de 200 autoridades foram mobilizadas para as buscas que ocorreram em vários locais em cinco Estados federais. “Com base nas investigações até agora há a suspeita de que os acusados sabiam da incorreção do imposto, mas o escolheram conscientemente para dar à DFB uma grande vantagem fiscal”, disse a promotoria em nota.

São Paulo empata com o River Plate no Morumbi com dois gols contra

access_time18/09/2020 09:01

Nessa quinta-feira, o São Paulo empatou por 2 a 2 com o River Plate em partida muito movimentada no Morumbi, válida pela terceira rodada do grupo D da Libertadores. Mesmo sem jogar há seis meses, os argentinos conseguiram um bom resultado no Morumbi. Os dois gols do Tricolor foram marcados por jogadores adversários, já que Enzo Pérez e Angileri mandaram contra a própria meta, enquanto Borré e Álvarez fizeram para o River. O Tricolor iniciou melhor em campo e, após Hernanes levar perigo em chute de fora da área, conseguiu abrir o placar após bela jogada coletiva. Reinaldo finalizou, a bola desviou em Enzo Pérez e morreu nas redes. Com a desvantagem, o River Plate acordou e passou a pressionar o Tricolor. O gol de empate saiu aos 18 minutos, com os argentinos envolvendo facilmente a defesa do São Paulo. Mesmo cansado no segundo tempo, o River Plate conseguiu chegar ao seu segundo gol, com Álvarez finalizando com liberdade dentro da área. No entanto, logo em seguida, Reinaldo foi a linha de fundo, cruzou para área e contou com desvio de Angileri contra o próprio patrimônio. Com o empate, o São Paulo chegou aos quatro pontos, na terceira colocação do grupo D. Na próxima rodada, o time visita a LDU, no Equador, na terça-feira que vem, às 21h30. Enquanto isso, o River Plate foi aos mesmos quatro pontos, na segunda posição da chave, com um maior saldo de gols. O próximo compromisso da equipe é contra o Binacional, no Peru, na terça-feira, às 21h30. O jogo – Depois de cinco minutos com poucas emoções, o São Paulo foi o primeiro a assustar no Morumbi, com Hernanes. O camisa 15 recebeu passe de Pablo e arriscou chute de esquerda de fora da área, exigindo defesa de Armani no canto. O Tricolor permaneceu no ataque e conseguiu abrir o placar aos nove minutos. Após boa jogada trabalhada, Igor Vinícius cruzou para dentro da área e Reinaldo finalizou de primeira. A bola desviou em Enzo Pérez e morreu na rede. Depois de sofrer o gol, o River Plate partiu para o ataque e Volpi fez sua primeira intervenção no jogo. Álvarez recebeu pela direita e, de fora da área, arriscou forte, parando em defesa do goleiro do São Paulo. Na sequência, os argentinos chegaram ao gol de empate. Em bela troca de passes, os visitantes chegaram com facilidade dentro da área do Tricolor. Álvarez recebeu de Matías Suárez e cruzou rasteiro para Borré, que finalizou e deixou tudo igual. Antes do intervalo, o São Paulo ainda conseguiu levar perigo em finalização de Hernanes. O meia aproveitou sobra na entrada da área, engatilhou o chute de esquerda e a bola passou rente à trave. Na etapa final, a bola rolou com menor intensidade do que nos 45 minutos iniciais. A primeira chance veio com Igor Gomes, que recebeu cruzamento rasteiro de Igor Vinícius e, de fora da área, chutou colocado à esquerda do gol. Com o River Plate cansado pela falta de ritmo de jogo, o Tricolor passou a ter mais posse, mas sem conseguir machucar o adversário. Em uma grande oportunidade, Pablo fez o pivô para Igor Vinícius que, de frente para Armani, optou por um passe ao invés de finalizar. Na primeira chegada do River Plate no segundo tempo, o time chegou à virada. Após sobra de bola dentro da área, Quarta serviu Álvarez dentro da área e finalizou forte, por cima de Volpi para marcar. No entanto, três minutos depois, o São Paulo conseguiu igualar o placar. Reinaldo invadiu a área pela esquerda e cruzou rasteiro. Angileri tentou fazer o corte e mandou contra a sua própria meta.

5 a 0: Fla é dominado e sofre sua maior goleada na história na Libertadores

access_time18/09/2020 08:56

Diante de um dos trabalhos mais consistentes do continente, o Flamengo tomou um choque de realidade em Quito, no Casa Blanca: derrota por 5 a 0 para o Independiente Del Valle, do técnico Miguel Àngel Ramírez. Foi um passeio da equipe equatoriana frente ao desorganizado e apático Flamengo. O atual campeão esteve muito longe de atuar no nível que a Libertadores exige. Com o resultado, o Del Valle segue 100% e líder do Grupo A, com nove pontos após três rodadas. O Flamengo, com seis, permanece na segunda posição e segue no Equador: na próxima quarta-feira encara o Barcelona de Guayaquil. A estratégia de Dome foi por povoar o meio de campo e, assim como na vitória sobre o Fluminense, escalou Diego entre os titulares. O camisa 10 não foi bem e tampouco a ideia funcionou. Se não saiu para marcar alto a saída de bola rival, o Flamengo também não teve intensidade para travar o volume de jogo do Del Valle. Na base do toque de bola, o time de Miguel Àngel Ramírez teve a posse de bola e ampla vantagem em chances criadas. Foram nove finalizações antes do intervalo - sendo seis no gol - contra apenas uma do Rubro-Negro. Por maior que tenha sido domínio, o gol do Del Valle só saiu aos 40 minutos, com ótima infiltração de Moisés Caicedo na área. O jovem meia fez o corta-luz, recebeu de Gabriel Torres e finalizou no cantinho de César: 1 a 0. Altitude à parte, o Flamengo, com uma marcação desencaixada, "facilitou" para o rival. O Flamengo voltou do intervalo sem Diego e com Bruno Henrique, recuperado após 18 dias fora. Se na primeira etapa o Del Valle demorou a marcar, o segundo gol saiu logo aos 5 minutos. A liberdade para os equatorianos, contudo, foi a mesma. Preciado arrancou pela direita e passou por três. O lateral-direito tabelou com Murillo: dominou, olhou e acertou o ângulo da entrada da área. Isso tudo livre, sempre sem ser incomodado pela marcação. E o Flamengo sentiu. Depois do segundo gol, o time foi ainda mais apático e inoperante no jogo. O Del Valle logo se aproveitou e marcou 3 a 0 com Gabriel Torres. Outro bonito gol, em contra-ataque, com finalização no canto esquerdo de César. As substituições de Dome Torrent não mudaram em nada o cenário. Foi aos 35 que o Del Valle encontrou mais um contra-ataque. Com cinco passes a bola saiu da defesa para a letra de Jhon Sánchez, que fez o quarto golaço do líder do Grupo A na Copa Libertadores. Mais uma vez, a marcação desacertada facilitou a vida do time de Miguel Àngel. Erros individuais e coletivos se repetiam enquanto o Flamengo, atortoado, apenas torcida pelo fim do jogo. Para desespero dos rubro-negros, ainda houve tempo para mais um. Beder Caicedo - livre para surpresa de ninguém - recebeu na entrada da área e fez o quinto gol do Independiente Del Valle. Goleada histórica, com todos os méritos para os comandados de Miguel Àngel, apesar da atuação apática do adversário. FICHA TÉCNICA INDEPENDIENTE DE VALLE 5 X 0 FLAMENGO Estádio: Casa Blanca, em Quito (EQU) Data e horário: 17 de setembro, às 21h (de Brasília) Árbitro: Wilmar Roldan (COL) Assistentes: Miguel Roldan (COL) e Sebastian Vela (COL) Renda/Público: Portões fechados Gols: Moisés Caicedo (40'/1ºT), Preciado (5'/2ºT), Gabriel Torres (12'/2ºT), Jhon Sánchez (35'/2ºT) e Beder Caicedo (46'/2ºT) Cartão amarelo: Angelo Preciado (IDV); Willian Arão e Bruno Henrique (FLA) Cartão vermelho: Preciado (IDV) e Bruno Henrique (FLA) INDEPENDIENTE DEL VALLE (Técnico: Miguel Àngel Ramírez) Jorge Pinos; Preciado, Schunke, Segovía e Beder Caicedo; Cristian Pellerano, Moisés Caicedo e Lorenzo Faravelli (Mera, 30'/2ºT); Fernando Guerrero (Jhon Sánchez, 25'/2ºT), Jacob Murillo (Ortiz, 24'/2ºT) e Gabriel Torres (Montaño, 30'/2ºT). FLAMENGO (Técnico: Domènec Torrent) César; Isla, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís (Renê, 30'/2ºT); Willian Arão, Gerson (Thiago Maia, 19'/2ºT), Diego (Bruno Henrique, Intervalo), Everton Ribeiro (Michael, 20'/2ºT) e Arrascaeta (Pedro, 31'/2ºT); Gabriel Barbosa.

Internacional perde para Goiás, que deixa a lanterna

access_time14/09/2020 08:24

O Internacional foi até o estádio da Serrinha neste domingo (13) e acabou sendo derrotado por 1 a 0 pelo Goiás, que, com o resultado, deixou a lanterna da classificação. E a vitória do Esmeraldino foi obtida na base da superação, pois o Goiás teve o lateral-esquerdo Jefferson expulso logo aos três minutos da etapa inicial após entrada violenta no atacante Marcos Guilherme. Depois, a partida se resumiu a tentativas frustradas do Inter marcar. Até que, aos 44 minutos da etapa inicial, o Goiás levanta uma bola na área e Vinícius Lopes aproveita falhas da zaga e do goleiro Marcelo Lomba para abrir o marcador. Goiás 1, Internacional 0, com o então lanterna vencendo o líder. Na etapa final, os gaúchos tentaram ir para cima com tudo, mas forçaram demais nas bolas altas. O jogo acabou sendo praticamente um ataque contra defesa. Mas, mesmo assim, o Inter não conseguiu nem mesmo empatar. No dia 27, o Goiás volta a campo para enfrentar o Ceará no Castelão, pela 12ª rodada do Brasileirão. Já o líder Inter joga na próxima quarta a partir das 19h15, pela Libertadores, contra o América de Cali (Colômbia) no Beira-Rio pela 3ª rodada da fase de grupos. Pelo Nacional, o próximo compromisso será sábado, às 19h, contra o Fortaleza no Castelão. Galo vence e assume vice-liderança Quem venceu e subiu muito na classificação foi o Atlético Mineiro, que superou o Bragantino por 2 a 1 no Mineirão. Com o resultado, o time do técnico argentino Jorge Sampaoli chegou à segunda posição na tabela com 18 pontos. O placar foi aberto pelo experiente zagueiro Réver. Aos 28 minutos de jogo, Guilherme Arana cobra escanteio e o defensor subiu alto para marcar. Com a lei do ex entrando em campo, o Bragantino empatou aos três minutos da etapa final. Artur cruzou, Lucas Evangelista chutou no travessão e a bola bate em Everson. Abola sobra para Alerrandro, livre, marcar o gol do empate. Depois de Sasha ter perdido até um pênalti, o Galo marcou de novo. No sufoco, aos 41 minutos. Savarino aproveitou cruzamento de Keno e deu números finais no Mineirão. Galo 2, Bragantino 1. Na próxima rodada, o Galo pega o Atlético-GO fora de casa. Será no sábado (19), às 21h. O Bragantino recebe o Ceará, também no sábado (19), mas às 19h. Flamengo perde para o Ceará em Fortaleza Na Arena Castelão, o Ceará bateu o Flamengo por 2 a 0. Com uma equipe repleta de jogadores considerados titulares, o Rubro-negro viu interrompida uma sequência de quatro vitórias seguidas. Depois de um primeiro tempo com domínio Rubro-negro, os gols do Vozão saíram no começo da etapa complementar. Aos quatro minutos o zagueiro Luiz Otávio saltou entre os dois zagueiros do Flamengo e abriu o placar. Logo depois, aos 10 minutos, o volante Charles apareceu livre na frente do goleiro César para ampliar o placar. Ceará 2 a 0 no Flamengo. O Ceará joga novamente pelo nacional no próximo sábado contra o Bragantino, às 19h (de Brasília), em São Paulo. O Flamengo joga pelo Brasileiro apenas no dia 27, contra o Palmeiras, às 16h no Allianz Parque. Bahia perde na estreia de Mano Menezes No Pituaçu, o Atlético-GO fez a festa na noite de estreia do Mano Menezes pelo Bahia. Com um gol em cobrança de falta do goleiro Jean, os visitantes garantiram o triunfo de 1 a 0 e saíram com os três pontos. Na próxima rodada, o Bahia pega o Corinthians em São Paulo. O Atlético-GO tem compromisso pela Copa do Brasil, enfrenta o Fluminense, no Maracanã, na quarta-feira (16), às 21h30, jogo que terá a transmissão da Rádio Nacional.

Cuiabá e Figueirense empatam em jogo com gol anulado no fim

access_time09/09/2020 09:32

Cuiabá e Figueirense empataram, há pouco, em jogo disputado na Arena Pantanal. As equipes não conseguiram tirar o zero do placar, em partida válida pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os catarinense ainda tiveram um gol anulado no final do jogo, por impedimento. Com o resultado, a equipe da capital mato-grossense segue no G4. O clube está em 4º lugar, com 15 pontos. Já o Figueirense segue ameaçado pela zona de rebaixamento, em 16º lugar, com 6 pontos. O Cuiabá volta a campo no próximo dia 16, em partida adiada da terceira rodada. O adversário será o CSA e a partida será disputada no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Já o Figueirense vai ao Independência, em Belo Horizonte (MG), enfrentar o América, no dia 19. O jogo – O Cuiabá levou perigo ao Figueirense, logo aos 5 minutos. Após cruzamento de Romário, a bola sobrou para Felipe Ferreira, que chutou. A bola explodiu na defesa. Aos 15, os catarinenses responderam com Gabriel Barbosa. Ele recebeu passe de Diego e arriscou chute. A bola saiu pela linha de fundo. Aos 27, a equipe auriverde voltou a ameaçar os visitantes. Maxwell fez jogada individual, passou por Lucas Carvalho e encontrou Jenison, que chutou longe do gol. Aos 40, Sanchez cobrou falta para o Figueira. Da intermediária, o lateral tentou o chute direto, mas mandou por cima da meta de Matheus Nogueira. Na volta do intervalo, o Figueirense teve três oportunidades de gol. Na primeira, aos 2 minutos, Sanchez cruzou e Gabriel finalizou para fora. Em seguida, aos 4, Diego Gonçalves arriscou chute, tentando encobrir o goleiro do Cuiabá. A bola passou muito perto da meta do arqueiro auriverde. Aos 5, Everton invadiu a área e cruzou para Marquinho, que, livre, cabeceou por cima do gol. O Cuiabá tentou responder com Hayner, aos 7. O lateral driblou Sanchez e bateu cruzado. A bola acabou desviando no zagueiro catarinense e saiu pela lateral. O Figueirense, então, passou a pressionar mais a equipe mato-grossense. Aos 25, Feijão ganhou na corrida e invadiu a área. O atacante bateu firme e obrigou Matheus Nogueira a defender em dois tempos. Aos 29, o lateral Cordoba recebeu dentro da área e bateu de primeira, por cima do gol. O Dourado voltou a ameaçar, aos 32, com Ferrugem, que cobrou falta direta, da intermediária, e mandou à direita da trave adversária. O Figueirense fez bom contra-ataque aos 34, mas Gabriel tentou jogada individual e desperdiçou a chance. Aos 37, foi a vez de Jean Patrick levar perigo ao Figueirense. O volante arriscou chute com efeito e a bola passou muito perto. No final da partida, o Figueirense chegou a marcar um gol. Gabriel Lima bateu de longe e a bola sobrou para Marquinho anotar o tento. O assistente, no entanto, assinalou impedimento. Elyeser, irritado, reclamou após a anulação e acabou expulso.

Bayern bate o PSG e é campeão europeu pela sexta vez

access_time23/08/2020 17:29

Resumão A Liga dos Campeões 2019/20 está em ótimas mãos. O campeão é um velho conhecido, o agora hexa Bayern, mas que se candidata a uma das melhores equipes da história do torneio ao terminar sua campanha com 100% de aproveitamento. A última vítima foi o Paris Saint-Germain de Neymar, superado por 1 a 0 no placar e pela sensação de que ainda há uma diferença no aspecto coletivo. Ironicamente, o gol do título foi do francês Coman, cria das divisões de base do PSG, aos 14 minutos do segundo tempo. Para Neymar, Mbappé e companhia restou o gostinho do quase. "E SE..." Como em todo confronto de matar ou morrer, a história poderia ter tido um rumo diferente. O PSG foi melhor em boa parte do primeiro tempo, quando criou suas melhores oportunidades no jogo. Aos 17, por exemplo, Neymar recebeu de Mbappé, chutou rasteiro e viu Neuer fazer enorme defesa com o pé. Di María e Mbappé também tiveram suas chances, mas faltou capricho - o argentino mandou por cima, enquanto o francês praticamente recuou para o alemão. Eles provavelmente sonharão com esses lances. Na etapa final, faltou gás e também qualidade para o time francês seguir lutando. Choupo-Moting, nos acréscimos, foi quem mais chegou perto de empatar, mas não acertou a bola após jogada de Neymar. CAMPANHA IRRETOCÁVEL O Bayern se tornou o primeiro campeão invicto desde o Manchester United de 2007/08. Com o novo regulamento em função da pandemia, encerrou a sua jornada em Lisboa com 11 vitórias em 11 jogos, 43 gols pró (melhor média de ataque da história) e apenas oito contra. Fez oito no Barcelona, sete no Chelsea (em dois jogos), sete no Tottenham, três no Lyon e controlou o PSG de Neymar e Mbappé na decisão. Lewandowski foi o artilheiro com 15 gols e também o maior garçom, com seis assistências (ao lado de Di María). O GOL Lewandowski é o grande nome do Bayern, mas só é o que é por ter um coletivo que funciona para todos. O gol do título é uma prova disso. Aos 14 minutos, Gnabry recebeu de Kimmich e tentou o passe rasteiro para o meio. Lewandowski escorou para Kimmich, na entrada da área, colocar a bola na cabeça de Coman no segundo pau. O francês se infiltrou nas costas de Kehrer, preocupado com o centroavante polonês à sua frente, e desviou para as redes. Não dava para Navas.

Palmeiras supera Santos no Morumbi e vence primeiro clássico no ano

access_time23/08/2020 17:25

Palmeiras vence primeiro clássico Nos pés de Patrick de Paula, herói do título paulista, o Palmeiras venceu o Santos por 2 a 1 na tarde deste domingo, no Morumbi, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, e deu mais um passo em sua retomada após as más atuações recentes. Patrick fez o gol da vitória no segundo tempo, em belo chute de primeira após passe de Willian. Luiz Adriano, de pênalti, abriu o placar, enquanto Ramires, contra, empatou para o Peixe. No sexto clássico do Palmeiras no ano, enfim a primeira vitória – eram quatro empates e uma derrota. O Santos continua sem vencer os maiores rivais em 2020. Como fica? A vitória leva o Palmeiras aos oito pontos em quatro partidas, enquanto o Santos permanece com sete – já fez cinco jogos. CLIQUE AQUI e veja a tabela do Brasileirão. Craque do Jogo Patrick de Paula foi eleito o melhor jogador da partida pelos comentaristas Casagrande e Ricardinho e levou o prêmio para casa. O goleiro João Paulo, do Santos, foi o mais votado em enquete realizada Primeiro tempo O Palmeiras dominou a maior parte do jogo, criando chances principalmente em chutes de média e longa distância – Bruno Henrique exigiu duas grandes defesas de João Paulo. O Santos tentou aproveitar contra-ataques e escapadas rápidas com Marinho e Soteldo. Só o primeiro teve oportunidades, enquanto o segundo esteve apagado. Na melhor chance do Peixe, Marinho avançou em velocidade, foi “fominha”, mas não chutou bem. O Palmeiras perdeu Marcos Rocha, machucado, e contou com a bola parada para abrir o placar. Alison desviou com o braço uma cobrança de falta de Bruno Henrique, e o VAR recomendou a marcação do pênalti, confirmada em campo. Luiz Adriano bateu e fez 1 a 0. Sánchez quase empatou no fim, em cobrança de falta que passou à esquerda do gol de Weverton. Segundo tempo O Santos voltou com Lucas Braga e Jobson nas vagas de Kaio Jorge e Diego Pituca, e as mudanças deram resultado logo aos dois minutos, quando Braga conseguiu falta na entrada da área, e Jobson desviou a cobrança para as redes – a bola também bateu em Ramires. O Palmeiras respondeu com a entrada de Willian, que deu novo gás ao ataque e passou a armar as principais jogadas. Foi dele o passe para o golaço de Patrick de Paula, que deu a vitória ao Verdão. O Santos ainda tentou o empate no “abafa”, mas acabou perdendo o volante Alison, expulso após falta em Mayke.

Champions; Fla, Grêmio, Palmeiras; os jogos de domingo e onde assistir

access_time23/08/2020 07:45

No domingo, os jogos de futebol se iniciam na parte da manhã com o Campeonato Brasileiro, Flamengo e Botafogo se enfrentam no clássico da rivalidade. Já na parte da tarde, entram em campo para disputar o título mais importante e cobiçado das competições continentais, Bayern de Munique e Paris Saint-Germain em uma final única e histórica. Pela primeira vez o time francês pode ser campeão da Champions, além de ter show de Neymar de um lado e de Lewandoski do outro. O jogo terá transmissão do canal TNT, no Facebook do Esporte Interativo e no EI Plus. No Brasil, tem clássico paulista no Morumbi, Palmeiras e Santos duelam. Para dar continuidade a quinta rodada do Campeonato, Red Bull Bragantino, Coritiba, Vasco, Grêmio, Sport, São Paulo, Ceará e Bahia jogam pelos três pontos válidos. Nosso blogueiro Rafael Reis indica a partida da Champions que irá atrair os olhos do mundo todo e consagrar o campeão: "Dinheiro x Tradição. Individualidade x Organização. Velocidade x Precisão. França x Alemanha. Neymar x Lewandowski. Paris Saint-Germain x Bayern de Munique. Há vários confrontos em jogo na final da Liga dos Campeões. Mas um que não deve acontecer é Tédio x Futebol Ruim. A decisão da Champions 2019/20 promete muita emoção." 11h - Flamengo x Botafogo 5ª rodada do Campeonato Brasileiro Estádio Maracanã Onde assistir: Premiere Após empatar com o Grêmio, o Flamengo precisa de uma vitória para sair da 17ª colocação, enquanto o Botafogo, em uma situação mais confortável, vem de uma vitória importante sobre o Atlético-MG. 16h - Palmeiras x Santos 5ª rodada do Campeonato Brasileiro Morumbi Onde assistir: TV Globo e Premiere O clássico paulista reúne dois grandes de São Paulo. O Palmeiras enfrenta o Santos após uma vitória suada, enquanto o time da baixada, também vem de uma vitória por 1 a 0. 16h - Red Bull Bragantino x Coritiba 5ª rodada do Campeonato Brasileiro Estádio Nabi Abi Chedid Onde assistir: Premiere A vitória do Red Bull Bragantino na última rodada favorece a confiança do time em campo, já o Coritiba que jogou com um a menos, foi derrotado pelo Corinthians por 3 a 1. 16h - Vasco x Grêmio 5ª rodada do Campeonato Brasileiro Estádio São Januário Onde assistir: TV Globo (Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul), SporTV e Premiere. Na liderança do campeonato, o Vasco teve até agora 100% de aproveitamento e busca mais uma vitória. O Grêmio, que empatou com o Flamengo e ocupa o 7º lugar, quer os três pontos para melhorar sua colocação. 16h - Bayern de Munique x Paris Saint-Germain Final da Champions League Estádio Luz Onde assistir: TNT, Facebook do Esporte Interativo e no EI Plus. O estreante da final Paris Saint-Germain duela contra o gigante Bayern de Munique, que acumula 5 conquistas. Os dois clubes derrotaram seus adversários na semifinal por 3 a 0 e avançam para o confronto final em busca do título, em uma partida única que promete grandes emoções. 19h - Sport x São Paulo 5ª rodada do Campeonato Brasileiro Estádio Ilha do Retiro Onde assistir: SporTV e Premiere Vivendo uma crise nos bastidores e na torcida, o São Paulo empatou com o Bahia na última rodada e agora precisa dos três pontos para ao menos amenizar a situação. O Sport, que foi derrotado e ocupa o 16º lugar, quer melhorar sua colocação na tabela. 20h - Ceará x Bahia 5ª rodada do Campeonato Brasileiro Estádio Castelão Onde assistir: Premiere e TNT. Após empatar com o São Paulo no Morumbi, o Bahia ocupa a 4ª posição e deseja se manter no topo. O Ceará está em penúltimo lugar e precisa de 3 pontos para subir na tabela.