Banner Outras
Notícias recentes
Homem morre atropelado em Peixoto de Azevedo

Homem morre atropelado em Peixoto de Azevedo

access_time09/01/2019 22:30

Homem conhecido por "Cabeça Branca" foi atropelado por carreta que seguia sentido Terra Nova do Nort

Governo de MT decreta que municípios com transmissão comunitária de Covid-19 devem impor quarentena aos grupos de risco

Governo de MT decreta que municípios com transmissão comunitária de Covid-19 devem impor quarentena aos grupos de risco

access_time01/04/2020 09:28

O Governo de Mato Grosso impôs medidas mais restritivas para as cidades em que houver confirmação da

Audiência pública para discutir concessão do maior aeroporto de MT deve ser realizada na terça (19)

Audiência pública para discutir concessão do maior aeroporto de MT deve ser realizada na terça (19)

access_time18/06/2018 07:35

Uma audiência pública para discutir a concessão à iniciativa privada do Aeroporto Marechal Rondon, e

SAÚDE

Sinop começa processo de desinfecção em locais públicos contra o coronavírus

access_time01/04/2020 09:41

A Prefeitura de Sinop, começou, nesta quarta-feira (1°), o processo para desinfectar locais públicos da cidade para evitar a transmissão do novo coronavírus. A operação começa às 9h e deve começar no cruzamento das avenidas Saudade e André Maggi, se estendendo para praças, pontos de ônibus e outras regiões onde o fluxo de pessoas é maior. O trabalho é feito por equipes da prefeitura, Corpo de Bombeiros e a Águas de Sinop. Bombas de pulverização com solução desinfetante são usadas em operações de desinfecção biológica. O município não registrou nenhum caso do novo coronavírus. Conforme o último balanço, divulgado no fim da tarde dessa quarta-feira (31) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), há 25 casos confirmados da Covid-19 no estado. Os casos são em Cuiabá (18), Rondonópolis (4), Nova Monte Verde (1) e Várzea Grande (2).

Governo de MT decreta que municípios com transmissão comunitária de Covid-19 devem impor quarentena aos grupos de risco

access_time01/04/2020 09:28

O Governo de Mato Grosso impôs medidas mais restritivas para as cidades em que houver confirmação da transmissão comunitária de coronavírus. Nestas localidades, os municípios deverão impor também a quarentena das pessoas pertencentes aos grupos de risco (idosos, hipertensos, diabéticos, doentes crônicos, etc) e restringir todas as atividades não consideradas essenciais. O decreto com as novas medidas foi publicado em edição extra do Diário Oficial que circula nesta terça-feira (31) e estabelece critérios para a aplicação de medidas para a prevenção dos riscos de disseminação do coronavírus em Mato Grosso. O documento estabelece também como os prefeitos devem agir nos casos em que a transmissão ainda estiver na fase local, ou seja, quando é possível identificar como a pessoa foi contaminada e promover o isolamento de quem teve contato com o infectado. Para essa situação, continuam mantidas as restrições de isolamento social, como a suspensão de eventos, festas e todo tipo de aglomeração. Ainda no documento, estão listadas todas as atividades consideradas essenciais, que estão alinhadas com o que estabelece o Governo Federal. O que é a transmissão comunitária A transmissão comunitária ocorre quando o contágio se dá por fontes não identificadas e de forma indiscriminada, ou seja, quando não é possível saber quem contaminou o paciente ou quantas pessoas foram contaminadas simultaneamente. Confira a lista de atividades consideradas essenciais e que podem continuar a funcionar durante o período da pandemia: I - assistência à saúde, incluídos os serviços médicos e hospitalares; II - assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade; III - atividades de segurança pública e privada, incluídas a vigilância, a guarda e a custódia de presos; IV - atividades de defesa nacional e de defesa civil; V - transporte intermunicipal, interestadual e internacional de passageiros e o transporte de passageiros por táxi ou aplicativo; VI - telecomunicações e internet; VII - serviço de call center; VIII - captação, tratamento e distribuição de água; IX - captação e tratamento de esgoto e lixo; X - geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, incluído o fornecimento de suprimentos para o funcionamento e a manutenção das centrais geradoras e dos sistemas de transmissão e distribuição de energia, além de produção, transporte e distribuição de gás natural; XI - iluminação pública; XII - produção, distribuição, comercialização e entrega, realizadas presencialmente ou por meio do comércio eletrônico, de produtos de saúde, higiene, alimentos e bebidas, ficando vedado, o consumo de alimentos e bebidas no local do estabelecimento; XIII - serviços funerários, ficando os funerais limitados a 20 (vinte) pessoas, salvo em caso de medida mais restritiva imposta pelo órgão sanitário competente; XIV - guarda, uso e controle de substâncias radioativas, de equipamentos e de materiais nucleares; XV - vigilância e certificações sanitárias e fitossanitárias; XVI - prevenção, controle e erradicação de pragas dos vegetais e de doença dos animais; XVII - inspeção de alimentos, produtos e derivados de origem animal e vegetal; XVIII - vigilância agropecuária internacional; XIX - controle de tráfego aéreo, aquático ou terrestre; XX - serviços de pagamento, de crédito e de saque e aporte prestados pelas instituições supervisionadas pelo Banco Central do Brasil; XXI - serviços postais; XXII - transporte e entrega de cargas em geral; XXIII - serviço relacionados à tecnologia da informação e de processamento de dados (data center) para suporte de outras atividades previstas neste Decreto; XXIV - fiscalização tributária e aduaneira; XXV - produção e distribuição de numerário à população e manutenção da infraestrutura tecnológica do Sistema Financeiro Nacional e do Sistema de Pagamentos Brasileiro; XXVI - fiscalização ambiental; XXVII - produção de petróleo e produção, distribuição e comercialização de combustíveis, gás liquefeito de petróleo e demais derivados de petróleo; XXVIII - monitoramento de construções e barragens que possam acarretar risco à segurança; XXIX - levantamento e análise de dados geológicos com vistas à garantia da segurança coletiva, notadamente por meio de alerta de riscos naturais e de cheias e inundações; XXX - mercado de capitais e seguros; XXXI - cuidados com animais em cativeiro; XXXII - atividade de assessoramento em resposta às demandas que continuem em andamento e às urgentes; XXXIII - atividades médico-periciais relacionadas com a seguridade social, compreendidas no art. 194 da Constituição; XXXIV - atividades médico-periciais relacionadas com a caracterização do impedimento físico, mental, intelectual ou sensorial da pessoa com deficiência, por meio da integração de equipes multiprofissionais e interdisciplinares, para fins de reconhecimento de direitos previstos em lei, em especial na Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015 - Estatuto da Pessoa com Deficiência; XXXV - outras prestações médico-periciais da carreira de Perito Médico Federal indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade; XXXVI - fiscalização do trabalho; XXXVII - atividades de pesquisa, científicas, laboratoriais ou similares relacionadas com a pandemia de que trata este Decreto; XXXVIII - atividades de representação judicial e extrajudicial, assessoria e consultoria jurídicas exercidas pelas advocacias públicas, relacionadas à prestação regular e tempestiva dos serviços públicos; XXXIX - unidades lotéricas; XL – clínicas veterinárias e estabelecimentos que comercializam produtos e medicamentos veterinários; XLI - transporte coletivo municipal e metropolitano, sem exceder a capacidade de passageiros sentados. XLII - produção, distribuição e comercialização de etanol e demais derivados; XLIII – obras de infraestrutura pública. Também são consideradas essenciais as atividades acessórias, de suporte e a disponibilização dos insumos necessários a cadeia produtiva relativas ao exercício e ao funcionamento dos serviços públicos e das atividades essenciais, tais como estabelecimentos que armazenem mercadorias, comercializem peças de reposição, prestem serviços de manutenção e que forneçam alimentação em rodovias estaduais e federais, inclusive para consumo no local.

Secretário de Saúde diz que MT já comprou 10 mil testes rápidos para coronavírus e cita demora nos resultados

access_time28/03/2020 08:22

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, afirmou nessa sexta-feira (27) que o governo de Mato Grosso já comprou 10 mil testes rápidos para coronavírus para atender as unidades de saúde da rede estadual. Segundo ele, outros 20 mil testes rápidos já estão sendo providenciados pelo estado. Ele explicou que os testes não serão distribuídos aos municípios e estão à disposição dos hospitais da rede estadual, para testar pacientes que chegam com sintomas mais evidentes da Covid-19 e também para testar os profissionais de saúde que atuam nesses locais. Gilberto também disse que o estado comprou 20 mil testes para encaminhar ao Laboratório Central de Mato Grosso (Lacen). Para Gilberto Figueiredo, a quantidade de testes enviados pelo governo federal, que são 100 unidades, é insuficiente para atender a demanda. Ele também citou nessa sexta-feira diversos fatores, como a demora, para a conclusão dos exames em Mato Grosso. “Com certeza a demora atrapalha, mas nós só podemos divulgar e aceitar os casos quando realmente temos a confirmação, disse ele durante entrevista coletiva transmitida pelo Facebook. Mato Grosso tinha, até sexta-feira, 556 casos suspeitos de Covid-19 e 11 casos confirmados, sendo oito em Cuiabá, dois em Várzea Grande e um em Nova Monte Verde.

Boris Johnson está infectado com o coronavírus

access_time27/03/2020 08:34

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, de 55 anos, está infectado com o coronavírus, de acordo com uma nota do governo divulgada nesta sexta-feira (27). O político conservador teve sintomas leves e vai se isolar. De acordo com um comunicado do governo britânico, ele vai continuar a liderar os esforços contra a epidemia. Segundo um porta-voz do governo, os sintomas apareceram na quinta-feira, um dia após Johnson ter ido ao Parlamento do país para uma sessão de perguntas e respostas. A mídia britânica afirma que outros ministros poderão se isolar, por terem tido contato com Johnson. Over the last 24 hours I have developed mild symptoms and tested positive for coronavirus. I am now self-isolating, but I will continue to lead the government’s response via video-conference as we fight this virus. Together we will beat this. #StayHomeSaveLives pic.twitter.com/9Te6aFP0Ri — Boris Johnson #StayHomeSaveLives (@BorisJohnson) March 27, 2020 Em uma rede social, Johnson afirmou que nas últimas 24 horas ele apresentou sintomas leves e seu teste para a doença Covid-19 foi positivo. "Agora estou me auto-isolando, mas vou continuar a liderar a resposta do governo via vídeoconferência enquanto nós lutamos contra esse vírus", afirmou ele. Johnson ainda agradeceu aos que, como ele, estão trabalhando de casa, de forma remota. Ele agradeceu o sistema público de saúde do Reino Unido por estar trabalhando para ajudar o país a atravessar a pandemia, e reiterou que ficar em casa é fundamental para impedir o espalhamento do vírus. Mudança de estratégia no país Na segunda-feira (23), Johnson, fez um pronunciamento à nação no qual anunciou que os britânicos só podem se deslocar para ir ao trabalho, caso não possam realizá-lo remotamente, e para comprar itens essenciais ou para atender necessidades médicas próprias ou de pessoas vulneráveis. O Reino Unido tem 11.658 casos confirmados de coronavírus. Até sexta-feira (27), 578 pessoas haviam morrido por causa da doença que ele causa. O país mudou de estratégia para combater a Covid-19. Inicialmente, o Reino Unido adotou a estratégia de mitigação da pandemia e de "imunização de rebanho", ou infecção de grande parte da população, que, na teoria, desenvolveria imunidade coletiva com o objetivo de proteger todos os cidadãos. Mas isso mudou: um modelo matemático apresentado pelo Imperial College de Londres deu um panorama extremamente sombrio de como a doença iria se propagar pelo país, como iria impactar o sistema público de saúde (o SUS do Reino Unido, chamado de NHS) e quantas pessoas iriam morrer. Por isso, o país adotou as medidas de distanciamento social e isolamento obrigatório em vigor. Coronavírus real Na quarta-feira (25), o teste do príncipe Charles deu positivo. Charles, de 71 anos, é o filho mais velho da rainha Elizabeth II e o herdeiro do trono. "O príncipe de Gales foi testado positivamente para o Coronavírus", publicou a Casa de Clarence, o nome do palácio onde vive o príncipe. Ele tem sintomas leves, mas está em boa saúde e tem trabalhado de casa nos últimos dias de maneira usual. Charles esteve com a mãe, a rainha Elizabeth II, no dia 12 de março, de acordo com informações de fontes da realeza britânica passadas à Reuters. A rainha tem 93 anos.

Goiás registra 1ª morte por coronavírus no Centro-Oeste

access_time26/03/2020 09:18

O Governo de Goiás confirmou na manhã desta quinta-feira (26) a morte do primeiro paciente com coronavírus no estado. É também o primeiro óbito na região Centro-Oeste. De acordo com o governador Ronaldo Caiado (DEM), a vítima é uma idosa de 66 anos, que morava em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. Ela era hipertensa, tinha diabetes, doença pulmonar obstrutiva crônica e teve dengue recentemente. O número de casos confirmados de coronavírus em Goiás era de 35 até o início da manhã desta quinta-feira, de acordo com boletim da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO). As confirmações foram registradas nos municípios de Goiânia (15), Rio Verde (6), Anápolis (3), Aparecida de Goiânia (2), Valparaíso de Goiás (2), Jataí (1), Catalão (1) e Silvânia (1). Três casos confirmados por um laboratório particular ainda aguardam a atualização do local de residência das pessoas. Dia triste. Goiás registrou 1ª morte por coronavírus. Senhora de Luziânia, de 66 anos, hipertensa, com diabetes, doença pulmonar obstrutiva crônica, teve dengue recentemente. Não resistiu. Meus pêsames e todo apoio e solidariedade à família. Que Deus conforte o coração de todos.— Ronaldo Caiado (@ronaldocaiado) March 26, 2020 A SES afirmou que, a partir do boletim de quarta-feira (25), só vai divulgar o número de registros confirmados de Covid-19. Assim, não serão informados mais os casos suspeitos e os que foram descartados, conforme alinhamento de informações com o Ministério da Saúde (MS). Os registros estão no banco de dados do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) de Goiás. Ressalta-se que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Segundo o boletim de terça-feira (24), o último com dados mais generalizados, 220 casos foram descartados e 1.336 aguardavam resultado do exame. Números no país As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até 8h25 de quinta-feira (26), 2.567 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil com 61 mortos. Prevenção Após os primeiros casos confirmados, o governo estadual decretou uma série de medidas para conter o avanço da doença, como suspensão de aulas, fechamento de shoppings centers e comércios, além de instituir o trabalho em casa para funcionários públicos. Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Terra Nova cria central de monitoramento do Coronavírus e disponibiliza telefone para dúvidas e informações

access_time26/03/2020 07:45

A Secretaria de Saúde de Terra Nova do Norte em parceria com o Gabinete de Enfrentamento do Coronavírus criou uma Central de Monitoramento. O secretário de saúde, Pascoal Alberton, montou uma equipe com médico, enfermeiros e técnicos de enfermagem para estar à disposição da população neste período de enfrentamento ao Coronavírus. O local escolhido para servir de apoio à equipe será o PSF São Pedro que fica no centro da cidade. Os usuários que estão cadastrados neste PSF são orientados a procurar outra unidade de referência neste período. Também foi disponibilizado um telefone celular para receber ligações e orientar os moradores em relação aos sintomas e quando o paciente deve procurar a unidade de atendimento. Pascoal reforçou que a equipe estará à disposição com ambulância para se deslocar até os moradores com sintomas da CIVID-19 e não é necessário sair de casa para ir ao PSF ou ao hospital municipal. De fato, o número de casos suspeitos de Coronavírus ainda não se alastrou no interior do Estado de Mato Grosso, porém todos os cuidados de prevenção e enfrentamento estão sendo tomados. A cidade com maior número de suspeitos na região é Sinop com 22 casos, Matupá com 3, Guarantã 2, Terra Nova com 1 caso suspeito e somente Nova Monte Verde com 1 confirmado. O telefone da central de monitoramento do Coronavírus em Terra Nova do Norte é (66) 9.9603-6195.

Campanha de vacinação da influenza (gripe) será nas residências em Peixoto

access_time26/03/2020 06:38

A Secretaria Municipal de Saúde de Peixoto de Azevedo informa que terá início nessa sexta-feira (27) e sábado (28) às 7h a vacinação dos idosos contra a gripe diretamente nas residências, os vacinadores estarão indo nas casas dos idos e aplicando a vacina. O Objetivo é evitar a aglomeração destas pessoas que estão na categoria de alto risco de serem contaminadas pelo COVID-19 nas Unidades de Saúde do município. Os agentes comunitários de saúde tem mapeadas todas as residências que possuem moradores na idade de vacinação desta etapa da Campanha. AGUARDEM em suas CASAS, a VACINA vai chegar. Na sede do Distrito União do Norte também será realizada a vacinação dos idosos desta mesma forma e nas mesmas datas. Os idosos moradores dos travessões deverão aguardar em suas residências, nos próximos dias a vacinação também chegará. A Secretaria de Saúde informa que esta Campanha de Vacinação irá acontecer desta forma até que todos os idosos do município sejam vacinados.

Pacientes que testaram positivo para o coronavírus em Mato Grosso têm entre 31 e 50 anos

access_time25/03/2020 10:13

Os pacientes que testaram positivo para o novo coronavírus (Sars-Cov-2), em Mato Grosso, têm idades entre 31 e 50 anos, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Conforme o último balanço, divulgado no fim da tarde dessa terça-feira (24), a SES informou que o estado tem sete casos confirmados da doença, sendo cinco em Cuiabá, um em Várzea Grande e um em Nova Monte Verde. Outros 269 casos suspeitos são investigados. De acordo com a secretaria, dos casos confirmados, quatro são homens e três são mulheres. O primeiro caso da Covid-19 notificado foi de um homem, de 50 anos, em Cuiabá, no dia 14 deste mês. Já o último foi notificado no dia 19, no entanto, divulgado pela secretaria somente nessa terça-feira após confirmação dos exames. Atualmente, além do Laboratório Central do Estado (Lacen), os resultados para Covid-19 emitidos pelo Hospital Santa Rosa, em Cuiabá, e pelo Laboratório Carlos Chagas já são considerados válidos, segundo a secretaria. A SES reforçou que, atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção por coronavírus. A melhor maneira de prevenir é evitar ser exposto ao vírus. Ações para evitar a proliferação do vírus: Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão Usar um desinfetante para as mãos à base de álcool. Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente. Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo. Desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência. Esses são hábitos diários que podem ajudar a impedir a propagação de vários vírus, inclusive o novo coronavírus.

Príncipe Charles, de 71 anos, testa positivo para o novo coronavírus

access_time25/03/2020 07:31

O príncipe Charles, do Reino Unido, testou positivo para o novo coronavírus, segundo a imprensa britânica. De acordo com a BBC, ele apresenta sintomas "brandos" da doença. O príncipe de 71 anos está isolado na casa da família real em Balmoral, na Escócia, de onde vem trabalhando nos últimos dias. Segundo o escritório do filho mais velho da rainha Elizabeth II, "ele tem sintomas "brandos da doença, mas apesar disso tem um bom estado de saúde". Sua mulher, Camilla, a duquesa da Cornuália, também foi testada, mas seu exame para o vírus deu negativo. Ambos estão autoisolados. Uma fonte real disse que o príncipe de Gales foi testado na segunda-feira e obteve os resultados na terça-feira. Charles falou com a rainha Elizabeth e seus filhos. Segundo representantes do príncipe, não é possível pontuar onde ele foi contaminado, devido ao grande número de atividades públicas das quais participou nos últimos dias. Seu último conttao com a rainha Elizabeth foi em 12 de março, período anterior à possível contaminação. A monarca de 93 anos está  isolada da família, no Castelo de Windsor, que tem menos funcionários e está mais distante do centro de Londres.

DF tem paciente curada após ser infectada por novo coronavírus

access_time25/03/2020 07:24

A advogada brasiliense Daniela Teixeira recebeu uma ótima notícia nesta semana quando soube que seu segundo exame para o novo coronavírus deu negativo. Ela foi a primeira paciente do Distrito Federal a ter sido curada do contágio, após semanas de medo e apreensão. Ela conversou com a Agência Brasil sobre a experiência e destacou a importância das ações de prevenção e combate à epidemia. Agência Brasil – Como ocorreu a infecção? Daniela Teixeira - Fui infectada no dia 6 de março, na Conferência da Mulher Advogada. Várias amigas começaram a apresentar os sintomas e tiveram exames dando positivo. Eu fiz o exame, embora não estivesse com sintomas. Ainda tinha facilidade para isso, pois o laboratório onde fiz realizava em casa. Aí deu positivo. Agência Brasil – E o que você fez após saber que estava com o novo coronavírus? Daniela Teixeira – Fui muito bem atendida pela Secretaria de Saúde [do DF]. Seguimos as instruções da secretaria de isolamento total. Ninguém entrava na minha casa. E os quatro que moram aqui em casa, meu marido e dois filhos, ficaram comigo para não disseminar o vírus. Porque se saíssem poderiam levar para outros. Fizeram exames e deram negativo. Ficamos totalmente isolados. Tive dor de cabeça, sintomas muito leves, de gripe, mal estar generalizado. Mas nada sério. Agência Brasil – Como você se sentiu neste período? Quais foram as maiores dificuldades? Daniela Teixeira – Se as pessoas estão com medo de pegar, imagina para quem deu positivo. Qualquer sintoma você fica com medo de evoluir, porque vemos casos de rápida piora. Das minhas colegas infectadas, temos três internadas na UTI [Unidade de Tratamento Intensivo].  É um medo constante de contaminar alguém da família e de apresentar sintoma. Agência Brasil – E como você descobriu que estava curada? Daniela Teixeira - Quando eu fiz o primeiro [teste], não tinha dificuldade. Várias de nós quando recebemos a notícia da primeira coleta, muitas de nós fomos fazer o exame. Agendava e ia fazer em casa. Como o meu deu positivo, tive acompanhamento da Secretaria de Saúde. Até porque eu poderia a qualquer momento evoluir o quadro. Fiz exame na sexta-feira [20 de março] novamente porque não estava apresentando sintomas. E saiu o resultado. Agência Brasil – O que você pensou após receber o exame negativo e como avaliou essa experiência? Daniela Teixeira – O pior sintoma é o medo. Essa é mensagem que temos que passar. Que a pessoa acredite no vírus. Meu medo de ter passado vírus para minha mãe e minha irmã, que tem problema de coração. Eu peguei o vírus trabalhando, nunca imaginei. É muito importante fazer essa quarentena, que consiga diminuir [o contato]. Aprendi também como faz falta abraço. Como é ficar em casa e não abraçar um filho, uma filha. Minha irmã fez aniversário e só pude dar um tchau pela janela. Não pudemos sair para comprar comida. Estamos vivendo um momento muito surreal. A vida fica totalmente limitada.