Banner Outras
Notícias recentes
Benta Noleto assume a Prefeitura de Peixoto de Azevedo por 30 dias

Benta Noleto assume a Prefeitura de Peixoto de Azevedo por 30 dias

access_time22/01/2019 10:04

Aconteceu de forma inédita na Câmara Municipal de Peixoto de Azevedo a Sessão Extraordinária de tran

Com três de Luiz Adriano, Palmeiras vence Guaraní-PAR e se isola em liderança

Com três de Luiz Adriano, Palmeiras vence Guaraní-PAR e se isola em liderança

access_time10/03/2020 22:45

O Palmeiras não teve vida fácil mesmo jogando em casa, mas venceu o Guaraní-PAR por 3 a 1 na noite d

A cada 3 horas e 40 minutos uma pessoa morre por acidente de trabalho

A cada 3 horas e 40 minutos uma pessoa morre por acidente de trabalho

access_time28/04/2019 18:21

O Brasil registra uma morte por acidente de trabalho a cada 3horas e 40 minutos. Segundo o Observató

POLÍCIA

Fiscalização aplica R$ 4,2 milhões em multas por desmatamento em região de assentamento em MT

access_time12/05/2020 08:37

Uma fiscalização aplicou R$ 4,2 milhões em multas por desmatamento e queimada em uma região de assentamento no município de Querência. A ação foi divulgada nessa segunda-feira (11) pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema) de Mato Grosso. De acordo com a Sema, fiscais da secretaria, servidores do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), e bombeiros militares encontraram os crimes ambientais em seis pontos fiscalizados em região de bioma amazônico, totalizando uma área embargada de quase 700 hectares. As equipes de fiscalização aplicaram R$ 4,2 milhões em multas por crimes de desmatamento ilegal e uso irregular do fogo. Dentre os pontos em que foram constatados os crimes ambientais, três infrações ocorreram dentro do projeto de assentamento Pingo D'Água. A ação das equipes evitou a continuidade de desmatamento ilegal e queima de material lenhoso. Em alguns pontos, as leiras já estavam em formação para posterior uso irregular do fogo.

Para passagem de elefanta, fronteira entre Brasil e Argentina é reaberta após 49 dias

access_time11/05/2020 18:11

A fronteira entre Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, e Puerto Iguazu, na Argentina, foi reaberta nesta segunda-feira (11) para dar passagem à elefanta Mara. Conforme a PRF, a fronteira está fechada há quase 50 dias para a travessia de pessoas e veículos por causa da pandemia do novo coronavírus. Entretanto, foi reaberta para permitir a transferência do animal do zoológico de Buenos Aires, na Argentina, para o Santuário dos Elefantes, na Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso. A elefanta será escoltada até o destino final pela PRF e é levada em um compartimento com janelas, que tem três metros de altura por cinco metros de largura. Segundo a polícia, a previsão é de que o animal chegue ao santuário na quarta-feira (13). O transporte segue protocolo específico sanitário para a proteção da elefanta. Quem é Mara? De acordo com a equipe técnica que acompanha o animal, Mara tem entre 50 e 54 anos de idade e saiu do antigo zoológico da capital da Argentina no sábado (9). A elefanta nasceu em um cativeiro na Índia e foi comercializada para outro cativeiro na Alemanha. Nos primeiros anos de vida, em 1970, foi levada para o Uruguai, onde permaneceu no Circo África. Na sequência, passou a fazer parte do Circo Sulamericano, na Argentina. Com a falência do grupo, a elefanta foi levada ao zoológico argentino após uma ação judicial. Segundo a equipe, Mara é monitorada permanentemente e come, em média, 100 quilos de verduras e legumes por dia. Todos os cuidados do animal durante o percurso são realizados por profissionais que acompanham o animal.

Conselho anuncia operação em áreas protegidas da Amazônia Legal

access_time11/05/2020 17:39

O Conselho Nacional da Amazônia Legal anunciou a deflagração de operações contra “atividades ilegais em áreas protegidas por lei federal”, a partir de Porto Velho, Cuiabá e Marabá (PA). As ações ocorrem no âmbito da Operação Verde Brasil 2. De acordo com nota divulgada pela Vice-Presidência da República, fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) já estão fazendo buscas e autuações nos locais, protegidos por forças federais que atuam na região com poder de polícia conferido pelo decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), que foi instituído com o objetivo de “prevenir e reprimir delitos ambientais, bem como dar combate a focos de incêndio”. As operações foram planejadas tendo por base relatórios da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), órgão central do Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin) e imagens geradas pelo Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam). Segundo a nota divulgada pelo conselho, que é comandado pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão, detalhes da operação serão apresentados ainda hoje (11) durante coletiva de imprensa que contará com a participação de ministros e autoridades militares, entre elas o próprio vice-presidente.

Jovem é preso acusado de comercializar drogas em Peixoto de Azevedo

access_time08/05/2020 10:09

Um jovem foi preso, ontem, em Peixoto de Azevedo, por policiais militares do Grupo de Apoio (GAP) acusado de tráfico de drogas, na região da rua Salvador. Com ele, foram apreendidos papelotes e porções de maconha, celular, correntes e mais de R$ 330. De acordo com o boletim de ocorrência, ao chegar no local da denúncia os policiais viram o suspeito subir rapidamente e sair em alta velocidade com uma moto Dream. Os militares fizeram o acompanhamento tático e conseguiram interceptá-lo na avenida Natal pouco tempo depois. Na busca pessoal, foram encontradas as porções de maconha, dinheiro e o suspeito confessou que na sua residência havia mais entorpecentes e plásticos para embalar as drogas. Ele foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil para as providências necessárias.

Empresário que vendeu respiradores falsos à Prefeitura de Rondonópolis tem veículos apreendidos

access_time06/05/2020 08:56

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) cumpriu nesta terça-feira (5) mandados de buscas e apreensões na cidade de Palmas, no Tocantins, na investigação que apura o estelionato praticado na venda de ventiladores pulmonares para a Prefeitura de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. Equipe coordenada pelo delegado Santiago Rozendo Sanches apreendeu na capital do Tocantins dois veículos pertencentes a um dos mentores do esquema da venda dos aparelhos à Prefeitura de Rondonópolis. No dia 30 de abril, a Polícia Civil prendeu, em Rondonópolis, o suspeito de fazer a venda dos aparelhos à prefeitura. Ele estava na cidade para tentar o desbloqueio dos valores pagos pela Prefeitura e que a Polícia Civil conseguiu bloquear das contas da empresa. Empresário que vendeu respiradores falsos à Prefeitura de Rondonópolis (MT) tem veículos apreendidos pela polícia — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria No dia 22 de abril a Secretaria de Saúde do município procurou a Polícia e registrou uma ocorrência relatando que, diante da situação da pandemia do coronavírus (Covid-19) e necessidade de atendimento à unidade de saúde, foram adquiridos 22 aparelhos respiradores pulmonares, em processo de dispensa de licitação. Fraude Na celebração do contrato com a Prefeitura de Rondonópolis ficou estabelecido que o pagamento fosse realizado após a entrega dos aparelhos, que ficou marcada para os dias 16 e 17 de abril, em Goiânia (GO). Diante do combinado, uma equipe da Prefeitura foi até a capital goiana para buscar os aparelhos. Antes de fazer o carregamento, foram feitas fotos dos equipamentos e encaminhadas à Secretaria de Saúde, sendo demonstrados pelos adesivos que se tratavam dos ventiladores pulmonares. Desta forma, o pagamento foi efetuado pela Prefeitura de Rondonópolis na conta da empresa, porém, quando os equipamentos chegaram no dia 22 de abril na Unidade de Pronta Atendimento (UPA) da cidade foi constatada se tratar de uma falsificação, pois se tratavam de monitores com aparência de respiradores, sendo colocados adesivos e manuais como sendo os de respiradores. Antes que a equipe da Prefeitura descobrisse a fraude, um representante da empresa entrou em contato diretamente com a UPA solicitando para que não abrissem as caixas dos aparelhos até o dia 4 de maio, ocasião em que um autorizado viria até a cidade para a instalação dos equipamentos. Investigações Imediatamente após o registro da ocorrência, a Derf Rondonópolis iniciou as diligências para investigar o caso e uma equipe foi até Palmas, cidade onde supostamente ficava a sede da empresa vencedora da licitação. Na ocasião, o suspeito, responsável pela empresa, já havia deixado a cidade e não foi localizado. Entretanto, a Polícia conseguiu o bloqueio em conta do pagamento efetuado pela Prefeitura de Rondonópolis. Com apoio da Polícia Civil do Tocantins, as investigações avançaram, sendo possível identificar e qualificar o suspeito do crime, que teve o mandado de prisão representado pela Polícia Civil e decretado pela Justiça. Ele foi preso em Rondonópolis, onde esteve a fim de tentar reaver os valores que a Polícia Civil já havia conseguido bloquear de suas contas bancárias. Segundo o delegado Santiago Rozendo, foram bloqueados das contas das empresas do investigado cerca de R$ 3 milhões adquiridos através da venda fraudulenta. As investigações identificaram que o suspeito adquiriu monitores cardíacos, equipamento de valor muito inferior ao de um respirador pulmonar, pelo valor de R$ 10 mil e adulterou o produto para dar aparência de ventiladores e revendeu à Prefeitura pelo valor de R$ 188 mil cada.

Delegada não descarta possibilidade de envolvimento de policiais no furto de avião em Matupá

access_time05/05/2020 10:01

A delegada da Polícia Civil de Matupá, Juliana Rado, não descartou, em entrevista, a possibilidade de envolvimento de policiais no furto do Cessna Aircraft 182, prefixo PT-JAX, levado do aeroporto do município no dia 21 do mês passado (feriado). Os criminosos estouraram o cadeado com a corrente que estava na hélice e também furtaram mais de 3 mil litros de querosene do posto de abastecimento. “Nós já temos os suspeitos mas ainda ninguém foi preso. Talvez, essa semana, tenhamos novidades. Ainda estamos investigando. Gosto de ter cautelas nessas situações. Temos um vídeo apreendido com alguns suspeitos e investigamos envolvimento de outras pessoas. Também estamos apurando o envolvimento de policiais, mas ainda não há nada confirmado”, explicou Rado. Conforme já informado, os policiais militares de Peixoto, Colíder e Matupá com apoio do helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) de Sorriso encontraram, no dia 24 passado, o avião em uma área de mata de menos 5 mil hectares entre os municípios de Terra Nova do Norte e Nova Guarita. A aeronave ficou muito danificada e parou com “o trem de pouso” virado para cima. Após análise da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) o empresário e proprietário foi autorizado a fazer a remoção do avião. O ponto na mata não é de fácil acesso. Uma equipe, de Sinop, começou a desmontar o Cessna. Primeiro foram retiradas as asas para facilitar a remoção da maior parte. GPS e transponder também foram retirados. Depois, a fuselagem foi levada para oficina onde serão feitos os reparos necessários. O proprietário estivou que o avião era avaliado em ao menos R$ 500 mil e para reparar os danos será gasto cerca de R$ 250 mil.

Sete criminosos são presos na fronteira ao alugarem carros e tentar levá-los para a Bolívia

access_time04/05/2020 10:42

Sete pessoas foram presas pelo Grupo Especial de Fronteira (Gefron) depois que alugaram três veículos e tentaram levar os automóveis para a Bolívia. A situação ocorreu no sábado (2) e foi divulgada no domingo (3). De acordo com o Gefron, foram recuperados uma S-10 cinza, uma Duster cinza e uma Saveiro de cor amarela que foram locadas, mas que os condutores não devolveram. Os homens levariam os carros para a Bolívia. Os três veículos estão avaliados em cerca de R$ 184 mil. Durante patrulhamento na MT-388, no sábado, por volta de meio-dia, policiais do Gefron pararam o veículo Duster. Após checagem, descobriram que se tratava de veículo locado. O carro estava com apropriação indébita. O motorista disse aos policiais que levaria o carro para a Bolívia e que ganharia R$ 2 mil para entregar o carro para seis pessoas que o estavam esperando naquele país. A equipe do Gefron foi até o local onde seria o ponto de encontro e antes disso, avistou uma caminhonete atolada próximo à fronteira, junto a S-10, estava uma Saveiro. Os suspeitos que estavam no local para retirar a S-10 do atoleiro eram os mesmos que iriam receber a Duster na Bolívia. Os policiais deram ordem de parada aos indivíduos que tentaram fugir, mas não conseguiram. O Gefron chegou que a S-10 também estava com a locação atrasada e a Saveiro estava no apoio dos demais. Diante dos fatos e considerando a forma e o local do ocorrido, todos foram encaminhados para a delegacia de Fronteira (Defron) para providências que o caso requer.

Acidente mata mulher, marido e filhos em rodovia de Mato Grosso

access_time04/05/2020 10:36

Quatro pessoas morreram, sendo uma mulher, um homem e duas crianças, em um acidente entre dois carros na tarde deste domingo (3) na MT -208, próximo a Alta Floresta. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o marido da vítima - pai das crianças - também morreu logo durante o socorro. As vítimas foram identificadas como Jacinto Faquinello, Elizandra aparecida de Feitas, João Vitor Freitas, de 5 anos, e Nicoli Gabrieli Rodrigues de Freitas. Familiares receberam uma foto das vítimas dentro do veículo tirada momentos antes do acidente. Segundo informações, um veículo Sandero e uma Amarok bateram de frente na rodovia, sendo que os ocupantes da Amarok não foram encontrados no local. No veículo Sandero estava a família, sendo um casal e duas crianças. A mulher morreu no local. Já as crianças foram socorridas pelo bombeiros, mas morreram na unidade de saúde. O motorista foi retirado dos destroços do carro pela equipe de bombeiros. Ele tinha ferimentos graves e conseguia responder informações aos bombeiros. O condutor teve diversos ferimentos e foi levado ao hospital da cidade, mas teve a morte divulgada horas depois. As causas do acidente serão investigadas. Foto tirada da família momentos antes do acidente que matou os quatro em Mato Grosso — Foto: Arquivo Pessoal

Presos fabricam 5,7 mil máscaras que serão utilizadas no Hospital Regional de Sinop

access_time01/05/2020 08:58

O Hospital Regional de Sinop vai receber a doação de 5.733 máscaras de TNT fabricadas na Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Ferrugem). O Conselho da Comunidade de Sinop e a direção da Penitenciária firmaram parceria com o Lions Clube da cidade para que os presos fabricassem as máscaras, que posteriormente serão repassadas para a unidade de saúde estadual. As máscaras foram fabricadas pelos 15 presos que trabalham no projeto Revida “Unidade Corte e Costura”, cujo as máquinas foram adquiridas via convênio com Departamento Penitenciário Nacional (Depen). Eles iniciaram os trabalhos há pouco mais de duas semanas. O material fabricado será utilizado como forma de prevenção ao coronavírus. O Lions Clube recebeu as máscaras no dia 29 de abril, às 14h. Os membros da entidade conheceram a oficina de costura, contudo não tiveram contato com os reeducandos em função da pandemia da Covid-19. Além de ajudar no combate ao vírus, os 15 presos que trabalharam na confecção das máscaras têm a remição da pena. A cada três dias de trabalho, é um dia a menos na pena sentenciada. Produção estadual Em Mato Grosso, recuperandos de 18 das 52 unidades penais de Mato Grosso estão confeccionando máscaras de tecido para os próprios presos, servidores, profissionais da segurança pública, asilos, creches, prefeituras, unidades básicas de saúde e hospitais. São cerca de 130 presos trabalhando na produção  Além disso, o Conselho da Comunidade da Vara de Execução Penal de Cuiabá doou insumos para fabricação de 35 mil máscaras pelos presos do Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto e Penitenciária Central do Estado (PCE), todas na capital. As máscaras são para presos, servidores e para doações.

Peixoto: PRF prende no Nortão criminoso foragido de Goiás acusado de roubo

access_time29/04/2020 21:03

A Polícia Rodoviária Federal prendeu, na BR-163, em Peixoto de Azevedo um homem, de 42 anos, foragido de Goiás por roubo. Ele estava com uma moto Honda XRE e foi parado, ontem, após realizar ultrapassagens irregulares, em alta velocidade na rodovia. Em consulta no sistema, os policiais constataram o mandado de prisão expedido pela justiça. Ele alegou que mora em Peixoto de Azevedo e foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil. Agora, o acusado deve ser recambiado para Goiás onde será concluída a investigação. No dia anterior, também na rodovia federal, no trecho de Matupá. uma mulher, de 40 anos, com mandado de prisão emitido no Pará também foi presa pela PRF. A suspeita responde pelo crime de desmatamento ilegal. Agora, ela estaria morando em Peixoto de Azevedo. A mulher foi apresentada na delegacia de Polícia Civil de Matupá e deve ser apresentada às autoridades no Pará.