ALUGAR CAMPO
Notícias recentes
Ação integrada de forças de segurança prende 22 pessoas por invasão a propriedade rural

Ação integrada de forças de segurança prende 22 pessoas por invasão a propriedade rural

access_time31/10/2023 17:02

Uma ação integrada das forças de segurança resultou na prisão de 22 pessoas, nessa segunda-feira (30

Jovem bêbado se descontrola em Peixoto, agride irmão e acaba preso

Jovem bêbado se descontrola em Peixoto, agride irmão e acaba preso

access_time31/05/2023 10:12

A Polícia Militar prendeu o acusado, de 22 anos, ontem à noite, pelo crime de lesão corporal, durant

Inscrições para o Sisu começam nesta segunda-feira

Inscrições para o Sisu começam nesta segunda-feira

access_time22/01/2024 11:47

Começam nesta segunda-feira (22) as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que selec

POLÍCIA

Suspeito de enforcar mãe e irmão de 11 anos é preso pela Polícia Militar

access_time22/05/2024 15:25

Um jovem de 18 anos foi preso na madrugada desta terça-feira (22.05) suspeito por lesão corporal e ameaça contra a própria mãe, o irmão e o padrasto, durante uma confraternização, em uma residência localizada no bairro Jardim Boa Esperança, no município de Denise (210 km de Cuiabá). As vítimas foram enforcadas e apresentavam escoriações pelo corpo.  De acordo com boletim de ocorrência, as vítimas compareceram ao Núcleo de Polícia Militar da cidade para denunciar o suspeito. A mãe do jovem relatou que viu o filho enforcando o irmão, de apenas 11 anos, e que, ao tentar intervir na situação, também foi enforcada pelo suspeito. Ela informou que as agressões são constantes.  Segundo as vítimas relataram para a polícia, a criança correu para chamar o padrasto, que estava dormindo no momento das agressões. Ao chegar no local, o homem viu o suspeito agredir a mãe, que ficou com várias lesões na região do pescoço. Ao tentar socorrer a esposa, o padrasto começou uma nova briga com o suspeito, que apresentava várias lesões pelo corpo.   Posteriormente, as vítimas correram para dentro do imóvel e tentaram segurar as portas e janelas para que o suspeito não entrasse. O homem destruiu o local e as vítimas conseguiram fugir. Elas sofreram diversas ameaças de morte. Após a denúncia, policiais militares se deslocaram até o endereço e flagraram o suspeito dormindo no sofá. O homem foi encaminhado à delegacia para registro do boletim de ocorrência.  Disque-denúncia    A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Polícia Civil identifica proprietária de dinheiro e devolve R$ 2,9 mil esquecidos em caixa eletrônico

access_time22/05/2024 13:00

Uma quantia de R$ 2,9 mil em dinheiro esquecidos no caixa eletrônico de um banco foram restituídos para a vítima, nesta terça-feira (21.05), após minucioso trabalho de investigação realizado por policiais da Delegacia de Alta Floresta. A equipe da Polícia Civil tomou conhecimento dos fatos, no dia 27 de fevereiro de 2024, quando um cidadão encontrou o valor exposto em um caixa eletrônico de uma agência bancária. Diante do fato, a equipe da Divisão de Investigações Gerais (DIG) da Delegacia de Alta Floresta iniciou um trabalho diligente para identificar e localizar a pessoa que havia esquecido a quantia, sendo após muitos esforços, possível identificar e localizar a proprietária do valor. Nesta terça-feira (21), a dona do dinheiro compareceu à delegacia, onde recebeu de volta os R$ 2.9 mil que havia perdido, não sofrendo o prejuízo. O caso ressalta a importância da honestidade e da cooperação entre cidadãos e policiais, destacando o compromisso da Polícia Civil com a segurança e a justiça na comunidade.

Alunos de direito da FGV processam PornHub e XVideos por conteúdos com exploração sexual infantil

access_time22/05/2024 11:49

Um grupo de alunos da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em parceria com o Centro de Assistência Jurídica Saracura (CAJU), entrou com uma ação contra os sites de pornografia PornHub e XVideos. O objetivo é investigar a possível distribuição de conteúdo envolvendo exploração sexual infantil. A ação busca produzir provas sobre a eficiência dos mecanismos de controle das plataformas para impedir a divulgação de vídeos com cenas de violência sexual envolvendo crianças e adolescentes, sejam elas explícitas ou simuladas. Estudos indicam que a violência sexual contra crianças está diretamente ligada à pornografia que envolve abuso sexual infantil. A ampla disponibilização de vídeos nessas plataformas, de fácil acesso e alta visibilidade, estimula a sexualização, fetichização e abuso sexual de menores. Tanto o PornHub quanto o XVideos deixam explícito em seus termos de uso que é proibida a disponibilização de conteúdo sexual envolvendo crianças, inclusive por simulação. Elas se comprometem a retirar vídeos inadequados rapidamente e a denunciar os usuários responsáveis às autoridades competentes. No entanto, a ação afirma que há “nítida falha de seus supostos mecanismos internos de controle”, apesar das proibições claras e dos alegados mecanismos tecnológicos e humanos para inibir este tipo de conteúdo. “A análise dos Termos de Serviço mostra que ambas as plataformas reconhecem a proibição de vídeos com menores de 18 anos e de simulação de práticas sexuais infantis. No entanto, uma busca rápida revela uma série de vídeos que simulam violência sexual contra crianças e adolescentes,” alerta a ação. Eloísa Machado, professora da FGV e uma das advogadas da ação, enfatiza: “A disponibilização desses vídeos é proibida tanto pelo Código Penal quanto pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. As plataformas que operam no Brasil devem seguir as leis brasileiras.” A ação foi protocolada em 17 de maio de 2024, véspera do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, com o intuito de expor práticas ilegais de algumas plataformas digitais.

PM prende foragido da Justiça identificado pelas câmeras de monitoramento na Arena Pantanal

access_time16/05/2024 17:07

A Polícia Militar prendeu nesta quarta-feira (15.05) um homem com mandado de prisão em aberto, durante a partida entre Cuiabá e Deportivo Garcilaso, pela Copa Sul-Americana, na Arena Pantanal, em Cuiabá. O homem foi identificado por meio de câmeras de reconhecimento facial instaladas nas entradas do estádio, que atuam em conjunto com as câmeras do Vigia Mais MT. Os policiais do 10º Batalhão receberam alertas do Ciosp sobre a presença de um homem com mandado de prisão em aberto, que estava na Arena Pantanal para assistir ao jogo. Os militares foram até o suspeito e identificaram que o homem estava com um mandado de prisão em seu desfavor por não pagamento de pensão alimentícia, expedido pela 3º Vara Especializada de Família e Sucessões, pela comarca de Cuiabá. O suspeito foi abordado e recebeu voz de prisão pela PM. O comandante do 10º Batalhão de PM, tenente-coronel Bruno Marcel Souza Tocantins, explica que o sistema de reconhecimento facial foi adquirido pelo Cuiabá Esporte Clube, sendo obrigatório para a entrada dos torcedores na Arena Pantanal, e atua em conjunto com o Ciosp da Secretaria de Segurança Pública, emitindo alertas de presença de possíveis infratores da lei. “O sistema funciona em conjunto com as câmeras do Vigia Mais MT, que cobrem o entorno do estádio. Nesse caso, o sistema de checagem integrado ao Ciosp identificou que esse indivíduo estava com mandado de prisão e assim ele foi abordado pela nossa equipe da PM, constatando o fato. É um sistema muito importante, porque alia a atividade policial à tecnologia, garantindo mais segurança a todos”, informou o comandante da unidade. Após ser detido, o suspeito foi encaminhado para a Central de Flagrantes para registro da ocorrência e posteriormente a Polinter, onde teve sua prisão cumprida.

Polícia Civil prende em flagrante homem que fez imagens de vítimas nuas

access_time16/05/2024 15:19

A equipe da Delegacia de Tapurah prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (15.05) um suspeito pelo crime de armazenar conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. A esposa do suspeito procurou a Delegacia de Tapurah e comunicou que havia encontrada em seu celular fotos e vídeos, feitos pelo suspeito e sem o consentimento das vítimas, mostrando mulheres e crianças trocando de roupa. Uma das vítimas é a enteada do suspeito, de apenas nove anos. Considerando que a prática de armazenar material de cunho sexual e sem o consentimento das vítimas é crime permanente, a equipe policial iniciou diligências para localizar o suspeito, de 22 anos. Ao ser detido, ele confessou a prática do delito e foi encaminhado à delegacia, onde foi autuado pelo crime sexual.

Polícia Civil de MT participa de grupo de trabalho para aprimorar atuação da Polícia Comunitária no país

access_time16/05/2024 14:46

A Polícia Civil de Mato Grosso participa de Grupo de Trabalho organizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, com objetivo de elaborar estratégias para aprimorar a atuação da Polícia Comunitária no país. Formado por profissionais de várias regiões do Brasil, o Grupo de Trabalho se reuniu em Brasília (DF), nos dias 6 a 10 de maio, para desenvolver atividades de institucionalização do Curso Nacional de Polícia Comunitária Aplicada – Multiplicador. Representando Mato Grosso, o delegado de polícia Carlos Francisco de Moraes, participou do evento promovido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Durante as reuniões de trabalho em que se instituiu a criação do 1º Curso Nacional de Polícia Comunitária Aplicada, foram compartilhadas boas práticas que contribuíram para definir o projeto pedagógico do curso nacional para aplicação de conhecimento aos profissionais de segurança pública em todos os estados. Conforme o delegado Carlos Francisco, o curso está em processo de desenvolvimento e visa capacitar os servidores para serem multiplicadores das estratégias de policiamento comunitário aplicado, com vista a oferecer serviços mais alinhados às necessidades de segurança da comunidade, com foco em pessoas, grupos e territórios vulneráveis. “Esses encontros são essenciais para definir a estrutura do curso e garantir que ele atenda de forma abrangente às necessidades dos profissionais e das comunidades beneficiadas por essa abordagem de policiamento”, disse o delegado.   A Polícia Comunitária Aplicada desempenha papel importante na identificação, análise, resposta e avaliação de problemas de segurança local ao estabelecer um relacionamento de proximidade com as pessoas, grupos e territórios atendidos com os serviços de policiamento especializado, continuado e humanizado das instituições de segurança pública. Integram o Grupo de Trabalho (GT) especialistas da Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Municipal de todas as regiões brasileiras e conta com representantes de Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Minas Gerais, Paraná e São Paulo.Com informações SENASP - MJSP

Equipe da Polícia Civil conhece estrutura do FBI e troca experiências com órgão de investigação norte-americano

access_time16/05/2024 10:23

Representantes da Polícia Civil de Mato Grosso realizaram visita institucional, na última semana, ao Departamento Federal de Investigação (FBI), na cidade de Washington, capital dos Estados Unidos da América. Os diretores de Atividade Especiais, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, e da Academia de Polícia, Fausto José Freitas da Silva, acompanhados do gerente de Operações Especiais, Frederico Murta, participaram do intercâmbio para conhecer os serviços de inteligência e segurança dos EUA. Durante a viagem, os gestores da Polícia Civil visitaram a sede do FBI e a Academia da Polícia Metropolitana, onde conheceram a estrutura de funcionamento desenvolvida pela agência federal de investigação do país norte-americano. A equipe de Mato Grosso participou de reuniões de trabalho, tratando sobre diversos assuntos relacionados à segurança pública, entre os quais a atuação de facções criminosas na América e a importância de coibir o avanço dessas organizações. Os delegados também tiveram oportunidade de explanar sobre a realidade criminal nos municípios mato-grossense, atividades e técnicas de inteligência voltadas para o combate à violência, e da criação de ferramentas investigativas pautadas em tecnologia.Programação A primeira visita, no dia 7 de maio, foi na cidade de Quantico, localizada no estado norte-americano da Virgínia. O local é conhecido por sediar a principal base e centro de treinamento do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos e onde está situada a Academia do FBI. Na quarta-feira (08.05), os representantes da Polícia Civil de Mato Grosso foram à sede do FBI, em Washington. Além de reuniões, conheceram os setores administrativos e operacionais. Na quinta-feira (09.05), a visita foi na Academia da Polícia Metropolitana de Washington. Houve também visita em uma edificação com cenários simulados, onde são desenvolvidos os treinamentos táticos e investigativos, oportunidade em que o grupo da Polícia Civil teve acesso a uma aula sobre abordagem, ministrada pelos instrutores da academia. Já na sexta-feira (10.05) foram realizadas visitações complementares para conhecer a história e o trabalho de segurança pública nos EUA. O diretor de Atividades Especiais falou sobre a experiência positiva, que possibilitou a troca de informações entre as instituições, resultando em elementos importantes e que, após estudo, poderão ser aplicados na Polícia Civil de Mato Grosso. “Foram dias intensos de conhecimento que certamente servirão para aprimorar as ações de repressão da criminalidade organizada em nosso estado", destacou o diretor Vitor Hugo. Para o gerente da GOE, delegado Frederico Murta, a visita à Academia do FBI foi produtiva, pois a instituição é referência mundial em investigação e segurança pública. “Como se trata de área militar restrita e onde não há visitação pública, sem dúvidas foi uma oportunidade única para nossa instituição em busca de avanços nas áreas de ensino e capacitação”, pontuou o delegado. O diretor da Acadepol, Delegado Fausto Freitas, finalizou ressaltando a importância de se buscar parcerias dentro e fora do país, para proporcionar aos servidores da PJC conhecimentos sobre o que se tem de melhor em recursos e técnicas de investigação. “Tanto o FBI quanto o Departamento de Polícia Metropolitana de Washington-DC se colocaram à disposição para contribuir na qualificação dos nossos policiais, com cursos e materiais de estudo”, destacou Fausto.

Uso indevido da passarela de pedestre em Peixoto de Azevedo

access_time15/05/2024 15:10

Apesar de ser uma cena comum em algumas cidades brasileiras, a prática de passar com a moto em passarelas, calçadas e acostamentos é condenada pelo Código de trânsito Brasileiro (CTB). A questão é simples, os locais têm outras finalidades e não são destinadas ao tráfego de veículos. O comportamento coloca em risco a segurança de pedestres e até mesmo do condutor, que pode se machucar em um acidente. A multa para os condutores que insistam em transitar com a moto em passarelas e calçadas custa R$ R$ 880.41. Isso porque a penalidade da infração gravíssima é multiplicada por três. Além do prejuízo financeiro, a prática pode causar outros danos ao condutor e à terceiros. Um estudo da Confederação Nacional de Municípios (CNM) aponta que, entre as mais de 1,25 milhões de pessoas, que perdem a vida anualmente no trânsito, 23% são motociclistas, 22% pedestres e 4% ciclistas. Logo, quase metade das mortes envolvem aqueles com menos proteção.  Em Peixoto de Azevedo, no inicio do mês de maio foi instalado a primeira passarela na região e por falta de aviso ou por brincadeira, já foi flagrado pessoas atravessando a mesma montados em animais e também de motos, colocando em risco a segurança dos pedestres.

Bombeiros resgatam idosa que estava desaparecida após cair em bueiro

access_time15/05/2024 11:40

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT) realizou uma operação de resgate para salvar uma idosa de 70 anos que caiu em um bueiro, em Juína (745 km de Cuiabá), nesta terça-feira (14.05). A vítima havia desaparecido e uma equipe já havia feito buscas em regiões de mata com uso de drone, mas não conseguiu localizá-la. Por volta de 19h, a neta da vítima levou até 14ª Companhia Independente Bombeiro Militar (14ª CIBM) um vídeo de uma câmera de segurança que mostrava a silhueta de uma pessoa desaparecendo no escuro, próximo a um bueiro. Os bombeiros foram ao local indicado e, após removerem a tampa da "boca de lobo", constataram que a idosa se encontrava dentro da tubulação de 40 cm que fazia a ligação entre a caixa de passagem e o próprio bueiro. Devido ao estreito espaço da tubulação, os bombeiros não conseguiram entrar para resgatar a mulher diretamente. Então, foi necessário o uso de uma retroescavadeira para abrir uma passagem a cerca de 100 metros do local. A partir dessa abertura, a equipe da 14ª CIBM conseguiu ter acesso à vítima. A idosa foi retirada do local e a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizou a estabilização e o transporte da mulher até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para os devidos cuidados médicos.

PMMT inicia Curso de Técnicas de Apoio Policial para 32 militares da instituição

access_time13/05/2024 18:11

A Polícia Militar de Mato Grosso realizou, na tarde desta segunda-feira (13.05), a aula inaugural do 1º Curso de Técnicas de Apoio Policial, em Cuiabá. O curso é ministrado pela Força Tática do Primeiro Comando Regional e conta com 32 alunos da Capital e da cidade de Vila Rica. O curso tem duração de três semanas e tem como iniciativa o aperfeiçoamento das atividades desempenhadas pelos militares dos Grupos de Apoio (GAPs) dos batalhões de área, que são unidades formadas por policiais treinados para dar o apoio necessário às equipes de policiamento de rotina, em ocorrências que exigem reforço policial imediato.  Ao longo do curso, os policiais serão submetidos a um rígido treinamento teórico e prático, em diversas disciplinas como: abordagem policial, atendimento pré-hospitalar em combate, balística policial, direção operacional, identificação veicular, patrulhamento urbano, tiro policial e uso potencial da força e instrumentos de menor potencial ofensivo e atividades simuladas. A comandante da Força Tática do 1º Comando Regional, tenente-coronel Susane Tamanho, afirmou que a abertura de um novo curso é um momento importante dentro da Polícia Militar, na busca de qualificar os agentes da instituição. “Este é um momento significativo, pois reafirma o nosso compromisso com a excelência, o profissionalismo e a segurança do nosso Estado. O curso foi cuidadosamente desenvolvido para equipar nossos policiais militares com conhecimentos e habilidades essenciais para a execução de seus trabalhos, garantindo que estejam sempre preparados para enfrentar os desafios da profissão”, pontuou a tenente-coronel. O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alexandre Corrêa Mendes, também esteve presente na solenidade e destacou que os cursos de qualificação também são parte do investimento dentro da corporação para melhor prestação de serviço. “Hoje podemos contar com cursos e qualificações técnicas, que só aperfeiçoam a execução dos trabalhos policiais. As unidades do GAP dentro dos nossos batalhões são de suma importância para a rapidez e eficácia do trabalho policial. Com este curso, quem ganha são os nossos militares e também toda a sociedade mato-grossense, que pode confiar no serviço da Polícia Militar”, finalizou. A aula inaugural do curso contou com uma palestra do coronel Januário Batista, comandante do 2º Comando Regional de Várzea Grande, que falou sobre o trabalho e atuação do Grupo de Apoio dentro da Polícia Militar.